Educação
18 maio 2012

6 Dicas Eficazes da Supernanny

1.Estabeleça Limites – Com paciência, explique aos pequenos quais são as regras que devem ser seguidas dentro e fora de casa. Fale com autoridade e amor. Determinação, não briga com afeto. Na hora de colocar os limites, é importante que você mantenha as regras até o fim. 
2.Preserve – Se você o mandou arrumar os brinquedos mas ele ainda não obedeceu, não desista e nem faça o dever dele. O ideal é insistir na regra umas três ou quatro vezes e repiti-la com paciência, dia após dia.
3.Olhe nos Olhos – Com isso, você firma a autoridade e capta. Se você se abaixa e olha nos olhos dela enquanto fala, ela não se distrai. Caso ele desvie o olhar, segure-a pelo rosto com carinho. Ao prestar atenção no que você diz, seu filho absorverá melhor a lição e mudará de atitude mais rápido.
4.Pode Punir Sem Violência – Se depois de vários dias insistindo ele ainda não cumprir o combinado, pode puni-lo. Primeiro, avise-o da punição, caso ele continue desobediente para permitir que a criança pense e mude de atitude. Depois, vem o castigo. Se ele não cumprir com as obrigações, pode proibir o videogame, a TV ou algo que ele adore. “Nunca use violência. Isso deixa marcas negativas na criança. Prefira a disciplina”, aconselha à educadora.
5.Dê Prêmio – Além de estipular regras e castigos, também é importante conceder prêmios quando seu filho obedecer e acertar. Reconheça o esforço dele e incentive-o a cuntinuar cumprindo as regras.
6.Coloque-o para pensar no que fez – Se o seu filho for pequeno (abaixo de 7anos), crie o cantinho da disciplina. Vale qualquer local da casa, menos o quarto da criança. Nesse local, seu filho deverá permanecer e refletir sobre o que fez. Deixe que ele saia apenas quando reconhecer o erro e pedir desculpas.

Comente via facebook
Deixe seu comentário

Quer que sua foto apareça nos comentários? clique aqui
241 Comentários
  1. Evelin
    04/11/13 - 00h17

    Sou casada ha cinco anos tenho duas filhas, quatro anos e tres anos, mas nao consigo educar sempre que eu ensino uma coisa meu marido as deseducam denga as meninas quando nao deve,e as vezes parece ser o filho nao parece pai,minhas filhas derrubaram minha televisao quatro vezes quero comprar outra nova mais tenho medo de elas derrubarem e ser dinheiro jogado fora,nao sei o q fazer para mudar isso meu marido nao sabe conversar nao escuta o q digo,isso ta errado por favor alguem me ajude a mudar isso porque eu sozinha nao consigo.!!!

    • 04/11/13 - 19h48

      Evelin, primeiramente muito obrigada pelo contato e estou a sua disposição.
      O seu caso é difícil mesmo. O pai muitas vezes atrapalha no processo de educação, mimando demais as crianças e desautorizando a mãe perante os filhos o que é péssimo. Nunca passei por uma situação como a sua, eu acho. Mas meu marido mimava demais a minha filha e o que mais nos ajudou foi uma terapeuta que nos ajudou com algumas questões com as crianças e ela também pontuava onde errávamos e brigava mesmo com ele e comigo. Assim ele pode perceber o quanto errava tentava acertar e o quanto estava “atrapalhando” a Luisa. Você já experimentou conversar na escola para ver se o psico pedagogo chama ele para uma conversa? Santo de casa não faz remédio. Estou a disposição. Qualquer coisa mande email direto para dicaspaisefilhos@gmail.com, será um prazer trocar ideias com você. Beijos e boa sorte.

  2. fernanda
    29/11/13 - 10h56

    Bom Dia!
    Sou mãe de 3 filhos e tenho muito problema em lidar com eles, a mais velha esta com 11 anos ~´e muito meiga comigo mas não tem paciência nenhuma com os irmãos tanto que passa mais na casa da avó do que em casa porque diz não aturalos, mas o meu mais problema é com o menino que tem 5 anos, porque ele é muito rebelde não adianta eu castigalo que ele sempre volta a fazer tudo errado e judia muito da pequena que tem 4 anos, ela acaba indo no embalo dele e debocham da minha cara quando eu brigo ou castigo eles, não sou mais casada com o pai deles mas meu filho é muito apegado ao pai, nunca proibi a convivencia dele com o pai mas as vezes passa dos limites ele só quer saber do pai, me casei novamente a 1 ano mas meu casamento esta acabando porque meu marido não aguenta mais tanta briga e bagunça em casa tanta desobediencia.

    • 29/11/13 - 12h32

      Fernanda, bom dia! Primeiramente muito obrigada em participar do meu blog e estarei sempre aqui disposta a tentar ajudar e ouvir.
      Realmente a sua situação é complicada mas com certeza tem solução. Gostaria de informar que não tenho formação em terapia familiar mas já estudei muito o assunto, faço terapia, meu marido faz terapia, minha filha já fez e sou super estudiosa nessa assunto. Tanto que acabei de ingressar num curso de psicopedagogia (já curso pedagogia e sou formada em economia) que também trata a interação familiar na criação da criança. Vale ficar atenta que a criança é o espelho de nós, nesse caso, a mãe é mais responsável e sofre mais por ter tamanha responsabilidade! Pelo que pude perceber com o que me escreveu, as crianças não estão te respeitando. Você quando diz que vai castigas, castiga mesmo? Não desiste do castigo? O melhor castigo para a criança é tirar dela aquilo que ela mais gosta…não podemos ficar ameaçando, temo realmente que executar por mais que possamos sofrer. Criar filhos, envolve sim sentimento de culpa, dor, sofrer…
      O primeiro passo é fazer eles te respeitarem, se você conseguir isso já vai ficar mais fácil o resto. Você é aqui do Rio de Janeiro? De onde é?
      O pai deles é mais permissivo que você? As vezes a criança quer ficar mais com o pai porque ele permite mais coisas. Já tentaram procurar uma terapeuta familiar? porque nesse caso tem que ter o envolvimento do pai, você sozinha não vai conseguir se quando as crianças forem para a casa dele, ele mudar todas as regras e limites. Já procurou a escola para ver se eles te orientam em o que fazer. Vi que você comentou no post na Super Nanny, acho ela um pouco radical. Aqui em casa adoto muito o castigo do quarto de brinquedos fechado (determino o número de dias), corto sobremesa das refeições, proíbo casa de avó (as avós são ótimas, mas não para dar limites) e o Pepe (3anos) ainda adoto a cadeirinha do pensamento, fica em média 30 minutos na cadeira ….. mas sempre fico no quarto com ele sem conversar, não é bom a criança se sentir abandonada, entende?
      Será que consegui te ajudar um pouco?? Aguardo seu retorno. Qualquer coisa me escreva!! dicaspaisefilhos@gmail.com
      Foi um prazer, boa sorte. Fique com Deus. Beijos
      Gabi

  3. Tatiane
    27/02/14 - 08h46

    Bom dia, estou muito triste … Tenho uma filha de dois anos e ela é mto geniosa, coloco ela no cantinho da disciplina e ela sai da cadeira, se joga no chão, e chora sem limites ontem contei no relógio 40 minutos chorando sem parar, perco a paciência e dou umas palmadas na bunda dela e memso assim não resolve, ela chora,grita, se morde, é terrível, e além de tudo não aceita pedir desculpas, não sei oq fazer… Ela mudou depois que engravidei de novo hj estou com três meses de gestação, não sei se isso influência …

    • 27/02/14 - 20h07

      Tatiane,
      Primeiramente muito obrigada pelo contato e por gostar do blog.
      Também fiquei grávida quando minha filha tinha essa idade mas ela não sentiu tanto. Sentiu depois que o bebê nasceu.
      Quanto a criança não ficar no castigo a minha dica é que preciso conter a criança, conter não é bater. Várias vezes aqui em casa tive que segurar o meu filho na cadeirinha ele chorando e esperar até que ele se acalme e as vezes demorou muito. Entendo perfeitamente seu desespero. Fique a vontade para me mandar email dicaspaisefilhos@gmail.com
      Beijos e Obrigada! Boa sorte, muitas felicidades

  4. valeria
    03/03/14 - 23h11

    Ola, tenho uma filha de 10anos e ela e um amorzinho com tds, mas em relacao as tarefas de casa esta dificil, sou mto exigente, e gosto de td noo luugar e ela tem as tarefas dela e hora p.td, mas ultimamente ta dificil, ela sempre arruma uma desculpa, e eu ja n tenho mais paciencia nenhuma, sem contar q na escola fica de diz q me diz com outras meninas iksso me deixa mto nervosaaa..parece que td q falo e inutil, tenho vontade de bater nela. Čoloco ela de castigo tirando as coisas q ela mais gosta, me ajude.. ah e com o pai dela ela e um amorzinhooo… e tem medo e respeito por ele..

    • 05/03/14 - 16h10

      Valeria,
      Muito obrigada pelo email e por acompanhar o Dicas Pais e Filhos.
      Se o problema está só com você, provavelmente ela está querendo chamar a sua atenção. Já experimentou pedir ao pai para participar mais da educação para você poupar um pouco a sua relação com ela? As vezes essa estratégia funciona super bem. Estou a inteira disposição. Qualquer coisa mande email para mim se eu puder ajudar será um prazer. dicaspaisefilhos@gmail.com
      Beijos, Gabriella

  5. Daniela
    18/03/14 - 14h46

    ola,meu ate os 12 anos eu conseguia segurar meu filho que me respeitava e obedecia ,mas de la para ca graças ao pai que sempre me desautorizou ,nao consigo mas reverter a situaçao,e o pior meu marido deixa todo o pepino para eu resolver,parace ate que ele nao se importa .eu nao sei mais o que fazer ,porque penso que se meu marido sem pensar nas consequencias agiu dessa forma,teria ele mesmo de arrumar esta situaçao.mas ele nao gosta nem de conversas,impor limites,estou cansada pois temo o pior…

  6. Daniela
    18/03/14 - 14h53

    ola, ate os 12 anos eu conseguia segurar meu filho,hoje com 15,que me respeitava e obedecia ,mas de la para ca graças ao pai que sempre me desautorizou ,nao consigo mas reverter a situaçao,e o pior meu marido deixa todo o pepino para eu resolver,parace ate que ele nao se importa .eu nao sei mais o que fazer ,porque penso que se meu marido sem pensar nas consequencias agiu dessa forma,teria ele mesmo de arrumar esta situaçao.mas ele nao gosta nem de conversar com o proprio filho,impor limites,estou cansada,pois temo o pior…meu marido age como se nao tivesse com que se preocupar ,mas eu sei que muitos dos filhos se perdem graças a falta de regras,,meu filho aja que pode tudo…me ajude por favor nao consigo mudar esta situaçao pois nao depende so de mim,mas do pai tambem…

    • 19/03/14 - 11h18

      Daniela,
      muito obrigada pelo contato e fico feliz que o site te ajude de alguma forma.
      Nesses casos o que mais acho que funciona é uma terapia que o casal vá junto para conversar sobre o filho, porque é preciso ter um dialogo alinhado para que os dois caminhem na mesma direção com a criança.
      As crianças são muito inteligentes e usam as brechas na educação para si. Isso é muito comum. Aqui em casa apesar do meu marido ser super participativo as vezes sentamos para conversar algumas questões, esse alinhamento é fundamental. É preciso chegar num acordo.
      Estou a sua disposição. Qualquer coisa também pode mandar email para dicaspaisefilhos@gmail.com
      Beijos!! Gabi

  7. elizabete
    06/04/14 - 13h08

    Bete,Ola, tenho 3 netos, um menino de 10,uma menina de 13 e um rapaz de 17, minha filha e meu genro trabalham os dois expedientes e faz faculdade,os dois menores vão pra escola pela manhã e o maior vai a noite, a menina quando chega da escola não quer fazer nada, fica so na internete o tempo todo, e o menor tb, ja estão com problema de obesidade, minha filha vem em casa so almoçar,os meninos passam a tarde no computador e comendo a todo momento, o rapaz tb não lava nem a louça que usou, quando a mãe e o pai chegam a noite ta uma bagunça, não forram a cama que dorme e muito menos arrumam seus guarda roupas, e o pior se deixar manhece o dia no computador e de dia querem dormir ate tarde, minha filha e eu estamos muito preocupadas, pois meu genro e minha filha ja sentaram varias vezes com os tres,estão sempre conversando eles tem muita paciencia, explicam como tem que ser a rotina deles, eles prometem cumprir mais no dia seguinte faz tudo denovo, não sabemos mais p que fazer, queria que vc me ajudasse com alguns dos seus conselhos obgda.

