Cuidados Diários
05 maio 2017

Assaduras em bebês: veja dicas e descubra como prevenir o problema

Assaduras em bebês: veja dicas e descubra como prevenir o problema

Pixabay

A assadura costuma ser um dos problemas mais incômodos para os bebês, principalmente no primeiro ano de vida. A vermelhidão na pele possui diversas causas e nem sempre ocorre por algum erro cometido pelos pais, por isto, tente não se culpar caso esteja passando por isto com o seu filho.

Na maioria dos casos, os bebês desenvolvem assaduras na região coberta pela fralda, devido à umidade e a sensibilidade da pele. Porém, o problema pode surgir em outras partes, como nas dobrinhas do corpo e às vezes o fator sensibilidade é o que conta mais pontos.

As mamães costumam contar experiências muito variadas quando o assunto é assaduras. Algumas denunciam um problema quase crônico no filho, enquanto que outras dizem que a vermelhidão na pele aparece com bastante raridade e some rapidamente, após tratar de forma simples.

Não é possível garantir com certeza que o seu bebê não terá este problema, já que nem sempre os cuidados provocam os efeitos desejados e às vezes é a sensibilidade que fala mais alto. Se este for um problema comum no seu bebê, não deixe de consultar um pediatra e conferir se o pequeno não está com uma micose ou reação alérgica da fralda.

De qualquer forma, para reduzir ao máximo os riscos de problemas na pele do bebê, veja algumas dicas valiosas para aplicar na troca de fraldas e na vida cotidiana com a criança.

1. Água corrente
O ideal para evitar assaduras é passar água corrente no bumbum do bebê a cada troca de fraldas. A higienização deve ser feita com um sabonete apropriado e é preciso secar bem e com bastante suavidade. Se não for possível passar água sempre, tente utilizar algodões umedecidos.

2. Bumbum livre
Ventilar o bumbum do bebê é uma ótima dica para prevenir a umidade e, consequentemente, as assaduras. Sempre que possível, tente deixar a criança sem fraldas por alguns minutos, principalmente entre a troca de fraldas. Lembre-se também de tirar a fralda suja o mais rápido possível, pois o contato dos dejetos com a pele também é responsável pela assadura.

3. Cuidado com lenços
Os lenços umedecidos geralmente estão relacionados aos casos de assaduras e até mesmo a alergias, devido à sensibilidade da pele do bebê. Por mais que pareçam úteis para a higienização, o melhor mesmo é apostar na água e sabão próprio e evitar o uso de produtos com composições químicas variadas.

4. Suspeita de alergia
Há vezes em que o problema da assadura vai além do imaginado e algumas pessoas demoram para descobrir a causa. Se acontecer com o seu filho, cogite logo de cara a possibilidade de ser uma alergia da fralda ou de qualquer outro produto que venha sendo usado.

Não deixe de consultar um pediatra para saber mais detalhes e troque a marca da fralda se for necessário. O grau de sensibilidade da pele varia muito de criança para criança e, por isto, algumas precisam de mais cuidados e atenção que outras.

By: Ana Paula Bretschneider

Comente via facebook
Deixe seu comentário

Quer que sua foto apareça nos comentários? clique aqui
Topo
Mais Lidos do Blog
Fique conectado com a gente!
  • Nada mais comum do que uma briga entre irmãos, não é? Quem tem mais de um filho sabe que em algum momento pode surgir o conflito e que, muitas vezes, nem existe uma grande motivação por trás da briga. Mesmo que você não saiba identificar qual o gatilho que despertou aquela briga é importante saber como lidar com a situação. Separei algumas dicas que podem auxiliar na sua rotina familiar, confira em www.dicaspaisefilhos.com.br
#brigaentreirmãos
  • Você sabe o que é Disciplina Positiva? Ela é uma abordagem de ensino-aprendizagem que foca especialmente no desenvolvimento da resiliência, da disciplina e do respeito. Baseada em pesquisas dos psiquiatras Alfred Adler e Rudolf Dreikurs, essa teoria se tornou bastante popular nos anos 80, com a publicação do livro Positive Discipline, da Dra. Jane Nelsen. Saiba mais em www.dicaspaisefilhos.com.br 
#disciplinapositiva
  • A utilização dos canais digitais pode trazer uma série de benefícios para as crianças e adolescentes, mas também é preciso estar atento aos malefícios. Por isso, separamos alguns pontos para mantermos a atenção com nossos filhos, confira! 
#mundodigital #internet
  • O uso das telas está aumentando cada vez mais: durante os últimos anos fomos obrigados a interagir, trabalhar e estudar pela tela de um computador ou celular. Se durante a vida adulta já enfrentamos dificuldades de estar conectados às telas o tempo todo, durante a infância e adolescência o problema pode ser ainda maior. Existem algumas dicas para poder manter a utilização saudável das telas durante o desenvolvimento dos filhos, por isso separei algumas orientações da Sociedade Brasileira de Pediatria (www.sbp.com.br) sobre o tempo indicado de tela por faixa etária. Confira em www.dicaspaisefilhos.com.br 
#temponocelular
YouTube
Se inscreva!