Educação
18 maio 2022

Vamos conversar sobre Disciplina Positiva?

Se preferir ouvir o texto, clique na seta.

Você sabe o que é Disciplina Positiva? Ela é uma abordagem de ensino-aprendizagem que foca especialmente no desenvolvimento da resiliência, da disciplina e do respeito. Baseada em pesquisas dos psiquiatras Alfred Adler e Rudolf Dreikurs, essa teoria se tornou bastante popular nos anos 80, com a publicação do livro Positive Discipline, da Dra. Jane Nelsen.

A Disciplina Positiva tem como principais preceitos o afeto, o respeito e o aprendizado mútuo, levando em consideração que o adulto também aprende com a criança, adapta seu modo de educar, e deve sempre impor limites, baseando as regras na empatia e no amor.

É importante saber que o conceito de “infância” é uma invenção recente, que surgiu após a revolução industrial, fato que marcou muitas mudanças no cuidado e tratamento dado às crianças. Disto decorreram novas teorias para auxiliar na educação, tanto em casa como em ambientes como as salas de aula.

A Disciplina Positiva pode auxiliar tanto os profissionais da educação como os pais e pessoas próximas às crianças, pois traz pontos de vista interessantes para lidar com o desenvolvimento dos pequenos. A abordagem entende que a partir destas noções as crianças podem aprender sobre como ter comprometimento, responsabilidade e como se sentirem parte integrante de uma sociedade, para que futuramente possam contribuir positivamente de forma geral.

Por estar fundamentada nos conceitos anteriormente citados, a Disciplina Positiva rejeita comportamentos e atitudes como castigos, xingamentos, ameaças ou qualquer tipo de violência, a ideia é que a criança seja sempre tratada com respeito, para que possa repetir o comportamento com outras pessoas, aprendendo a ter senso crítico e priorizando sempre o diálogo.

Elogios e recompensas são bem-vindos, porém, devemos tomar cuidado para não utilizar estes recursos na forma de chantagens, o que pode passar a ideia errada para a criança. A noção de que ela só fará algo para receber outra coisa em troca não desperta o senso de responsabilidade e isso pode gerar consequências problemáticas.

Em resumo, essa teoria vem para auxiliar adultos no tratamento com a crianças, prezando sempre pelo respeito, empatia, diálogo e limites, sempre com firmeza e afeto. Ao entender um pouco mais sobre a Disciplina Positiva, e ao levar à prática com nossos filhos, é possível ter diversos benefícios na rotina e desenvolvimento das crianças.

Comente via facebook
Deixe seu comentário

Quer que sua foto apareça nos comentários? clique aqui
Topo
Mais Lidos do Blog
Fique conectado com a gente!
  • A educação financeira é um assunto que está cada vez mais sendo comentado, mas ainda existem dúvidas de como os pais podem abordar esse tópico com os filhos. No blog Dicas Pais e Filhos eu comento algumas dicas de como iniciar essa discussão com seus filhos, desde crianças pequenas até a adolescência. Afinal, dinheiro também é coisa de criança!
#mesada #dinheiroecrianças
  • #sermae
  • A rotina com nossos filhos pode ser muito desafiadora, ao educar uma criança tentamos ao máximo protegê-la dos perigos, incentivar a realizar determinadas atividades e se comportar de forma que não prejudique ela mesma nem os outros. Porém, muitas vezes, as atitudes dos pais, mesmo que tenham uma boa intenção, podem atuar de forma negativa no desenvolvimento das crianças. No blog Dicas Pais e Filhos eu falo um pouco mais sobre formas de tratamento e atitudes que podem ser identificadas como violência psicológica para com as crianças e que devemos ter atenção, tanto no ambiente familiar, como nos grupos de convívio dos pequenos.
#disciplinapositiva
  • #somatização
YouTube
Se inscreva!