    • 07/04/14 - 10h07

      Bete,
      Bom dia! Muito obrigada por ler o Dicas Pais e Filhos e participar.
      A minha experiência é maior com criança pequena, porque meus filhos são pequenos (5 e 4 anos), mas estudo psicopedagogia então já vi algumas coisas.
      Tanto criança quanto adolescentes precisam entender que quem dita as regras da casa são os adultos! É claro que isso não é muito fácil, educar e estabelecer rotina é sem dúvida alguma uma tarefa muito dificil. O que funciona bem o sitema de recompensas, eu aqui não gosto muito desse nome, mas o que importa mesmo é o funcionamento e não o nome. A criança cumprindo as metas e as tarefas “ganha” alguma coisa ou perde. Pelo que vi pelo seu email, o computador e internet tem um peso grande na vida deles e ai pode estar uma boa moeda de troca. Aqui em casa com o meu menino uso o joguinho…. se ele cumprir todas as tarefas mantém seu tempo de jogo senão vai perdendo tempo até que chega a perder o dia todo.
      Não adianta, só na conversa fica complicado mesmo. Quem sabe não dá resultado regulando o uso da internet e computador para eles executarem as tarefas? Estou a disposição.
      Qualquer coisa pode mandar email para dicaspaisefilhos@gmail.com
      Beijos, Gabi

  8. vanessa
    12/05/14 - 12h46

    Bete, tenho 2 meninos, um tem 8 anos e o outro 6.
    Não sei oque fazer com o mais velho, não obedece na escola, tem preguisa de fazer suas atividades, cortou o cabelo do colega na sala de aula, quando falo com ele tenho que repetir umas 10 vezez a mesma coisa e já troquei de baba, umas 15 vezes. Já nem trabalho mais, por que fica difícil de alguém querer ficar com ele.
    Sou ceparada a 6 anos, atualmente agora estou com outra pessoa que é muito paciente com os 2.
    Eu já não estou temdo tamta paciência, coloco de castigo, mas parece que não adianta de nada! Socorro, não sei oque fazer.! Espero respostas. Obrigada!

    • 13/05/14 - 12h11

      Vanessa,
      Primeiramente muito obrigada por ler o Dicas Pais e Filhos. Quem está respondendo sou eu Gabriella responsável pelo site e estou a inteira disposição para ajudar no que for preciso e estiver ao meu alcance.
      Realmente as vezes parece que não damos conta dos nossos filhos. Mas a primeira coisa a se ter certeza é que você vai dar conta e ele vai te respeitar, esse é o primeiro passo. Porque se partirmos da premissa que ele não vai obedecer, ela não obedece mesmo. Você já tentou colocar ele de castigo perdendo as coisas que ele mais gosta? A criança precisa entender que quem dá as regras é o adulto, você tem a autoridade da casa.
      Aqui em casa costumo usar muito o castigo e também uso um quadro de comportamento que tem carinha bonita e feia, e vou colocando de castigo e tirando as coisas que eles mais gostam: figurinha, chocolate, bombom, jogo, televisão e etc…. Eles tem que nos respeitar e pode ter certeza que surte efeito! Qualquer coisa estou a disposição. Se preferir pode mandar email direto para dicaspaisefilhos@gmail.com
      Beijos e boa sorte
      Gabi

  9. fabiana aguiar araujo
    14/07/14 - 18h23

    ola tenho um filho de 1 e 4 meses e gostaria de pefir ajuda ele ta começando a me desobedecer eu qd quer as coisas que nao dou ele se joga no chao o que eu façooo me ajudemm

    • 15/07/14 - 19h52

      Fabiana,
      Muito obrigada por ler e acompanhar o Dicas Pais e Filhos.
      Desculpa a demora em responder, normalmente respondo tudo no mesmo dia.
      Você já tentou colocar ele de castigo, cantinho do pensamento? Na primeira vez é bem provável que ele levante do castigo, mas ai você terá que ser firme e conter ele no castigo. Ajudar a ele…ele vai precisar de ajuda para se acalmar e conseguir ficar no castigo.
      Quando se jogar no chão não adianta pedir para levantar porque normalmente eles estão no auge da raiva. O ideal é pegar no colo, conversar e levar para o cantinho do pensamento. Você já tentou castigo?
      Qualquer coisa você pode mandar email para o meu contato direto (gabriellabrandao@dicaspaisefilhos.com.br). Beijos e obrigada, Gabi

  10. 17/07/14 - 18h16

    Minha sempre foi uma criança calma facil de lidar mas ao chegar aos 6 anos percebo que ela acha que sabe de tudo, e que fazer tudo do jeito dela, mesmo eu alertando que o jeito que quer esta errado, sendo assim gera muitos conflitos em casa, pois eu sei que al me ouviu mas parece que n da a minima pra mim eu e meu esposo Somos pais exigentes que conversam muito com ela mais eu ele quando eu ja to perdendo a paciencia e esse era a chave do bom comportamento ate um tempo mas agora percebo que n ta surgindo efeito e assim ela tbn começa a mentir ja que fico muito no pe dela dizendo Nao Nao. o que eu faço?

    • 17/07/14 - 19h52

      Tatiana,
      Boa noite! Muito obrigada por acompanhar o Dicas Pais e Filhos.
      Estou vivendo exatamente a fase dos 6 anos aqui em casa. A Luisa também acha que sabe tudo e fala que tudo sabe, e sempre quer que tudo seja do jeito dela.
      Realmente se ela começou a mentir é hora de dar uma recuada porque a pior coisa que tem é quando o filho começa a mentir para os pais. Nessa relação não pode ter mentiras, não é?
      Tente ser um pouco mais flexível com ela, ela não quer ceder nunca? Aqui converso muito com a Luisa e quando começa a argumentar demais, falo que o adulto é que sabe e que ela ainda está aprendendo e muitas vezes preciso colocar de castigo.
      Consegue me exemplificar a mentira? Qualquer coisa pode mandar email direto para gabriellabrandao@dicaspaisefilhos.com.br
      Beijos e Obrigada

  11. 21/07/14 - 23h46

    Boa noite,desculpa a demora mas esses dias foi.corrido usei um.fim de semana p dar atenaçao e sai em familia p.ve si.esse é o problemA.
    entao a mentira acontece por.motivos bobos como quem derramou o.suco ju?(ela com o copo na maos) ACHO QUE FOI A YASMIN que fez xixi e vazou da fralda (prima de 1 e 5 meses)
    A reacao dela ao confronta la é de surpresa como si desse .clic sei la mas ainda ela afirma por varias vezes q.n foi ela. E por fim fala “acho que fui eu mae”
    Ela em situaçoes mais.serias n mente mas essas.mentirinhas me preocupam
    Ate.custumo dizer a.ela que.meia.verdade é uma mentira inteira.
    Essa fase.p mim ta dificl demais explico q qro o bem dela q nem sempre o.que.ela quer ta certo q deve ouvir o que.eu digo mas apos um.tempo curto.na maioria das vezes sai uma malcriaçao desobediencia pq quer fazer do.jeito dela
    E pra minha tristeza isso esta refletindo na escola ela esta no primeiro ano e frenqueta escola desde.os.2 anos sempre elogiada.pela criatividade comportamento e força.de.vontade, mas dessa vez me.deparei com tudo ao.contrario pois.esta com atividades incompletas e a prof. Defeniu ela como uma menina muito geniosa e cabecinha dura pois qdo ela n quer n.tem quem faça.ela fazer pois enrrola ao maximo e pediu p mim n chamar atencao dela pelas liçoes mas conversar com carinho. E dar.bastante atençao e.tentar n usar tanto o NAO e assim pode ser q eu descubra o esta havendo na cabecinha dela …conversei com ela e n percebi nda de incomun soo de sempre, que é si sentir rejeitada pela a vo e tia apos o nascimento da priminha. ( ja conversei com a avó sobre isso ela ta melhor agora)
    Converso. Com ela q eu sempre.vou ama la. Q o papai é doido e que a.tia e.avo tbm mas q.bb exige mais atençao Mas percebo q ela n acredita mto pois ela fala as vezes q.acha q.ela perdeu a graça p.tia poks ela gostava so.qdo.era bb …tento contornar mas é dificil
    Resultado to decepcionada comigo mesma por.n conseguir ajuda minha pequena
    Me ajuda?

    • 25/07/14 - 20h15

      Tatiana,
      te peço mil desculpas pela demora em responder, mas também estava enrolada e queria te responder com calma.
      Realmente vejo que a sua situação está mais complicada e que você está extremamente angustiada e triste de não estar dando conta, certo?
      Eu aconselho duas coisas, uma terapia para você, para te ajudar a lidar com as situações do dia a dia. E que a escola indique uma psicopedagoga para ajudar você e sua filha. Muitas vezes precisamos de ajuda…
      Eu faço terapia há 4 anos e já recorri várias vezes a profissionais para me orientarem com as crianças, às vezes parece que perdemos o controle, não é? Mas vocês está cansada e o ideal é que alguém, te ajude mesmo.
      Estou a inteira disposição e qualquer coisa manda email direto para gabriellabrandao@dicaspaisefilhos.com.br
      Beijos, fica com Deus
      Gabi

  12. Laura Maria Barros
    06/08/14 - 10h18

    Estou admirada com seu ponto de vista e sua sensibilidade quanto aos casos apresentados. Sou mãe de 2 crianças, Juliah Beatriz de 4 anos e 10 meses e Jason Murillo de 11 meses, e com certeza suas dicas irão me ajudar em relação a eles, pois, cada fase na vida deles aparecem muitas dúvidas como lhe dar com as situações e como reagir perante elas. O cantinho da disciplina é muito bem utilizado por aqui e os resultados são ótimos quando não chegamos, eu e Juliah, num denominador comum. Em relação ao pai ele não interfere em minhas decisões, porém, o que ele fala ela logo obedece nunca precisou ir para o cantinho com ele. Mas no geral acho que convivemos muito bem e o pior problema, e este as vezes me deparo de mãos atadas é quando o assunto é a alimentação de Juliah que se recusa a todo custo a comer o que se deve. Você pode me dar umas dicas? Obrigada e parabéns!

    • 06/08/14 - 22h51

      Laura,
      Boa noite! Obrigada por acompanhar o Dicas Pais e Filhos. Fico muito feliz que goste do site, e obrigada pelos elogios. Tento sempre ajudar da melhor maneira possível, mas sempre lembro que sou economista de formação e hoje em dia estudante de pedagogia e psicopedagogia, tenho muito o que aprender.
      Confesso que essa parte de alimentação também é o que mais pega para mim! Juliah come bem? Ou só quer comer besteiras. Das táticas que acho que mais funciona sempre com comida é fazer o prato da criança com o que ela gosta, mais um item que vai ser apresentado ou que ela deveria comer. Caso se recuse a comer, a criança não pode depois comer mais do que gosta ou pedir sobremesa ou um lanche. A criança tem que sentir um pouquinho de fome para ter vontade de comer aquilo que não quer…
      Mas é sentir um pouco de fome, não é passar fome. Mas a criança não vai comer tudo que queremos. Ela come alguma fruta, verdura, legumes?
      Estou a inteira disposição. Se preferir pode mandar email para gabriellabrandao@dicaspaisefilhos.com.br
      Mais uma vez muito obrigada! Beijos Gabi

  13. Luciana
    14/08/14 - 11h36

    Sou mãe de duas meninas 7 e 2 anos. A de sete anos agora começou a querer ganhar o espaço dela, e por causa de 2 anos aprendeu a chorar para pedir as coisas. A minha de 2 anos é um furacão, sobe em tudo, pendura, nao consigo impor limites nela. A minha de sete anos a reclamação que vem é que ela levanta demais para conversar, mais a minha de dois anos ja fui chamada na escola 2 vezes pois ela nao segue as regras. Em casa faço tudo que esta ao meu alcance mais nao estou conseguindo, eu comento com o pediatra ele diz que é normal, ela dorme 15 minutos e renova por um dia inteiro. Eu e meu marido temos a mesma direção na educação, tentamos trabalhar sempre na mesma direção, mais a pequena parece que nao esta nem ai. Como posso mudar isso? Me ajuda?

    • 17/08/14 - 12h19

      Luciana,
      Bom dia! Primeiro quero pedir desculpas na demora em responder, mas semana passada foi uma semana atípica.
      Vou tentar te ajudar. A de 2 anos não dorme a noite também?
      Como você tentar impor os limites na de 2 anos, porque parece que ela não está nem ai mesmo para o que vocês ou a escola está falando. Acho que ela precisar de um castigo que realmente fique sem alguma coisa que gosta. Cito o exemplo do meu filho, que cantinho do pensamento não surtia efeito, mas quando tiramos os super heróis, tudo muda de figura ele odeia ficar sem os bonecos dele! Quando fizemos a primeira vez pegamos ele de surpresa e até hoje pensa 2 vezes antes de qualquer coisa e quando falamos em castigo, ele pede mas não tira os meus bonecos…
      Quando a 7 provavelmente ela está se espelhando na de 2 anos…e assim também está saindo do eixo.
      Gostaria de saber um pouco mais como vocês colocam limites. Se preferir pode mandar email direto para gabriellabrandao@dicaspaisefilhos.com.br
      Muito obrigada, estou a disposição.
      Beijos

  14. Thalita
    20/08/14 - 10h49

    Bom dia Gabriella, tudo bem??
    Tenho duas filhas. A mais velha (Marina) tem 5 anos e a mais nova (Julia) tem 1 ano e 3 meses.
    A mais velha morre de ciúme da bebê e sempre judia (a ponto de colocar o pé na frente dela, para ela cair) e sempre ri quando a bebê se machuca.
    Ela sempre foi tranquila, mas quando a Julia nasceu tudo mudou.
    A gente sempre da atenção para as duas, mas é claro que a pequena precisa de mais atenção, por não saber tudo sozinha ainda. Eu realmente não entendo o que passa pela cabeça da Marina, porque as vezes ela abraça, da beijo na irmã…Depois ela vai lá e empurra, não divide os brinquedos.
    A Julia tem um gênio muito forte, é brava, se não for do jeito dela ela se joga, grita, chora….faz o maior escândalo, eu sempre passo vergonha nos lugares que vou…Isso tem jeito de controlar??
    Eu estou sem paciência com nenhuma das duas, acabo batendo, gritando, deixo a mais velha de castigo sempre (tanto no canto para pensar como das coisas que ela gosta de fazer) mas parece que não adianta, ela não se abala….Pede desculpas, diz que vai mudar e continua fazendo as mesmas coisas.
    Como eu ainda moro com meus pais, eles mimam muito as duas…se eu brigo com uma, elas vão com eles, daí eles passam por cima do que eu falei e fazem o que elas querem, ou brigam comigo na frente delas (por não aceitarem o meu modo de educar), e eu acabo brigando com eles por tirarem minha autoridade. Já conversei muito com meus pais, mas não adianta.
    Já pensei em passar por psicólogos, grupos de ajuda, sei lá.
    Você acha que tem solução??
    Abraços

    • 21/08/14 - 23h28

      Thalita, boa noite!
      Obrigada pelo contato e por acompanhar o Dicas Pais e Filhos.
      Certamente tem solução, lembre-se que você é uma adulta e elas são apenas 2 crianças então é claro que você vai controlar a situação mesmo estando cansada e de saco cheio. Acho que o pior de tudo que me escreveu é o fato dos seus pais brigarem com você na frente das crianças e não aceitarem o seu modo de educar. As crianças acabam aprontando porque sabem que vão ter o respaldo dos avós, entende? Avós normalmente mimam muito, mas no seu caso como mora junto fica pior.
      Acho sim que terapia e grupos de ajuda ajuda sempre são muito legais, mas nesse caso você teria que convencer os seus pais a irem com você para ver como o comportamento deles está influenciando na educação. Entende?
      Quando a Júlia que se joga no chão tente conter ela toda vez que ela fizer isso, conter, não é bater. Pegue ela firme e converse com ela. Assista o vídeo (https://www.youtube.com/watch?v=mNbrs8fn8nU) e muitos outros desse canal, você vai adorar!
      Estou a inteira disposição. Beijos! Gabriella

      • Thalita
        22/08/14 - 17h18

        Gabriella, muito obrigada!!! Deus te abençoe, com certeza você mudou minha vida! Parabéns pelo seu trabalho!!

