Bebês e Crianças
17 abr 2020

Lak Lobato fala como o isolamento afeta surdos

Após ficar anos afastada das pessoas, escritora surda oralizada conta como foi a experiência de confinamento em casa

Quando o Coronavírus, COVID -19 começou a se disseminar, o isolamento social foi a melhor alternativa para se proteger do vírus, e muitas pessoas tiveram que optar por fazer home office, estudar online e terapias à distância, para não haver o contato físico, conforme as orientações da OMS.

Mas o isolamento social pode vir com dificuldades a mais para quem é surdo. “Quando eu era mais nova, tive que ficar em isolamento por outro motivo, e como eu não convivia com pessoas com deficiência, eu me sentia diferente de todo mundo. Lidando com uma condição que nem os adultos da minha convivência sabiam sobre. Eu realmente tive que reinventar toda a forma que eu lidava com o mundo! Por exemplo, eu não podia assistir TV, porque sem áudio, não conseguia entender a programação.”

A autora explica a semelhança entre o isolamento da sua infância e dessa quarentena. “De certa forma, é muito parecido. Primeiro, porque eu sabia que nada seria igual a antes. Que é o caso dessa quarentena. Segundo, porque tive que reaprender a lidar com situações banais do meu dia a dia, coisa que a maioria está tendo que lidar também: de repente, não podemos ter contato com os outros. De repente, as crianças estão estudando de casa. De repente, home office para muitos virou a regra. De repente, as relações passaram a ser virtuais. No caso da surdez, eu tive que reaprender a lidar com todas as formas de comunicação: fui privada de telefone e aprendi a escrever cartas. Fui privada de grupos de amigos e tive que aprender a valorizar uma pessoa por vez. E, por fim, porque hoje olho pro mundo lá fora e sinto medo de um inimigo invisível, que é o vírus. Na época da surdez, o inimigo era o preconceito”.

Lak Lobato é escritora, e conta, através de seu blog e livros, sua experiência de vida como surda oralizada e posteriormente como usuária de implante coclear desde 2009. Com nove anos de idade, a carioca acordou uma manhã sem audição nenhuma, o diagnóstico veio meses depois: sequela de caxumba ou meningite.  Durante 22 anos viveu sem ouvir absolutamente nada. No ano de 2009 criou o blog “Desculpe, não ouvi!”, voltado para surdos oralizados. A partir de 2014 Lak começou a usar a literatura para aumentar a conscientização e inclusão. A escritora irá lançar em fevereiro de 2020 seu terceiro e quarto livro com personagens surdos como protagonistas. 

Fonte: Vira Comunicação

Comente via facebook
Deixe seu comentário

Quer que sua foto apareça nos comentários? clique aqui
1 Comentário
  1. […] post Lak Lobato fala como o isolamento afeta surdos appeared first on Dicas Pais e […]

Topo
Mais Lidos do Blog
Fique conectado com a gente!
  • A adolescência é uma fase em que os jovens se distanciam das famílias e procuram mais os amigos.

Por vezes nós pais nos sentimos deixados de lado e sem saber o que fazer. Fique atento aos sinais dos seus filhos. 

Aqui nem sempre é fácil sair com os dois. Nesse dia Luisa me chamou para passear no shopping e depois ir ao cinema. Aproveitei e chamei o Antonio Pedro. Acabou sendo um maravilhoso passeio em família. Fomos nós 4 ver Jurassic Worid e passeamos no shopping conversando.
  • #disciplinapositiva
  • A vida é feita de mudanças e elas podem ter influência em todo núcleo familiar, como é o caso de um divórcio ou separação. Por isso as dicas de hoje são para quem está passando por um término de relacionamento, e são válidas para todo e qualquer casal que precise de uma ajudinha para lidar com os filhos. Saiba mais em: www.dicaspaisefilhos.com.br #divorcio #separação
YouTube
Se inscreva!