Bem Estar Diversos Saúde
10 jul 2014

Constipação Intestinal

O post de hoje é escrito pela nutricionista Rossana Oliveto, parceira do blog, que está aqui conosco sempre uma vez por mês falando um pouco sobre assuntos relacionadas a alimentação infantil e da mãe.

Olá pessoal! Este mês estou aqui para falar com vocês sobre uma questão que incomoda a maioria das crianças e preocupa os pais:

Constipação intestinal

A constipação intestinal, não é diagnosticada como doença, mas se trata de um sintoma que se caracteriza pela retenção de fezes no cólon ou pela dificuldade (não somente ausência) de evacuação por mais de duas semanas.

A eliminação de fezes endurecidas, ressecadas, ou uma frequência de evacuação menor que 3 vezes na semana, ou aquela sensação de esvaziamento incompleto, já são consideradas constipação.

A etiologia, engloba uma série de fatores, constitucionais, hereditários, alimentares, psicológicos associados ou não, ao distúrbio da motilidade intestinal. O pico de incidência é entre os 2 e 4 anos, quando a criança ainda esta em “treinamento” do controle do esfíncter. Entre as crianças que ainda mamam ela pode ser considerada pela presença de movimentos intestinais dolorosos, seguidos de desconforto e “manobras” para eliminação das fezes, que podem ser endurecidas ou em forma de bolinhas.

Sintomas:
Dores, distensão abdominal, flatulência, as vezes náuseas. Muitas vezes a criança chega a apresentar anorexia(devido ao desconforto intestinal, ela recusa o alimento),consequente prejuízo no crescimento e ate mesmo baixo rendimento escolar.

Como podemos prevenir?
Os hábitos alimentares corretos previnem o surgimento deste quadro, como por exemplo a prática do aleitamento materno nos primeiros meses de vida, a ingestão de fibras alimentares após os 2 anos de idade, evitam o surgimento de constipação crônica.

– Estimular o consumo de pelo menos 1 fruta ao dia para a criança (para ter a ingestão das fibras);

– Oferecer os sucos naturais das frutas, ao invés dos industrializados que mal possuem a poupa da fruta, perdendo assim todos os nutrientes e fibras;

– Incluir na alimentação as verduras elegumes no almoço e no jantar;

– Aumentar a ingestão de líquidos, pois as fibras sozinhas sem a ingestão hídrica mínima não conseguem fazer o papel de “limpeza” do trato intestinal.

– Estas dicas da alimentação irão estimular o trânsito intestinal, melhorar o quadro e trazer saúde para os nossos pequenos!

Alimentação saudável é qualidade de vida!

IMG_1424 Rossana Oliveto Nutricionista CRN 13100568
* Texto, informações são de responsabilidade da nutricionista parceira do blog Rossana Oliveto

Comente via facebook
Deixe seu comentário

Quer que sua foto apareça nos comentários? clique aqui
Topo
Mais Lidos do Blog
Fique conectado com a gente!
  • Veja no blog www.dicaspaisefilhos.com.br algumas dicas de como proteger seus filhos dos perigos do mundo digital. #adolescentesinternet #perigosinternet #perigosonline #perigosdigitais #crimesdigitais #crimesonline #cybercrimes #cyberbullying #cuidadosonline #cresceronline
  • #brincar #criancaprecisabrincar
  • Luisa Mendes, 14 anos, minha filha e suas pinturas inspiradoras. Luisa ama desenhar, pintar e dançar. A arte faz parte da vida dela e me ensinou a pensar sobre a arte na minha vida. Eu e ela caminhos tão diferentes mas sempre tão próximos, cuidando da nossa relação e das individualidades.
Uma boa semana com muita inspiração.
  • #lugardecriançaénaescola
YouTube
Se inscreva!