        Amei o vídeo e com certeza irei acompanhar outros vídeos dela também!!
        Beijos.

        • 24/08/14 - 10h23

          Oh Thalita, que isso! Fiquei muito feliz e tocada com o seu email.
          Estou a disposição, fico muito feliz que tenha conseguido te ajudar e acompanhe sempre o Dicas Pais e Filhos.
          Alguma sugestão de tema?
          Beijos e Muito Obrigada!

  15. claudiapereiradias
    20/08/14 - 17h59

    Tenho um filho de 05 anos pedro Henrique não sei mas o que fazer todo dia tenho reclamação na escola ele bate nos colegas de sala até enfrentar a professora ele ja enfrentou não sei onde ele aprendeu ser assim porque dentro de casa vivemos em paz não sei mas onde enfio minha cara de tanta vergonha conversamos com ele e sempre diz que o coleguinha fez isso ou aquilo o engraçado e que dentro de casa ele e carinho ele sabe e fala o que pode ou não fazer mas chega na escola age diferente o que fazer ?

    • 24/08/14 - 10h22

      Claudia,
      Bom dia! Desculpa a demora em te responder. Realmente é curioso como ele pode estar tendo um comportamento na escola completamente diferente do comportamento que ele tem em casa.
      Quando você é chamada na escola o que eles te falam? Só que ele bate? Tem que entender as situação. Bater realmente não é uma opção, mas será que ele na escola porque não tem espaço para se colocar? A escola tem uma boa escuta?
      Se preferir pode também mandar email direto para mim gabriellabrandao@dicaspaisefilhos.com.br
      Beijos e Obrigada!

  16. 21/09/14 - 01h51

    por favor preciso de dicas para educar minha filha de 3 anos ,tudo tem que ser como ela quer preciso de ajuda

    • 22/09/14 - 12h43

      Rita,
      Boa tarde! Obrigada por acompanhar o Dicas Pais e Filhos. Que tipo de orientação mais específica você precisa.
      Quando a ela querer tudo da maneira dela o ideal é você colocar de castigo ou cantinho do pensamento. Ela precisa aprender a esperar.
      O que ela mais gosta de brincar? Aqui em casa quando vou colocar de castigo normalmente tiro o que eles mais gostam. Chocolate, joguinho…
      Estou a disposição.
      Beijos, Gabi

  17. Tamiris Lima dos Santos
    16/10/14 - 09h38

    Tenho uma irmã de 8 anos, desde quando ela nasceu eu que cuido dela, devido nossos pais trabalharem, tens horas que pareçe que vou explodir,tento educar do melhor jeito, tiro o que ela gosta, proibo de ir as festas, e quando coloco de castigo ela ainda diz: “eba” não sei mas o que faço, sempre sento pra converssar com ela mas parece que não adianta, preciso saber se ela faz isso pra chamar atenção pelo fato de nossos pais serem separados, ela é muito mimada pelo pai!!

  18. Andreza Araujo
    21/10/14 - 20h57

    Boa noite, tenho uma filha de 6 anos, e é uma amor de menina muito inteligente lê desde os quatro anos, mais ela conversa de mais no meio dos adultos e ta conversando na sala agora demorando a fazer as tarefas de tanto que conversa parece um adulto, eu crio ela sozinha desde de que ela tinha 2 anos e meio o pai dela é totalmente alzente, não sei o que faço pois já tentei tirar tudo o que ela gosta e não adianta ela parece se adaptar sem as coisas que gosta e continua do mesmo jeito como se nada tivesse acontecido, ela não faz essa malcriações normais de toda criança, e esse é o problema não sei como agir com o que ela faz. ela fica triste na hora que eu converso com ela mais parece que logo ela esquece. ME AJUDE POR FAVOR!!!!

    • 22/10/14 - 03h20

      Andreza,
      Boa noite! Muito obrigada por acompanhar o Dicas Pais e Filhos.
      Entendo a sua preocupação, a sua filha provavelmente fica no meio dos adultos conversando porque assim se sente acolhida. Com quem ela brinca normalmente? Se ela não ficar com os adultos conversando, alguém fica com ela? É preciso que ela participe menos do meio adulto e seja mais criança. Essas conversas são na sala de aula? Ou ela está demorando a fazer as tarefas de casa?
      Na sala de aula o que a professora faz para ela conversar menos? Porque o ideal é que separe ela das amigas para ela fazer as tarefas de sala e ver se dá algum resultado.
      A professora já sinalizou o que faz na sala de aula para tentar mudar o quadro?
      Se preferir pode manar email direto para gabriellabrandao@dicaspaisefilhos.com.br estou a inteira disposição para te ajudar. Mas preciso saber um pouquinho mais.
      Beijos e obrigada
      Gabi

  19. Rosiane
    22/10/14 - 16h42

    Oi tenho um filho de 8 anos sempre sou chamada na escola ,para dizer que ele não se sentou , não fez a atividade , ou que mexeu em algum coleguismo da classe , a psicóloga que levo ele me diz que a professora já tomou impatia com ele , ele diz que quando a professora fala para ele os outros coleguinhas sorriam dele , e tudo que acontece em sala de aula os outros coleguinhas diz que é ele , já não sei mas o que faço me ajude.

    • 22/10/14 - 23h26

      Rosiane,
      Boa noite! Muito obrigada por me escrever e por acompanhar o Dicas Pais e Filhos.
      Sugiro que você vá a coordenação da escola para conversar…pode ser que a professora esteja mesmo “perseguindo” seu filho. Mas é preciso analisar os fatos com cautela e ouvir a opinião da escola.
      A escola dá abertura para a psicologa dele conversar com a escola? Seria uma boa ajuda…
      Estou a disposição.
      Beijos, Gabriella

  20. Juliana
    05/11/14 - 15h27

    Boa Tarde Gabriella,

    Tenho uma filha de 2 anos e meio, super amorosa boazinha, mas as x e um pouco manhosa, e quando meu marido fala com ela ela ja fica nervosa e chora, digo a ele q deve ter paciencia e nao adianta falar mais forte, prque oque parece e que nessas hrs ela fica com medo. Outra coisa e que ela nao come (almoco ou jantar) com ele de jeito nenhum! isso e desde pequeninha. Em casa nao temos metodo de dar tapinhas, e somente no diálogo. O que mais vc aconselharia ao meu marido fazer? Muito Obrigada,

    • 06/11/14 - 19h48

      Juliana,
      Boa noite. Obrigada por acompanhar o Dicas Pais e Filhos.
      É muito comum as crianças se assustarem mais com os pais. Os homens tem um tom de voz muito mais forte que o nosso, isso assusta. Te digo que a minha filha de 6 anos chora com muito mais facilidade quando pai está brigando do que comigo.
      Converse com ele para ter mais paciência e para na hora do sufoco te chamar mais para você ajudar, mas com o tempo ela vai se acostumando….pode acreditar.
      Por que ela não come com ele? Quando ela não come com ele alguém vai depois e dá a comida? Não pode dar a comida depois…ela precisa entender que passou a hora da refeição. Se fizer isso ela começa a aprender. Na maioria nós mães depois vamos lá e damos a comida, não estou dizendo que é o seu caso. Como é? Qualquer coisa pode me responder no email gabriellabrandao@dicaspaisefilhos.com.br
      Beijos e muito obrigada
      Volte sempre

  21. vanessa rangel
    05/11/14 - 21h07

    Boa noite Gabriella, eu realmente preciso de ajuda,tenho um menino de 5 anos que desde pequeno vem me dando dores de cabeça, em casa ele tem regras e as respeita muito bem,meu problema são os colegios, todos em que ele frenquentou eu fui chamada por mal comportamente, ele geralmente nunca escuta as professoas, não aceita ordens e o pior ele coloca o pé na frente para que outra criança caia, empura, ou chuta os amigos eu não sei o que fazer , todos dia eu recebo novas reclamações dele por favor me ajude! apenas com um conselho, o que devo fazer ou como agir?

    • 06/11/14 - 19h51

      Vanessa,
      Boa noite. Obrigada por acompanhar o Dicas Pais e Filhos.
      O seu filho já trocou de escola com 5 anos por problema de indisciplina?
      O que a escola fala? Já colocaram ele de castigo? O que a escola está fazendo para colocar limite nele dentro da escola? Você já cobrou esse tipo de postura da escola? Porque é muito curioso ele em casa seguir as regras e na escola dar trabalho. Será que a escola está sabendo lidar com ele? Por isso preciso de um pouco mais de informação para entender.
      Estou a sua disposição. Se preferir pode entrar em contato direto no email gabriellabrandao@dicaspaisefilhos.com.br
      Beijos e volte sempre Gabi

  22. Isabela Goulart
    08/11/14 - 10h12

    Olá querida preciso de sua ajuda, aliás nunca pensei que precisaria de ajuda na educação da minha filha que nunca me deu trabalho. Ela vai fazer 12 anis até mês e Este ano esta sendo péssimo. Acredito que tenha sido a nova escola com as novas amizades que estão influenciando se forma negativa. O pior é q eu me sinto culpada por castigar e não sei a maneira correta. Hoje por exemplo esta de castigo no quarto sem tel, internet e os livros que tanto gosta mas a questão é, por quanto tempo devo deixá-la de castigo. Mt obrigada e bjs!

    • 10/11/14 - 09h42

      Isabela,
      Obrigada por acompanhar o Dica Pais e Filhos. As vezes as crianças passam por fases mais complicadas mesmo.
      A primeira coisa é não se culpe, a criança capta essa nossa culpa e acredite, tudo piora muito! Porque elas começam naturalmente a manipular os pais.
      O tempo de castigo você tem que testar o que dá mais resultado e ir testando os castigos. As vezes nem precisa ficar no quarto…você já testou deixar ela 1 dia só sem o celular e internet?
      Realmente castigo tem que testar. Aqui em casa o que mais funciona com a Luisa é não poder ficar com livros e desenho, já o Pepe o que mais pega é ficar sem os bonecos.
      Estou a disposição.
      Beijos e volte sempre.
      Gabi

  23. Ana Paula
    02/12/14 - 16h55

    Ola. Meu nome e ana paula tenho um filho de 3 anos. Mork sozinha com ele. Porem nos fundos da casa da minha mae que tem um filho de 6 anos. Minha mae nao da os mesmos limetes que dou para meu filho. Eles brincam sempre juntos. O meu irmao de 6 anos ele e mal educado nao respeita ninguem ensina meu filho a falar na giria,responder,falar palavrao. E tudl oki ele quer ele manda o meu filho fazer por ele. E como ele sabe que sao coisas errdas ele faz de proposito pra meu filho ficar de castigo. O proble.a maior e que meu filho nao me ouve mais. So ouve meu irmao. Isso ta me tirando do serio. O pai do filho nao e presente. Eu moro a 120km da casa dele. Ele vem ver meu filho de 6 em 6 meses. Entao para meu filho ele praticamente nao e presente. Eu trabalho e estudo a noite. Meu filho fica na creche e la as tias andam reclamando do mal comportamento eu nao sei mais oki fazer e nem comofazer. Me ajude!
    Desde jaagredeço. Bjos

    • 02/12/14 - 20h12

      Ana Paula,
      primeiro muito obrigada por acompanhar o Dicas Pais e Filhos.
      Te entendo perfeitamente! Também passo isso com o meu filho em relação a amizades e é muito chato. O que o seu filho precisa entender é que quem dá os limites e educa ele é você e não o seu irmão ou outra pessoa. E você precisa deixar claro para ele que o menino de 6 anos que faz as besteiras chama ele para fazer as coisas erradas e ainda acha graça. Ele com o tempo vai perceber que o maior prejudicado é ele mesmo porque o outro menino faz as bobagens e não acontece nada.
      Tem como você tentar separar mais os 2? Como vai ser nas férias, ele vai ficar com a sua mãe?
      Se preferir pode mandar email direto para gabriellabrandao@dicaspaisefilhos.com.br

      Beijos e estou a disposição
      Gabi

  24. eloisa Táyna
    05/12/14 - 23h07

    Por favor me ajude tenho um filho de quatro anoscuido dele sozinha ele nao obedece grita nao quer comer quer tudo do jeito dele me ajudaaaa

    • 06/12/14 - 19h40

      Obrigada por acompanhar o Dicas Pais e Filhos.
      Nos falamos por email e depois se puder me conte as novidades.
      Beijos e volte sempre
      Gabi

  25. mary
    06/12/14 - 07h31

    tenho um filho de 12 anos mas acho que a idade mental de é de uma criançã com 5 anos não obecede não se importa quando deixo de castigo tiro o computador o celular e outras coisas ele nem liga é como se eu não tivesse feito nada não toma banho,nã escova os dentes se não mandar,enrola pra fazer as coisas que mando espera eu sai ou virar as costa e faz tudo que eu disse que não podia não cuida das coisas que dou pra ele quebra tudo e depois pede pra compra de novo se quebrar tudo bem ele nem liga,desligado com tudo é como se ele não tivesse noção do certo e errado ignora tudo que digo pra ele não se importa com nada.
    O que devo fazer?

