Saúde
04 mar 2016

Mosquito da dengue: veja como manter a ameaça longe da sua casa

dengue-zika-e-chikungunya-600x403

O Brasil sempre esteve em guerra contra o Aedes Aegypti, o mosquito causador da dengue. No entanto, desde o ano passado, o combate ao inseto se intensificou com a chegada do vírus zika, responsável por centenas de casos de microcefalia em bebês recém-nascidos.

A doença se tornou uma preocupação geral para as famílias brasileiras, principalmente para os casais que pretendem ter filhos em breve e para as mulheres que já estão grávidas. No exterior, diversos países passaram a aconselhar gestantes a não visitarem o Brasil durante a gravidez.

Não é possível negar os riscos e nem fingir que está tudo bem em uma situação tão grave. Até agora, estudos mostraram que o vírus zika atinge o bebê pelo liquido amniótico e provoca a má formação principalmente durante os três primeiros meses de gravidez. Para as futuras mamães, a única solução é entrar na guerra contra o mosquito e tomar cuidados redobrados na gestação. Além da prevenção do mosquito não se esqueça de usar o repelente.

Se você quer garantir que o inseto não irá rondar a sua residência, não se preocupe. Algumas atitudes podem fazer com que o seu jardim não seja um ambiente adequado para o mosquito, o que irá garantir mais segurança para você e para a sua família. Veja abaixo algumas atitudes básicas para evitar o aparecimento do Aedes Aegypti no seu quintal:

1. Água parada
Principalmente durante o verão, o mosquito procura locais com água parada para depositar suas larvas, sendo este o principal criadouro. Para alguns especialistas, retirar a água de vasos de plantas, fechar caixas d’agua e piscinas é o suficiente para prevenir o aparecimento do mosquito.

Porém, todo o cuidado é pouco quando o assunto é dengue ou vírus zika. Evitar a água parada, fazer limpeza e tomar outros cuidados de higiene no seu quintal pode fazer toda a diferença. Não esqueça também de alertar aos vizinhos para que não haja criadouros nas redondezas.

2. Pneus, latas e garrafas

Não são apenas vasos de plantas que acumulam água. Evite deixar pneus em locais que possa pegar chuva e tome cuidado ao jogar fora latas e garrafas velhas que também podem acumular água. Cuide também com a formação de poças d’agua em terrenos, pois qualquer fonte de água parada poderá ser suficiente.

3. Cuidados com o lixo
Não jogue lixo fora em valas ou margens de rios. Além de ser uma atitude totalmente contra o meio ambiente, o lixo pode reter água e provocar a proliferação do mosquito, aumentando os casos da doença. Feche bem as sacolas de lixo e mantenha-as longe da chuva até que sejam coletadas.

Por: Ana Paula Bretschneider

Comente via facebook
Deixe seu comentário

Quer que sua foto apareça nos comentários? clique aqui
Topo
Mais Lidos do Blog
Fique conectado com a gente!
  • Veja no blog www.dicaspaisefilhos.com.br algumas dicas de como proteger seus filhos dos perigos do mundo digital. #adolescentesinternet #perigosinternet #perigosonline #perigosdigitais #crimesdigitais #crimesonline #cybercrimes #cyberbullying #cuidadosonline #cresceronline
  • #brincar #criancaprecisabrincar
  • Luisa Mendes, 14 anos, minha filha e suas pinturas inspiradoras. Luisa ama desenhar, pintar e dançar. A arte faz parte da vida dela e me ensinou a pensar sobre a arte na minha vida. Eu e ela caminhos tão diferentes mas sempre tão próximos, cuidando da nossa relação e das individualidades.
Uma boa semana com muita inspiração.
  • #lugardecriançaénaescola
YouTube
Se inscreva!