    • 06/12/14 - 19h43

      Mary,
      Boa tarde! Obrigada por acompanhar o Dicas Pais e Filhos e sempre que precisar conte comigo.
      Uma dúvida que fiquei quando li o seu relato é como o seu filho se comporta com as outras pessoas e como é o relacionamento dele na escola.
      Ele sempre foi assim, ou teve algum acontecimento na vida dele que acabou ocasionando essa mudança de comportamento.
      Deve ter alguma coisa que ele realmente se importe e ai é que você vai entrar. Você mora com o pai dele?
      Estou a disposição e se preferir pode mandar email para gabriellabrandao@dicaspaisefilhos.com.br
      Beijos e obrigada, Gabi

  26. GLEICE SANDRIANNE
    18/12/14 - 16h15

    boa tarde, sou mãe de dois filhos, um menino de 4 anos e uma menina de 6 anos. moramos com minha mãe e meu esposo que não é pai da minha filha mais velha, só do caçula…
    Os dois estão em uma fase da rebeldia que eu sinceramente não estou aguentando, o meu filho quando se zanga sai batendo as portas e não chora grita, e minha filha é desobediente quando mandamos ela fazer algo ela diz que não vai e grita em cima da gente, bate no irmão responde gritando, não sei mas o que fazer, pois ando sem paciência para lhe da com essa situação…
    o que devo fazer ou como devo agir!
    obrigado!!!!!

    • 20/12/14 - 13h12

      Gleice,
      Boa tarde! Obrigada por acompanhar o Dicas Pais e Filhos.
      Aqui em casa também tenho uma menina de 6 anos e um menino de 4 anos. Você coloca as crianças de castigo? Aqui em casa também tem dias de rebeldia mas coloco um em cada quarto e coloco de castigo. Aqui funciona bem ficar sem televisão, joguinho eletrônico e chocolate. O que você acha que funcionaria na sua casa? As crianças se não colocarmos limite logo elas vão aumentando as mal criações e realmente vai ficando insuportável, se tornam verdadeiro tiranos.
      Como é o comportamento deles na escola e com outros adultos como os avós? Porque muitas vezes as crianças também só tem esse tipo de comportamento com a mãe. Aqui em casa também tenho dificuldades algumas vezes, faz parte.
      Me desculpa a demora em responder e se preferir pode mandar email direto para gabriellabrandao@dicaspaisefilhos.com.br
      Beijos e estou a disposição
      gabi

  27. Adriana
    05/01/15 - 21h53

    Olá Gabi,
    Sou mãe de um menino de 12 anos e uma menina de 8. Eles dois vivem em pé de guerra e não se aturam de jeito nenhum. Vivo estressada e já tentei de tudo, desde ignorar, intervir, tirar tudo que eles mais gostam, bater muito, mas nada adianta, e o pior de tudo é que meu filho mais velho me xinga muito, me enfrenta, já me bateu e diz cada desaforo horrível. Sinceramente, já tentei até procurar um lugar para doar ele. Recentemente foi diagnosticado com déficit de atenção e está em tratamento com florais, mas ele é totalmente apático com a gente, não abraça, não tem amor no coração e só tenta nos prejudicar. O que faço, pelo amor de JEOVÁ??

    • 07/01/15 - 17h31

      Oi Adriana,
      Tudo bem? Desculpa a demora em te responder…agora em janeiro estou mais enrolada porque estou com as crianças de férias em casa, me desculpa!
      A primeira coisa que vou te falar e que seu filho precisa de ajuda, muita ajuda, acredite. É claro que seu filho apesar de aparentemente querer te prejudicar o tempo todo, ele na verdade está pedindo ajuda e atenção. Ele sempre foi assim? Desde que idade ele tem esse comportamento? Ele tem esse comportamento com todas as pessoas ou só dentro de casa? Como ele se comporta na escola?
      Quem fez o diagnóstico foi uma profissional da área? E ela acha que esse comportamento agressivo tem relação com o déficit de atenção? Além dos florais você nunca pensou na possibilidade de colocar o seu filho numa terapia? A terapia funciona muito bem e o que eu mais gosto na terapia é que a criança se sente completamente acolhida, escutada e com esse vínculo de confiança estabelecido entre criança e terapeuta, a criança se abre e ai de verdade as pessoas podem ajudar.
      Se puder me responder as perguntas facilita para eu tentar te ajudar. Sou mãe e não psicologa, mas estudo bastante sobre criança e faço pedagogia e psicopedagogia.
      Se preferir pode mandar email direto para gabriellabrandao@dicaspaisefilhos.com.br
      Um Feliz Ano Novo e obrigada por acompanhar o Dicas Pais e Filhos.
      Estou a disposição.
      Beijos, Gabi

  28. Karla Patrícia
    07/01/15 - 16h03

    Boa tarde, sou mãe de um menino de 4 anos e já não sei mas o que fazer para impor limites,como quase toda mãe minha vida é muito corrida, passo o dia inteiro no trabalho e a noite vou para faculdade, por causa desse meu tempo ele passa a semana na casa da minha mãe, vejo ele pela manha na hora de levar para escola e quando dar tempo a noite, mas so fico com ele fim de semana, meu esposo é caminhoneiro e passa a semana viajando, so fim de semana que estamos juntos, mas as vezes é torturante por causa da desobediência, das brincadeiras sem limites, dos gritos, com tudo chora, como se quisesse chamar nossa atenção toda hora, quando brigo com ele, ele responde dizendo que eu sou chata que na casa da avó dele ele faz isso, tento colocar de castigo mais ele fica rindo saindo do castigo e acaba me faltando a paciência, estou precisando de ajuda para tentar conciliar minha vida.

    • 08/01/15 - 21h50

      Oi Karla, boa noite.
      Obrigada por acompanhar o Dicas Pais e Filhos. Vamos lá…seu filho está querendo chamar atenção de vocês a qualquer custo e já percebeu que vocês no fundo se sentem um pouco culpados de ficarem pouco tempo com ele. Não se culpem! Muitos pais trabalham muito como vocês e aproveitam o final de semana para ter uma relação super gostosa com os filhos. O que está acontecendo é que como ele está muito sem limite essa convivência está muito chata e cansativa. É isso?
      A única maneira que tem desse relacionamento melhorar é vocês colocarem limite mesmo! E quando ele falar que na casa da vovó pode, você vai responder que na casa dele não pode e que ele vai respeitar. Ele está procurando brechas para conseguir tudo que quer. Tente combinar com a sua mãe para as regras nas duas casas serem parecidas que isso pode te ajudar bastante.
      Como não está conseguindo o castigo, que tal tirar alguma coisa que ele goste muito: sorvete, chocolate, televisão…tem que ter alguma coisa que você consiga tirar. É preciso dar limite sem medo e culpa. O limite é maravilhoso para as crianças e na verdade elas pedem esse limite. A criança com limite se sente mais segura e é mais calma. O que você já tentou?
      Se preferir pode mandar email para gabriellabrandao@dicaspaisefilhos.com.br será um prazer ajudar!
      Beijos, Gabi

  29. MARIA LEONOR DE ASSIS
    08/01/15 - 15h40

    Oi Gabriela!Boa tarde! tenho uma filha de 4 anos eu não moro com o pai dela desde que ela tinha um ano e meio de idade ,eu moro com outra pessoa, mais velho que eu eu tenho 35 anos e ele 57 anos,nos damos muito bem, ele ja tem dois filhos casados,nós dois trabalhamos juntos na mesma empresa, mas o que esta faltando é disciplina em casa pra ela, eu e ele não estamos conseguindo disciplina-lá, ela assiste só o que quer , sendo que tem tv no quarto só com dvd e tem vários desenhos que gosta, não gosta de comer comida sozinha só quando dou na boca só come porcariadas, não nos obedece,em casa e nem quando saímos, não dorme cedo só se eu for deitar com ela, faz birra, manha, mas ela é carinhosa só quando quer. Ai Gabriela estou perdida me ajuda por favor. Esta quase afetando meu relacionamento pois quando meu marido chama a atenção dela, ele já percebeu que fico aborrecida, não sei o por que fico assim ele fala com calma com ela, explica que ela esta errada, que deve fazer o certo, e ela mesmo assim não obedece então passa um tempo eu vou até ela e faço quase o que ela quer,sei que esta errado mas não consigo fazer diferente. Me ajuda por favor Obrigada

    • 08/01/15 - 21h41

      Oi Maria Leonor, boa noite.
      Obrigada por acompanhar o Dicas Pais e Filhos. O que me parece de longe é que tem alguma coisa em você que está “bloqueando” você de dar o limite a sua filha. Pode ser por aí?
      Falo isso porque pode ser esse o motivo de você ficar chateada com o seu marido e depois acabar fazendo a vontade da sua filha. Se ele consegue colocar mais limite peça ajuda mesmo a ele. Acredito que você tenha que eleger uma coisa de cada vez para “atacar”, fazer um plano mesmo, não dá para atuar em todas as áreas ao mesmo tempo: alimentação, televisão, dormir, birra e etc…o que você quer atacar primeiro? O que você escolher não pode abrir em nenhum momento e ai ela vai entender que você não está mais de brincadeira. A criança é muito esperta e ela sabe manipular perfeitamente o adulto.
      Vamos ao exemplo: Não pode mais comer chocolate de segunda a sexta. ok? Você não vai deixar ela comer chocolate de segunda a sexta de maneira alguma! Nem que ela fique doente, chore sem parar, etc….Pense como se você estivesse proibindo alguma coisa que realmente faz muito mal a ela, isso pode te ajudar.
      É claro que isso muitas vezes atrapalha mesmo o relacionamento do casal porque vocês ficam mais cansados, com menos paciência, estressados e etc…
      Você acha que tentar ir por partes pode ajudar? Atuar em todas as frentes ao mesmo tempo fica muito desgastante e nesse período de ajustes, deite com ela um pouco sim, vai ajudar a ela se sentir amada e a ela dormir! Quando meu pequeno de 4 anos está muito agitado eu deito um pouco com ele porque assim ele relaxa mais fácil. Ela pode estar precisando desse tempinho de aconchego e paz com você. Estou a disposição para tentar ajudar.
      Qualquer coisa pode mandar email direto para gabriellabrandao@dicaspaisefilhos.com.br, gosto sempre de lembrar que não sou psicologa. Sou mãe, estudante de pedagogia e psicopedagogia.
      Beijos e espero ter ajudado pelo menos um pouco.
      Gabi

  30. Amanda Arêdes
    29/01/15 - 00h38

    Gabriella, tudo bem? Tenho dois filhos, uma menina de 6 anos e um menino de 2 anos e 10 meses. Bom, tenho mais dificuldades em educar ela. Ela é muito geniosa e ciumenta ao extrremo. Até hoje chora quando eu saio para trabalhar. A noite na hora de dormir é uma briga não posso deitar ao lado dele, mesmo que também deite com ela depois. Ela chora faz drama e fala que não amo ela. Sinto que ele fica até um pouco largado, ela não dá espaço para ele. É muito covarde com ele também, bate escondido entre outras maldades. Não sei mais como agir com ela. Tento ignorar mais não funciona e tento responder aos chamados dela com carinho e atenção, mas também não funciona. Ela me sufoca. Quando ele machuca ela finge que machuca também. E já até falou que se morresse eu a amaria mais.

    • 30/01/15 - 19h39

      Olá Amanda,
      Li o seu caso e me lembrei muito aqui de casa. Aqui minha filha tem 6 anos e o pequeno acabou de fazer 5 anos. Também tenho problemas com ciumes mas numa escala bem menor.
      Ela realmente está querendo chamar sua atenção e disputa espaço com o irmão o tempo todo. Aqui em casa falo para os dois o tempo todo que tenho dois filhos e que preciso dividir, afinal de contas todos querem atenção da mãe e eu sou uma só. Você já experimentou fazer uma tabela para cada dia deitar com um primeiro? Colocar ela de castigo quando não age corretamente com o irmão? Ela precisa de limite! Ela está conseguindo com você tudo que quer. Provavelmente o menino precise mais de sua atenção porque acaba sendo deixado mais de lado. Tem que colocar limite e para isso, é preciso que as regras sejam bem claras dentro de casa. Quando você estiver com o pequeno ela tem que respeitar e vice versa. Ela já percebeu que fazendo tudo isso você está ficando fragilizada e assim ela vai conseguindo tudo. As crianças são muito espertas e meninas normalmente são mais ciumentas, os meninos mais bem resolvidos. Uma dúvida, esse ciumes é assim desde que o irmão nasceu?
      Me mande um email e vamos nos falar mais.
      Beijos, Gabi

  31. Elis Fernanda
    29/01/15 - 08h21

    Olá Gabriella!

    Tenho uma filha de 3 anos e muita dificuldade para dormir a noite. Chega na hora de ir pra cama ela reclama, grita, chora, não quer ficar sozinha… isso sem contar que vai dormir muito tarde…. terias alguma dica para me dar…ou talvez deva criar uma rotina…olha… não é fácil.

    • 29/01/15 - 14h28

      Olá Elis, tudo bem?
      Imagino que não deva ser fácil mesmo. O que mais ajuda, mas não resolve de imediato é a rotina.
      Aqui em casa passei por isso quando o Pedro nasceu porque a Luisa ficou com a rotina muito abalada porque eu tinha que dar conta de dois. Na maioria das vezes ela dormia tarde porque esperava o meu marido chegar em casa para então ela ir dormir.
      A criança precisa de uma rotina. A rotina assegura muito a criança e tudo funciona de uma maneira bem melhor. Aqui em casa além da hora de dormir e eles seguem um “ritual”. Aviso 10 minutos antes que está chegando a hora de dormir, eles reclamam todos os dias falando que não querem dormir e que dormir é muito chato!! Risos
      Quando os 10 minutos acabam chamo os dois e peço para irem fazer o “ritual”. O ritual consiste em: vão para o banheiro, trocam de roupa, fazem xixi, escovam os dentes, lavam o rosto e as mãos. Depois disso dão boa noite um para o outro e cada um vai para o seu quarto. Depois eu vou no quarto deles, rezo e deixo eles sozinhos. Mas durante algum tempo precisei contar história para ajudar a acalmar e muitas vezes fiquei no quarto até dormirem. Já fiquei muito no quarto fazendo dormir, principalmente a Luisa.
      Quando ficava no quarto, conta a história, rezava e depois ninguém mais falava. Se a Luisa falasse comigo eu fica quieta.
      O primeiro passo ai na sua casa é estabelecer uma rotina. Faça uma rotina que não seja muito sacrifício para você. Porque se for muito difícil você pode acabar falhando ou desistindo. Me entende?
      Quando puder me dá notícias e qualquer coisa pode também me mandar email: gabriellabrandao@dicaspaisefilhos.com.br
      Beijos, Gabi

  32. vanda
    29/01/15 - 14h15

    Bom dia

    Tenho uma filha de sete anos,e estou grávida de 06 meses,minha relação com ela ta muito difícil,as vezes ela ta um amor comigo e com o irmãozinho que esta a caminho,mas o que esta acontecendo muito,quase todos os dias,ela não esta me respeitando mais,quer fazer tudo do jeito dela…se eu mando ela pegar alguma coisa,ela me diz que ñ é minha empregada,diz que eu sou chata,porque coloco ela de castigo,eu falo uma coisa ela fala duas ou três,se eu digo pra ela ñ levar algum brinquedo pra casa da babá,ela diz que vai levar sim,e começa a chorar e não para mais,e eu acabo ficando muito estressada e dando uns tapas nela,eu não queria que isso acontecesse,queria que ela me ouvisse,e fizesse o que eu digo…porque com a baba ela é muito boazinha,não desrespeita,é obediente,só comigo que ela é assim teimosa acha que pode fazer td que ela quer.Quem vê ela fazendo isso diz que é porque eu mimo demais ela,sempre dei muito carinho,muito mesmo,sempre faço de tudo pra ela,mas depois que ela começou a fazer isso comecei acortar as coisas,presentes…mas ela só fica comigo depois das 5 da tarde e final de semana,porque tenho que trabalhar.e sou só eu,e ela não convive com o pai dela…estou desesperada não sei o que eu faço,coloco de castigo mas não adianta nada ela quer saber mais do que eu,eu converso com ela,digo que é os adultos que sabe mais,que Deus colocou os pais para cuidar dos filhos e ensinar…mas ñ esta adiantando…ñ sei mais o que eu faço,não sei onde errei,ou estou errando,tem horas que penso que penso que ñ vou dar conta…não sei mais o que faço….nossa eu estou grávida e muito nervosa….

    • 30/01/15 - 19h49

      Olá Vanda,
      primeiro fica calma e você vai dar conta! Ela está com ciumes, muito ciumes de você e do bebê. Ela já percebeu que vai perder espaço, que tudo vai mudar e ela não está conseguindo dar conta disso. Ela não é assim com a babá porque ela está disputando espaço com o irmão que está a caminho. Durante a gravidez ficamos mais sensíveis e tudo fica mais confuso ainda.
      O que você precisar nesse momento é não se abater com as coisas que ela diz, que você é chata e etc. Você assim se fragiliza e não consegue dar conta dela. Ela precisa de limite! Precisa entender que quem manda e sabe das coisas é o adulto. Que é claro que ela sempre será respeitada mas é preciso que ela atenda. Precisa mesmo colocar de castigo, e deixar as regras bem claras. O que ela gosta muito? Procure tirar justamente o que ela mais gosta para colocar de castigo. Vale muito a pena conversar sempre falando o quanto você a ama e que não vai deixar de amar nunca, independentemente do irmão. Ela está insegura. Precisa de limite, mas sempre o limite vem acompanhado de amor. Educando com amor sempre! Evite falar do bebê (não sei se você fala), mas nesse momento, na reta final procure deixar ela mais segura. Que tal um programa vocês duas que ela goste para resgatar os momentos de paz. É muito difícil, eu sei. Tive meu segundo filho quando a primeira tinha 1 ano e 9 meses, ela teve ciumes. Porém os casos mais críticos que escuto são quando as crianças tem uma diferença maior de idade.
      Espero que eu tenha te ajudado. Pode me mandar email. Estou a disposição.
      Procure se acalmar.
      Beijos, Gabi

  33. Simoni Alves
    31/01/15 - 20h09

    Olá! Tenho um filho de 3 anos é uma criança que nunca tinha me dado trabalho até 3 anos agora desobedece em tudo, gostaria de uma ajuda ele anda sem regras e sem limites me ajuda a compor umas regras para eu e meu esposo aplicar com ele antes que seja tarde? ,

  34. Ana
    02/02/15 - 14h17

    Olá, minha situação é muito complicada, me chamo Ana, tenho 20 anos e moro junto com meu noivo, vamos nos casar e ja estamos com data marcada, porém tenho um enteado de 4 anos que mora conosco pois a mãe nao liga muito pro filho, tenho ele como filho, amo ele, trato ele super bem, dou amor, carinho e sinto que ele me ama também,pois é muito carinhoso comigo, o problema é que ele não me obedece, ele esta acostumado a todos mimarem ele fazer as vontade dele, mais quando eu vejo que ele esta de mal criação eu brigo, ele não tem comido direito então coloco de castigo e ele faz birra, ele não aceita o castigo, sai do castigo, só quer saber de brinca o tempo todo, grita horrores e vizinhos chegam a pensa que estou espancando o menino,ele bate na porta, sobe na porta e eu fico louca porque não tenho filho e não tenho experiência nenhuma com criança,o menino quer tudo na hora que ele quer e eu não bato na criança,por mais que eu crie, eu não me sinto no direito de bater, porque eu não sou mãe e tenho medo dele se revolta quando crescer, me ajuda por favor, não quero que isso interfira no meu relacionamento com meu noivo.

    • 04/02/15 - 20h32

      Ana, tudo bem?
      Desculpa a demora em responder…
      Vocês já moram juntos a quanto tempo? Ele respeita o seu noivo?
      A primeira coisa que você precisa fazer é conversar com o seu noivo para ver se ele te ajuda….é preciso dá muito amor para ele. Ele deve estar carente, será que não?
      Prefere me mandar email? Ai você me conta um pouco mais….
      Beijos e estou a disposição,
      Gabi

  35. anreia
    05/02/15 - 14h40

    Oi boa tarde 4enho um filho de 5 anos esta iniciando o 1 ano, mas desde o prezinho estou tendo problemas com ele na escola,ele nao obedece regras deixa tudo jogado os mater7ais dele, faz gracinhas pra chamar atencao dos colegas

    • 06/02/15 - 19h57

      Boa noite. Obrigada por acompanhar o Dicas Pais e Filhos.
      Ele obedece em casa? Como é o comportamento dele fora da escola?
      Estou confusa sem entender se o comportamento é pontual.
      Beijos, Gabi

  36. dilceia mocelin palczuk
    07/02/15 - 22h42

    eu presizo de ajuda para as duas netas

    • 09/02/15 - 08h36

      Bom dia,tudo bem com a senhora?
      Que tipo de ajuda…preciso de mais informações.
      Beijos e obrigada
      Gabi

  37. 14/02/15 - 10h51

    Bom dia, tenho 1 filha de 1 ano e 5 meses, ela não obedece quando quer comer biscoito perto da hora do almoço ou jantar, as vezes chora quando vou dar banho nela e chora mais ainda toda que vou lavar o cabelo dela, só que ela não só chora, ela grita e não pára fácil de chorar, além que fica toda mole quando vou pega-la. Também não obedece quando ela faz algo que pode se machucar. Se alguem (como minha irmã) falar grosso com ela, não obedece, mas chora gritando muito. Alem que ela não deixou de usar fraldas porque não quer usar o piniquinho, mas ela sabe para que ele serve. Ela é esperta, sabe que podemos briga por causa de algo, mas na hora que quer algo ou não quer, fica irritada e faz tudo isso que contei. E já coloquei de castigo sentada, mas só 1 vez funcionou e chorou muito ate se acalmar. Não sei o que fazer

    • 14/02/15 - 10h53

      Desculpe, na hora que digitei cliquei errado, filha tem 2 anos e 5 meses.

    • 01/03/15 - 12h17

      Jó, tudo bem?
      Vamos por parte. Realmente com essa idade ela já poderia estar sem fralda, mas isso não tem regra e cada criança tem seu tempo e precisa ser respeitado. É importante que a criança participe bem do desfralde e se sinta segura para tirar a fralda, o que não parece ser o caso dela.
      Quando ela grita vocês respondem com grito? Ela precisa de muito carinho para que vocês consigam aos poucos colocar os limites. É importante sempre que a criança se sinta extremamente amada! O amor é a base de tudo. Não se preocupe com a fralda nesse momento e sim com o fato dela não obedecer a nada. O choro no banho é comum. Meu filho que hoje tem 5 anos durante muito tempo chorou quando lavava a cabeça dele. Enquanto ele gritava pedindo para não lavar eu falava com ele que era importante e que ele precisava.
      Você assistiu aos vídeos de birra e grito do meu canal?
      Estou a disposição. Beijos

      • 01/03/15 - 16h52

        Boa tarde, agradeço pela ajuda. Eu falei que minha filha grita quando chora, mas é que quando ela chora, chora muito alto que não dar para me ouvi falando, parece que ela esta gritando. Mas nessa hora eu falo com calma, depois de várias tentativas aí que aumento meu to de voz dependendo da ocasião. Quando ela esta mexendo nas coisas, eu falo bem umas 10 vezes com calma e dizendo porque não pode mexer, mas de tanto ela insistir eu acabo falando alto, aí ela pára. As vezes ela se machucar e chora mesmo depois de eu tanto reclamar, mas em seguida ou no dia segiinte voltar a fazer a mesma coisa. Tem ocasiões que ela lembra que eu reclamei, repetindo o que eu disse,as é só nessas horas. Sei que tem que ter paciência e eu procuro sempre ter, mas é agoniante ver uma criança se pondo em risco subindo em lugares altos, pulando e não obedecer para que não aconteça nada, e eu estando ocupada nem consigo fazer as coisas direito, preocupada em o que ela esta fazendo.

        • 02/03/15 - 06h49

          Jó, entendo o seu desespero até porque não podemos deixar as crianças se colocarem em risco.
          Ela frequenta escola? Como é o comportamento dela com as outras pessoas sem ser você? Precisamos ver se o “problema” dela está relacionado a você ou se ela tem esse tipo de comportamento com todos.
          Já tentou buscar ajuda de uma profissional na sua cidade que possa fazer uma observação? Você é de que cidade?
          Chegou a ver os vídeos? Posso te indicar uns livros bem legais também…
          Beijos e obrigada
          Me inscreva! Se preferir pode mandar direto para o email.
          Boa semana
          Gabi

  38. Adriana Santos
    18/02/15 - 00h41

    Boa Noite , Tô precisando muito de ajuda não sei mais o que fazer. Tenho 2 filhos um menino de 5 anos e uma menina de 1 ano e 7 meses , estou tendo muita dificuldade na educação do meu filho o mas velho de 5 anos eu tento seguir de uma forma com sua educação minha mãe a vó faz ao contrario eu dou uma ordem ela vai la e libera me diz autoriza na frente dos meu filhos se brigo e boto de castigo ela vai e tira e fica brigando comigo na frente deles .Estou no meu limite o problema é que moro na casa dela mas a situação ta insuportável quando digo que vou embora ela fica dizendo pra o meu filho não ir comigo que vai fazer a cabecinha dele contra mim o que ta me doendo muito até meu filho chega pra mim e diz que eu não sou a mãe dele que quem manda nele é só a vó uma criança de apenas 5 anos tenho medo que a pequenininha tmb fique assim .Tô precisando de ajuda .
    Bjus
    Agradeço desde já.

    • 09/03/15 - 12h57

      Adriana, tudo bem?
      Desculpa a demora em responder. Os comentários de 18/02 só piscaram agora para mim. Desculpa! Será que ainda posso te ajudar?
      Nossa que situação. Você já tentou conversar com a sua mãe que assim não está legal para as crianças? Vocês precisam se entender e ter uma conversa. Ela não dá limites para o seu filho? Ele pode tudo quando está com ela?
      Os ponteiros precisam ser ajustados porque o maior prejudicado será o seu filho. Tente conversar com a sua mãe.
      Beijos, Gabi

      • Adriana
        09/03/15 - 15h23

        Obrigado por responder Gabi.
        Já conversei sim com a minha mãe mas ela n entende nem parece que teve filhos pequenos a situação é bastante complicada. Ela faz todos os gostos e agora quer fazer com a pequenininha .

        • 09/03/15 - 15h46

          Adriana,
          Não tem o que agradecer…
          É complicado mesmo…as crianças ficam muito tempo com ela? Realmente o ideal é tentar conversar mais com ela para ver se em algum momento ela cede.
          Estou a disposição. Pode me escrever, é um prazer!!
          Beijos, Gabi

  39. Valéria
    18/02/15 - 10h52

    Meu BB completou 1 ano, consegui tirar ele da cama, mas não consegui tirar a mamadeira da madrugada, até hoje não tive uma noite de sono desde que ele nasceu, as vezes me sinta exausta, pois trabalho período integral e ele vai para escolinha, mesmo quando ele não mama na madrugada acorda, resmunga e se eu não colocar a mão nele ele começa a chorar, dou leite na madrugada apenas 1 vez quando ele pede mais, dou chá ou agua, mas mesmo assim ele acorda muitas vezes… o berço dele fica no meu quarto, por esse motivo. Tem alguma dica para essa mãe desisperada?

    • 09/03/15 - 12h54

      Valéria, desculpa a demora mas seu comentário só piscou para mim hoje.
      Como andam as coisas por ai? Minha filha também demorou muito a dormir a noite toda. Se ele dormir com o seu marido também acorda?
      Pergunto isso porque algumas crianças choram a noite para ter o carinho da mãe, mas quando dormem só com uma outra pessoa param de fazer….
      Como é ai?
      Beijos, Gabi

  40. Marcilene Brandão de Jesus Pereira
    23/02/15 - 11h40

    Casei com um rapaz que tem dois filhos. As crianças moravam com a avó enquanto o pai trabalhava muitas vezes em outras cidades.A avó os criou sem regras enquanto a mãe não liga muito pra eles. E eles pensado que a melhor coisa do mundo é viver sem regras. Agora depois de dois anos de casados resolvemos trazê-los para morar com a gente só que eles não aceitam regras de jeito nenhum e quando colocamos de castigo eles começam a gritar. “Eu quero a minha mãe”. É uma cena horrível e lamentável. Não sei mais o que fazer para resolver esta situação. Me ajude por favor.

    • 01/03/15 - 12h10

      Marcilene,
      bom dia. Desculpa a demora em responder.
      A introdução de limites e rotina nas duas crianças terá que ser gradativa e com muito carinho. É difícil as crianças se acostumarem a uma nova rotina.
      Escolha um limite de cada vez para ser introduzido. Por exemplo pode começar com a hora de dormir. Regular o sono da criança poderá ajudar muito nesse processo.
      Como você tem feito?
      Beijos, Gabi

  41. Taiane Maquine
    26/02/15 - 00h09

    Bom dia. Gostaria muito de sua ajuda minha filha tem 3 anos e começou a estudar agora e estou tento muita dificuldade de lidar com as atividades escolar pois ela não gosta de fazer chora esperneia joga os lápis finge que dormir. Quando eu tento conversar ela tampa os ouvidos e fica falando outras coisas sozinha… Não sei mas lidar com essas situações já pedi ajuda das professoras só que lá ela faz as coisas direitinho…

    • 01/03/15 - 12h08

      Taiane,

      tudo bem? Você recebeu o email que eu te respondi?
      Beijos e obrigada

  42. mona natalie
    01/03/15 - 18h53

    Estou em estágio em uma escola pública no lugar de uma professora titular,notei no primeiro dia que a ajudante colocava as crianças no cantinho da disciplina e não achei certo.Me responda por favor:pode-se colocar no cantinho da disciplina na escola?

    • 02/03/15 - 06h46

      Mona,
      bom dia! Obrigada por procurar o Dicas pais e Filhos.
      Nesse caso preciso saber mais do contexto e não existe certo ou errado. Como a escola funciona normalmente? O comportamento dos profissionais tem que estar alinhados com a política da escola.
      Vou te dar um exemplo. A escola que meus filhos estudaram de educação infantil, isso jamais aconteceria. Na escola que eles estão hoje não tem cantinho da disciplina, mas caso a criança insista em não fazer dever de casa e outras coisas mais, eles perdem 3 minutos de pátio. Depende da situação, depende da idade….
      Quantos anos as crianças tem? Tem alguma supervisora que você possa conversar? Se está desconfortável não deixe passar em branco, busque ajuda na instituição para sempre fazer o melhor pelos seus alunos.
      Boa sorte e uma boa semana.
      Beijos
      Gabi

  43. thaina loureiro souza
    02/03/15 - 11h36

    Ola, Bom Dia !
    minha filha tem 5 anoa, ela não respeita ninguem, me responde o dia todo, vem em cima de mim para me bater, eu ja não tenho mais nenhuma paciencia com ela, a unica pessoa que ela respeita eo meu pai, não sei mais o que eu faço me ajudem !!!

    • 04/03/15 - 10h17

      Thaina,
      bom dia. Tudo bem?
      Como o seu pai lida com ela para que ela o respeite?
      Na escola ela tem o mesmo comportamento que tem com você em casa?
      Beijos e obrigada
      Gabi

  44. Luciana Maria
    05/03/15 - 16h09

    Ola, tenho um filho de 08 anos, estou tendo problemas com ele em relação a regras e a escola, ele só gosta de fazer o que ele gosta e do jeito dele, na escola copia o dever pela metade, e com letras horrorosas, em casa na hora do dever fica + de duas horas para fazer, fico nervosa e acabo perdendo toda paciência com ele, de forma bruta, já tirei os brinquedos, computador e etc, mas ele não liga, não curte muito jogo e não é muito em tecnologia o que me deixa preocupada também. Fico preocupada se ele tem algum disturbio, ou se ele vai crescer sem gostar de estudar, não por falta de incentivo, pois acabei de fazer minha segunda pós, adoro leituras e o pai também, procuro sempre incentiva-lo com livros, mas ele não liga, fala que quando crescer será lutador(tem mania disso), aliás deste muito novo, se cisma em brincar com algo fica com aquilo muito tempo, quando era pequeno gostou de dinossauros durante uns 5 anos, foi um custo tirar isso dele, pois adora ficar brincando disso. Vejo que outras crianças da idade dele, adora jogos, ele não gosta, prefere brincar com criança mais jovem, tipo 6 anos, de lutinhas e outras brincadeiras deste genero. EStou preocupada e as vezes acho que ele tem algum problema. Adora desenhar, montar lego, mecher com tintas, fazer nmontagem de desenhos, mas não liga para os estudos. Como fazer ele se interessar

    • 17/03/15 - 16h58

      Oi Luciana, tudo bem?
      Desculpa a demora em responder! Vamos começar pelos brinquedos e brincadeiras…
      Cada criança tem seu tempo e suas preferências. Não fique preocupada porque o seu filho não gosta de jogar, cada criança faz as suas escolhas. Meu filho tem 5 anos e adora brincar de lego e super herói. Nunca se interessou por dinossauros por exemplo. Tenho um sobrinho que tem horror a futebol e ele tem 7 anos, normalmente os meninos nessa idade só pensam em futebol…cada um vai fazendo as suas escolhas. Tente deixar o seu filho mais livre mesmo para escolher os brinquedos e brincadeiras, não se preocupe mesmo com isso.
      Como é o comportamento dele na escola? A professora consegue que ele faça as tarefas propostas? Acabei de preparar uma matéria que entra na próxima sexta feira sobre a tarefa de casa e acho que ela pode te ajudar um pouco.
      E se você deixar ele sozinho no quarto para fazer a tarefa, ele faz? Mesmo demorando, ele faz?
      Me conte um pouco mais e estou a disposição.
      Pode escrever sempre!
      Beijos, Gabi

  45. Ana Ruga Rodrigues
    06/03/15 - 18h00

    Boa Tarde eu sou solteira e tenho um filho de 3 anos e o pai dele não e presente
    Meu filho ele anda muito abusado,desobediente eu falo com ele mas ele não me obedecer já coloquei de castigo, tirei as coisas que mas gosta já conversei mas nada adianta parece que só piorar tudo ele quer se joga no chão fazer pirraça na escola eu só tenho reclamações dele que ele não obedece não quer fazer as atividades. Eu já não sei oque fazer alguém pode me ajudar por favor porque eu já não sei mas oque fazer

    • 09/03/15 - 15h55

      Ana,
      Boa tarde! Obrigada por escrever e acompanhar o Dicas Pais e Filhos.
      Ele sempre foi assim? Você já assistiu ao vídeo da Birra do meu canal do Youtube? Acho que você precisa fazer pequenos combinados com ele e ver como funciona. As vezes, realmente parece que nada funciona, mas fique tranquila, ele é apenas uma criança. Dê muito amor e carinho, normalmente quando estão mais mal criados, mais amor estão precisando receber…parece doido, mas eles estão inseguros quando se comportam dessa maneira.
      Na escola ele sempre deu problema? O que pode ter mudado para ele estar assim?
      Me escreve, estou a disposição.
      Beijos, Gabi

      • Ana Ruga Rodrigues
        09/03/15 - 18h33

        Boa Noite Gabi primeiro muito obrigado por me ajuda olha ele nunca deu problemas na escola ele sempre foi tranquilo sempre fazia as atividades mas dos tempos pra cá não vem querendo fazer nada só quer fazer pirraça se joga no chão.
        Ele sempre foi de fazer pirraça nunca quis obedecer só que agora só vem ficando pior não sei se é por falta do pai porque ele é muito carente de pai sempre foi assim se ele gosta das pessoas a qual eu me envolvo ele chama de Pai ou se ele pode estar assim por ciúmes do meu irmão de 1 ano porque ele sempre foi o centro das atenções só que depois que meu irmãozinho nasceu ele mudou muito. Ja não sei mas oque fazer sempre que vou brincar eu brinco com os dois dou o mesmo Amor e Carinho pros dois só que meu irmãozinho e muito agarrado comigo. Me ajuda por favor porque já não aguento mas.

        • 16/03/15 - 16h10

          Olá Ana, tudo bem? Não tem o que agradecer, fico muito feliz em poder ajudar.
          Como na escola eles contornam a situação dele se jogar no chão?
          Acho que que você dedicar um tempo mais só para ele sem o seu irmão por perto. É possível?
          Ele precisa do tempo seu e dele, me entende? Está pedindo atenção e um olhar para ele…
          Experimenta fazer algum programa só com ele, ou brincar mais só com ele. Isso é possível?
          Depois me conta e estou a disposição!!
          Beijos, Gabi

  46. Andressa Goes
    08/03/15 - 00h03

    Olá, adorei o blog, parabéns!estou desesperada…tenho uma filha de 2 anos e 4 meses e estou tendo muito trabalho para ela dormir. Ela grita, chora, chuta o berço..eu fico pedindo para ela não fazer mas não adianta..já tentei brigar, brincar, conversar, bater..mas cada dia está pior..eu não sei mais o que fazer..

    • 09/03/15 - 12h49

      Andressa,
      Que bom que gostou do blog. Obrigada!
      O que ajuda muito a criança a se acalmar para dormir é uma rotina antes. Aqui em casa aviso que está chegando a hora de dormir e depois fazemos o “ritual”. Escovar dente, lavar rosto, trocar de roupa, lemos um livro (nem sempre) e rezamos juntos. Também reclamam antes de dormir mas dormem. Todos os dias tudo isso é feito no mesmo horário e eles acordam no mesmo horário para facilitar a rotina.
      Você já pensou em tirar a sua filha do berço e colocar na cama?
      Como é a sua rotina para ela dormir? Me conta mais um pouco….
      Me escreve, é um prazer.
      Beijos, Gabi

  47. Daniele souza
    13/03/15 - 16h23

    Boa tare? Gostei muito do blog. Eu mim chamo Daniele eu tenho uma filha de 6 anos e ela é muita desobediente e não vou mentir eu dava sim uns tapa nela mais não adiantava então resolver mudar parei de bater e comecei a botar de cartigo sem ver TV sem celular e sem brincar com as amiginha mais não adianta pq a minha sogra a vó dela faz toda a vontade dela e não sei mais o que fazer pq moro com a minha sogra estou muito triste pq não tenho liberdade para criar a minha filha do meu jeito pq a vó da minha filha se mete em tudo não aguento mais não sei o que fazer com a minha filha e com a minha sogra por fazor responda o que devo fazer para mim ajudar a criar a minha filha do meu jeito sem a entromicao da minha sogra. Muito obrigado por mim ouvir

    • 16/03/15 - 16h08

      Olá Daniele, tudo bem? Obrigada por estar aqui no Dicas Pais e Filhos e fico muito feliz que tenha gostado do blog.
      É muito comum esse tipo de problema. Recebo muito emails com problemas com a sogra e também com as avós maternas. Tem muita avó por ai que desautoriza a mãe e isso realmente não é legal para a criação da criança.
      Você já tentou conversar com a sua sogra? Você fica o dia todo fora de casa e a sua sogra fica com ela?
      Quando a sua sogra não está por perto, ela te respeita? É preciso realmente que a sua filha entenda que quem educa é você, mas fica complicado quando a avó está ao lado mudando tudo….
      Na escola a sua filha obedece aos professores? Como o seu marido se comporta nisso? Acho que ele é que pode mais ajudar porque precisa ter uma conversa com a mãe e vocês fazerem combinados sobre a educação a filha de vocês.
      Estou a inteira disposição e pode me escrever sempre, adoro!
      Beijos, Gabi

  48. Danielle alves
    27/03/15 - 01h12

    Tenho um filho de 7 anos mas ele não quer ir para escola não me obedece faz uma pirraca está muito agressivo fala que não quer fica na escola porque não gosta da escola e nem da professora será que é porque mudei ele de colégio ele estudou em um colégio desde 2 anos e agora mudei ele de colégio será que ele está sentindo falta mas tbm não pode encostar nele que ele chora me ajuda por favor mas ele faz tratamento de nervo me ajuda…

  49. michelle Soares
    31/03/15 - 15h15

    Boa Tarde
    Meu nome e Michelle tenho tres filhos uma menina 11 anos, Pedro 6 anos e Arthur 2 anos e 3 meses.
    Estou tendo problemas com o Arthur ele começou na creche integral nao faz nem um mes, e la me disseram que ele nao come nada e que chora e se joga no chao se tentam dar comida pra ele.
    Ai eu mandei um potinho que ele come frutinhas em casa,e agora pelo menos a frutinha ele esta comendo mais as mau criaçoes continuam me ajude. Obrigado

    • 02/04/15 - 12h34

      Michelle,
      boa tarde! Tudo bem? Ele antes da creche integral já estava na creche? E em casa ele tem comido normalmente?
      Preciso entender se o problema dele só está na creche ou se ele não está comendo nem em casa…
      Estou a disposição.
      Beijos e boa Páscoa

  50. janaina mariano
    13/04/15 - 20h52

    Oi…minha filha tem 2 anos e meio e de uns tempos pra ca esta ficando dificil lidar com ela,ela ja acorda dizendo ñ pra tudo qd alguem fala com ela ela aponta o dedo e faz cara de brava..ñ aceita minhas ordens a ñ ser qd falo alto com ela dai ela obedece e faz chorando
    Sempre foi carinhosa e agora ñ quer dar beijo nem nos avós ,parece q ta sempre de mau humor
    Ele pede as coisas e qd vou buscar e dar a ela ,ela diz q não quer… muito dificil manter a paciência
    As vezes ela ta com fome e não come pra não dar o braço a torcer!
    Acho isso td muito estranho pra uma criança de 2 anos
    O que devo fazer?isso é normal?devo procurar ajuda?
    Me ajudem por favor….

  51. jaqueline Sousa Campos da Silva
    18/04/15 - 15h02

    Olá, boa tarde! Eu tenho um filho de 07 anos e ultimamente ele tem dado trabalho na escola. A professora disse que ele é um menino muito inteligente e educado, mas brinca muito e conversa na hora de fazer as tarefas de sala. Com isso ele fica sem ir ao recreio para terminar todas as tarefas, e ele só consegue terminar porque a professora fica o tempo todo em cima dele. As vezes ele também fica com brincadeiras de mal gosto com os colegas. Já conversei com ele diversas vezes sobre como tem que ser o comportamento dele na escola mas ele disse que esqueçe aquilo que conversamos. Não sei mas o que fazer ele é um menino muito bom. Por favor me ajuda!!! Obrigada..

    • 19/04/15 - 22h01

      Jaqueline,
      Boa noite. Tudo bem? Obrigada por estar aqui.
      Algumas crianças nessa fase dão trabalho com escola, vejo pela turma da escola da minha filha, ela faz 7 anos essa semana.
      O ideal é pedir ajuda a pedagoga na escola…a escola consegue te ajudar? Porque como a questão é mais na escola vale a pena contar com essa ajuda.
      Depois me conta como ficou.
      Beijos e boa semana Gabi

  52. silvia
    22/04/15 - 11h36

    Bom Dia!
    Meu filho tem 11 anos, esta mais ou menos com 2 anos que vem dando muito trabalho na escola, não presta atenção nas aulas, não obedece o professor, não quer fazer as tarefas, insulta com os colegas e sempre sua amizade é com meninos mais danados, ele não gosta de criança quieta, só levada. Não sei mais o que fazer. Quase todos os dias ligam da escola, dizendo que ele fez isso, fez aquilo. Me ajude por favor!! grata.

    • 02/05/15 - 23h12

      Oi Silvia, boa noite, tudo bem?
      Acho que o ideal é você procurar um especialista para entender de perto o que está acontecendo. A escola não indica ninguém?
      Ele em casa é obediente? Faz as tarefas de casa?
      Beijos e obrigada
      Gabi

  53. isabela
    24/04/15 - 20h44

    Oi, meu filho acabou de fazer 7 anos esta no 2 ano na escola, mas esta com baixo rendimento, alem disso n obedece conversa e brinca na aula, briga, joga agua nos colegas, todo dia recebo reclamação, levo ele na praça ele xinga os colegas, eu tiro o que ele gosta, deixo de castigo ele pede desculpa no outro dia faz a mesma coisa, em casa ele e obediente, só fala o tempo todo, eu trabalho o dia todo ele fica em casa com o pai qd n esta na escola, mas n sabemos mais o que fazer com ele, me dê alguma dica.

    • 02/05/15 - 23h07

      Olá Isabela, boa noite, tudo bem?
      Você já foi na escola conversar com eles sobre o que pode ser feito?
      Sempre nesses casos indico procurar um especialista para poder analisar o caso de perto e ver o que precisa ser feito.
      Sou mãe igual a você e estou estudando ainda…é sempre bom ouvir um especialista e uma pessoa que possa ajudar de perto.
      Ele é filho único.
      Beijos e obrigada
      gabriella

  54. Andreia de Oliveira
    25/04/15 - 22h11

    Meu filho tem 8 anos e está muito desatento na escola e em casa também … Quando perguntamos o que está acontecendo se precisa de ajuda, ele diz que não e diz que esquece dos combinados. A professora disse que ele faz a lição de qualquer jeito, sem se importar se está certo ou não, para poder ficar conversando. Ele é carinhoso e educado tanto em casa como na escola. Em casa só faz a lição se eu ficar em cima, ama jogar video game. Gostaria da sua ajuda com regras e horários pra cada coisa e saber de qual forma devo agir com o que está acontecendo. Agradeço desde já e parabenizo pelo lindo trabalho.

    • 02/05/15 - 23h10

      Andreia, muito obrigada pelo carinho e pelos parabéns. Fico realmente muito feliz quando recebo comentários no blog e mais feliz ainda quando posso ajudar outras mães.
      Se o problema está crítico sempre vale a pena procurar um especialista para acompanhar de perto e ver o que pode ser feito. Mas quanto a rotina, o ideal é colocar horário nas atividades que ele tem que fazer.
      Aqui em casa por exemplo em não deixo vídeo game, jogo eletrônico de segunda à sexta. Só realmente no final de semana e com tempo marcado, acho que o vídeo game agita muito a criança e eles passam a querer fazer tudo correndo para jogar. Você coloca alguma restrição para o uso de vídeo game?
      E na escola eles sugerem alguma coisa que você possa fazer? Acho que a escola também pode te ajudar afinal de contas está todos os dias com ele.
      Beijos, Gabi

  55. Ana Sampaio
    01/05/15 - 14h22

    Boa tarde. Hj estou especialmente preocupada. Tenho um menino de 4 anos e ele é muito esperto. Estou tendo dificuldade para que ele obedeça e cumpra as regras do dia dia, como por exemplo tomar banho, dormir enfim, ele nunca faz as coisas qdo pedimos, quer fazer no tempo dele. Como não concordo tento conversar, explicar mas quase sempre término dando uma palmada. Ele já disse várias vezes que gosta mais do pai, da avó ou da tia. Isso está me deixando angustiada. Estou tentando o cantinho da disciplina mas ele n se importa de ficar lá sentado, já tirei alguns brinquedos preferidos, mas n vi muita mudança. O que vc diz a respeito??? Obrigada!! Abraço

    • 02/05/15 - 23h14

      Olá Ana, boa noite, tudo bem?
      Nessa idade as crianças estão mesmo testando os limites o tempo todo e ele sabe exatamente o que falar e fazer para te deixar chateada e nervosa. Você já experimentou ter uma rotina mais rígida com os horários para ver se para ele fica mais fácil? Às vezes as crianças obedecem mais com as rotinas bem definidas.
      Ele está na escola?
      Beijos, Gabriella

  56. juliana
    06/05/15 - 23h35

    Tenho dois filhos uma 3 e um rapazinho de 2 anos. Tô sofrendo muito com as brigas dos dois já não sei mas o que fazer me ajude por favor

    • 13/05/15 - 14h58

      Juliana, boa tarde. Tudo bem? Qual é o mais velho a menina ou o menino?
      Eles brigam por tudo todos os dias?
      Algumas dicas básicas podem te ajudar, mas não conheço bem o caso.
      – não rotule nem compare as crianças
      – separe um tempo na sua rotina para ficar com cada um deles separadamente. Essa é a que mais funciona aqui em casa. Eles na maioria das vezes acabam brigando por ciúmes e quando fico um tempo com cada um separadamente dá uma boa amenizada. Às vezes é uma simples brincadeira em casa.
      – Não tome dores de filho algum nas brigas. Seja o mais imparcial possível. Aqui em casa ajudo eles a administrarem o conflito e se entenderem.
      – Não obrigo ninguém a emprestar, dividir e etc…tento sempre promover a união e a solidariedade, mas não forço nada.
      – Cada um precisa do seu espaço. Não quarto separado, mas poder brincar sozinho, ficar sozinho…
      A sua diferença de idade é bem próxima como a daqui de casa, será que um não está com muito ciúmes do outro?
      Espero ter ajudado e estou a disposição.
      Beijos, Gabi

      Obs: Lembro sempre que sou mãe e estudante. A análise do especialista é sempre de fundamental importância.

  57. josy campos
    13/05/15 - 12h15

    ola minha querida preciso muuuito da sua ajuda…tenho um bebe de 2 anos e ele e muito agressivo bate nas crianças adulto,cospe,belisca e chora sem motivos, coloco ele na cadeirinha passa horas chorando,e eu estou a ponto de enlouquecer nao sei mais o q fazer…por favor me ajuda…bjs

    • 13/05/15 - 14h51

      Josy,
      Boa tarde. Obrigada pelo email. A criança nessa idade de 2 anos não entende ficar na cadeirinha horas…
      Desde quando ele começou esse comportamento mais agressivo? Você chegou a procurar um especialista na sua cidade? Sempre vale a pena pegar a opinião de um especialista que possa olhar ele de perto.
      Uma dúvida que faz bastante diferença…ele se comunica bem? Fala? Porque as vezes as crianças que tem esse comportamento agem assim porque estão com dificuldade de se comunicar.
      Ele dorme bem? Me escreve. Se preferir pode mandar para gabriellabrandao@dicaspaisefilhos.com.br
      Beijos, Gabriella

  58. Flávia
    14/05/15 - 02h39

    Olá, tenho dois filhos, um de 9 anos , que sempre foi muito tranquilo e um de 3 anos, que não consigo colocar limites de forma alguma. Na escola ele vive na coordenação por não obedecer a professora, ele não é agressivo em nenhum momento, mas não consegue obedecer aos comandos. Sempre faz algo diferente. Já tentei palmada, cantinho do pensamento, já tirei coisas que ele gosta qd chega da escola, mas não tem resolvido. Estou muito preocupado pq sei que crianças assim ficam pelos professores. Tem alguma outra dica???Sei bem o que os professores sentem pois tb sou professora. Aff Obrigada

    • 15/05/15 - 12h58

      Oi Flávia, tudo bem?
      Obrigada por estar no blog. Você já pediu orientação na escola? Vale a pena ouvir a opinião de um especialista que possa acompanhar ele um pouco de perto.
      Ele sempre teve esse comportamento? Pode também estar querendo chamar atenção para ele. Eu procuraria a orientação de um especialista, será que a escola pode indicar alguém?
      Beijos e obrigada, Gabi

  59. isabella lins
    20/05/15 - 09h58

    Ola bom dia!Eu tenho um filho de três aninhos tudo o q ele quer tem q ser na hora,grita,chora muito que me deixa irritada,só quer dormir tarde,Cosme,joga as coisas não consigo controlar.como devo ajeitar esse mal comportamento dele?!

    • 23/06/15 - 16h44

      Isabella,
      boa tarde. Desculpa a demora em responder, mas viajei e acabei não dando conta.
      Seu filho sempre foi assim? A birra é um movimento natural da criança e eles querem tudo para ontem!
      O que eu faria primeiro é estabelecer uma rotina na vida dele, ele tem rotina de horários? Está na escola?
      Estou a disposição.
      Beijos, Gabi

  60. Sueldo
    01/06/15 - 05h39

    Tenho uma intiada que considero como minha filha ela tem 5/anos e esta de um jeito insuportável ela esta agredindo a própria mãe e me agride também, não obedecê e acha que ela é a certa e que sabe tudo mente para nós e maltrata os colegas recriminado as coisas que eles fazem. Quando a mãe esta perto de mim ela quer que eu faço o mesmo que faço com a mãe dela. Estou em uma situação horrível gosto muito dela mas a mãe esta desesperada. Tudo a mãe passa a mão mas agora ela esta vendo a situação e não sabe o que fazer. Fico preocupado com minha esposa.gostaria fe uma dica. Se eu colocar de castigo mais a mãe tem pena e passa a mão. Ajude-me!!!

    • 23/06/15 - 16h41

      Sueldo, obrigada pela mensagem e desculpa a demora em responder.
      Uma dúvida…ela pode fazer tudo que ninguém coloca limite? Apesar dela fazer tudo com a mãe, ninguém conversa com ela?
      Na escola ela também agride a professora e os amigos? Dá uma conversada com a mãe porque ela precisa de limite, é preciso entender porque ela está tendo esse tipo de comportamento.
      Beijos, gabriella

  61. Roberta
    19/06/15 - 21h38

    Boa noite!! Estou sem saber mais o que fazer, tenho uma filha de 3 anos e sempre ao sair da escolinha ela briga p poder ir com as coleguinha para a casa delas.. Hoje mesmo chegou a fazer pirraça e rolar no chão para ir com a coleguinha.. Qualquer coleguinha.. Ela agarra na mão da coleguinha e quer ir de qualquer jeito para a casa da coleguinha.. Isto está me preocupando muito já não sei mais o que fazer ou o que pensar.. Me ajude!!!!????

    • 23/06/15 - 16h38

      Oi Roberta, boa tarde. Tudo bem?
      Ela está fazendo isso desde quando? Ela tem o hábito de brincar e encontrar com as coleguinhas fora da escola?
      Nesse caso pegue ela na escola e leve para casa sem muita conversa naquele momento, ela provavelmente está percebendo que você fica com vergonha e continua fazendo. Pode ser uma fase….
      Beijos, Gabi

      • Roberta
        23/06/15 - 16h43

        Gabi boa tarde!! Ela foi algumas vezes depois da aula para casa de algumas coleguinha brincar, por ela ser filha única fiquei com dó e deixei mas não imaginei que ela iria ficar tão obcecada para ir direto.. Estou preocupada com isso. Obrigado por responder! Abraços Roberta.

        • 23/06/15 - 21h32

          Oi Roberta, boa noite! Tudo bem?
          Combina com ela o dia que ela vai poder brincar com a amiga e convida a amiga para ir na sua casa. Será que ajuda?
          Beijos, Gabriella

          • Roberta
            23/06/15 - 23h55

            Boa noite Gabi! Ajuda sim muito obrigado por me responder o problema é que agora tenho receio.. Não estou querendo deixar mais.. Depois dos episódios que andaram acontecendo e essa obcesao toda.. Estou tentando controlar mas tá muito difícil.. Obrigado!!

          • 24/06/15 - 11h40

            Oi Roberta, que bom que ajudei. Qualquer coisa me escreve.
            Beijos Gabi

  62. Gyselle
    23/06/15 - 23h11

    Olá! Preciso de ajuda. Meu filho tem quase 9 anos e desde os 7 anos tem se comportado como criancinha. Ele fica dando gritinhos e às vezes se comporta como bebê. Ele é uma criança adorável e muito carinhosa e eu também sou muito carinhosa com ele. Eu já conversei com ele várias vezes que esse comportamento não é mais para uma criança de 8 anos. O quê eu faço?

    • 03/07/15 - 21h50

      Gyselle,
      Boa noite, tudo bem?
      Como ele se comporta na escola? Esse comportamento é só quando está com você?
      Vale uma conversa na escola.
      Beijos e estou a disposição
      Gabi

  63. Luiza belmonte
    24/06/15 - 00h30

    Boa noite não sei mais oque fazer meu filho está com dez anos e sou casada com uma pessoa que não e pai dele e não se tem respeito nem comigo e nem com ninguém não sei mais o que fase se Bato mão adinata se coloco de castigo não adianta se converso não adianta não sei mais oque fazer. Me ajudem pelo amor de Deus

    • 02/07/15 - 14h18

      Luiza, boa tarde.
      Obrigada pelo comentário. Gosto sempre de esclarecer que não sou psicóloga. Adoro ajudar as mães com dicas e contar um pouco sobre o que faço com os meus filhos. Há 2 anos faço pedagogia e psicopedagogia para me aprofundar ainda mais nesse mundo tão fascinante. O comportamento do seu filho sempre foi assim? Como ele é na escola?
      O ideal seria procurar um especialista ai perto para acompanhar o caso. Acho sempre legal ir na escola conversar porque a escola conhece bem o seu filho e tem profissionais especializados que podem ajudar a família. Você já tentou buscar ajuda na escola?
      Estou a disposição.
      Beijos, Gabi

  64. Luciana
    26/06/15 - 09h55

    Ola…tenho um menino com quase 4 anos e há mais de 1 ano perdi o controle,não sei mais o que fazer para corrigi -lo,para que obedeça….ele faz muita pirraça,grita,joga coisas no chão,bate portas e agora começou a se bater quando chamo a atenção dele.Confesso que por ter pouca paciência e jeito com crianças,grito e dou tapas na bunda.Ele é pequeno,não entende muita coisa,morro de remorso.Ele desafia,afronta e testa meu limite e do pai dele.Preciso de uma luz….queremos fazer terapia familiar,mas é caro…estava pensando em levar meu filho primeiro e ver se tb quem mais precisará fazer.

    • 03/07/15 - 21h49

      Olá Luciana, boa noite. Tudo bem?
      Obrigada pelo comentário. Gosto sempre de esclarecer que não sou psicóloga. Adoro ajudar as mães com dicas e contar um pouco sobre o que faço com os meus filhos. Há 2 anos faço pedagogia e psicopedagogia para me aprofundar ainda mais nesse mundo tão fascinante.
      Como ele fica na escola? A terapia em família é bem legal, mas pelo menos aqui no Rio normalmente a criança faz e o terapeuta dá retorno aos pais para acompanhar o caso. Vale a pena conversar com um especialista para saber o mais indicado. Realmente normalmente é caro mas o resultado com criança é mais rápido que com o adulto e também pode ser que vocês estejam precisam de uma orientação e nem precise chegar a terapia.
      Que tal conversar na escola? Pode ser que a escola indique um bom profissional ou dê dicas para vocês do que pode ser feito.
      Estou a disposição.
      Beijos, bom final de semana
      Gabriella

  65. JANETE ALLEBRANDT
    30/06/15 - 10h34

    Bom dia!
    Estou tendo problemas com a minha filha de 05 anos..ela é muito grudada em mim…e chorona,chora por tudo. E agora ela não quer ir na creche,chora dizendo que quer ficar em casa comigo.Explico que eu e o pai dela temos que trabalhar para poder dar as coisas pra ela pra nós…mas mesmo assim ela fica chorando na creche.Saio com coração apertado.Ja prometemos levar ela no shopping nos brinquedos,pra comer batata frita que ela adora.já coloquei ela de castigo,tirando a tv e jogos dela,mas nada ajuda.Ela só dorme comigo também.O que posso fazer pra melhorar isto? Desde já agradeço.Abraço; Janete

    • 03/07/15 - 21h46

      Janete,
      boa noite. Tudo bem? Como ela fica na creche depois que você vai embora? Acho que vale a pena tentar não apresentar nada em troca, nem castigo nem “prêmio”. Falar que vocês precisam trabalhar, dar beijo, carinho e sair. As vezes é apenas questão de tempo. Ela precisa sentir segurança em vocês para ficar bem. Quanto a dormir na cama, é uma opção de vocês ou está incomodando? Pergunto isso, porque não gosto de dizer certo ou errado, são opções do casal. Se estiver incomodando e quiserem mudar, podemos pensar em estratégias.
      Beijos e bom final de semana
      Gabi

  66. 30/06/15 - 19h04

    Ola adorei as dicas
    mais to tendo serios problemas
    tenho dois filhos um de 6e um 8anos os dois brigam o tempo todo o mais velho vive inrritando o mais novo e sempre acaba em briga td q os doidos fasem E o mais velho n tem respeito com ninguem briga mt na escoala com coleguinhas e n me obedeci de jeito nenhum vive o tempo td me chamando d chata se vou chama atencaoo dl vem e fl q so chata quer bater na tia dl de 17anos n sei mais oq faso ja a mais respeito aki em cs
    por favor me ajude

    • 02/07/15 - 14h15

      Leiliany, boa tarde.
      Obrigada pelo comentário. Gosto sempre de esclarecer que não sou psicóloga. Adoro ajudar as mães com dicas e contar um pouco sobre o que faço com os meus filhos. Há 2 anos faço pedagogia e psicopedagogia para me aprofundar ainda mais nesse mundo tão fascinante. No seu caso acho que seria legal uma boa conversa na escola já que ele também está brigando na escola. Veja se na escola eles não te indicam um especialista para te ajudar de perto.
      Você já foi chamada na escola alguma vez?
      Estou a disposição
      Beijos, Gabi

  67. 02/07/15 - 22h34

    Tenho duas entiadas de 8 anos cuido delas com a mãe desde os 4 anos tento fazer o melhor elas sempre foram muito difíceis elas respondem na frente das pessoas ao obedecem respondem tento dar castigo eu e a mãe tiramos a tv já tiramos brinquedos e damos ou levamos a shopping quando elas merecem e agora minha esposa ta grávida e hoje umas delas estávamos falando q era pra ir de castigo pq estavam respondendo e não obedeciam começou a gritar e quis bater na mãe perdi a cabeça e dei duas cintadas só assim ela parou e ficou quieta não sei mais o q faser preciso de ajuda minha mulher está grávida e tb tem muitos problemas de saúde e não pode passar por essa situação alguém pode me ajudar

    • 03/07/15 - 21h40

      Olá, boa noite. Tudo bem?
      Recebeu a minha resposta por email?
      Respondi a mensagem que me mandou offline.
      Beijos e bom final de semana
      Gabriella

  68. Daniela
    10/07/15 - 20h23

    Oi eu preciso de muito mas muito sua ajuda meu filho está com 6 anos está na primeira seria e a professora reclama muito dele ele não obedece na sala de aula fica correndo vai ao banheiro e não volta entra no banheiro das meninas não faz as lição joga o material dele no lixo e joga o material dos amigo no chão choro por qualquer motivo me ajuda eu não sei mais o que fazer em casa ele obedece mas não escola ele é simplesmente outra criança por favor me responda

    • 13/07/15 - 19h06

      Daniela, boa noite.
      Tudo bem? Você recebeu meu email com a resposta?
      Beijos, Gabi

      • Daniela
        15/07/15 - 18h12

        Não chegou ainda bjs

  69. karina alves
    03/08/15 - 21h07

    oi boa noite tenho uma filha de 11 anos que e muito rebeude e bate de frente comigo ja nao sei oque fazer mais

    • 04/08/15 - 15h45

      Karina, boa noite. Tudo bem?
      Ela sempre foi assim? Procure ver na escola como ela é.
      Estou a disposição.
      Beijos, Gabriella

  70. Paula
    05/08/15 - 17h20

    Olá, boa tarde!
    Tenho um filho de 2 anos e 7 meses, e é muito teimoso. Quando o nome dele para ir tomar banho, tirar a roupa….. ele nem olha, vou lá e pego pelo braço sempre. Quando digo uma palavra ele sempre discorda, dizendo que é sempre do jeito que quer. Nunca obedece quando digo para não fazer isso ou aquilo. Bate, e acho que é porque perco a paciência e o dou palmadas. Tem mais, quando quer fazer cocô, só faz se colocar fraldas, ja ficou 2 dias porque fiquei levando-o para o sanitário (troninho, pior ainda). Me ajude, amo tanto meu filho e depois tenho muito arrependimento de puni-lo dando palmadas. Bjusssss!!!!

    • 07/08/15 - 09h12

      Paula, bom dia! Tudo bem?
      O seu filho está na escola? Essa questão do banho ou das coisas que você pede o ideal é não entrar de frente com a criança. Ir falando que estão indo para o banho e já irem caminhando para agilizar o processo. Se ele ficar gritando você continua conversando no seu tom e as vezes até o distraí com outro assunto. Não funciona de imediato, mas acredite que funcione. A dificuldade de nós mães é que na maioria das vezes entramos numa “disputa” com a criança e quando nos damos conta também estamos gritando. Isso não é legal.
      Quando ao cocô, como foi o desfralde dele?
      Beijos, Gabi

      • Paula
        10/08/15 - 13h15

        Respondendo a sua pergunta do dia 07/08/2015 | 09:12
        Meu filho usa a fralda para ir para escola (me período), quando vai dormir a a tarde e a noite somente, ele sabe que tem que ir ao banheiro fazer xixi, e as vezes vai, mas ultimamente faz na roupa e depois diz que “quer fazer”. Mas na hora do cocô, só faz na fralda ( ele implora e termina passando a vontade se eu não colocar).

        • 10/08/15 - 14h13

          Paula, tudo bem? Obrigada pela resposta.
          Ele está com 2 anos e quantos meses? Eu quando fiz o desfralde aqui de casa tirei primeiro durante o dia e depois tirei da noite. E no dia que comecei a tirar de dia não coloquei mais em nenhum momento durante o dia e funciona. A escola pediu para manter a fralda enquanto ele vai à escola? Porque o ideal é que na escola também te ajudem a desfraldar.
          Beijos, Gabi

  71. JAQUELINE APARECIDA FRANCO TEIXEIRA ALVES
    06/08/15 - 14h18

    OLÁ TUDO BEM?
    TENHO UM FILHO DE 4 ANOS,O JOÃO LUCAS,E EU ESTOU ENFRENTANDO MUITOS PROBLEMAS COM ELE NA ESCOLA.ELE ANDA MUITO AGRESSIVO,NÃO OBEDEÇE OS PROFESSORES E ACHA QUE TUDO É DO JEITO DELE.JÁ O PASSEI POR PSICÓLOGO E NADA ADIANTOU.E JÁ NÃO AGUENTO MAIS TANTA RECLAMAÇÃO…SÓ QUERIA VÊ-LO BEM.POR FAVOR,ME DÊ UMA DICA DE O QUE POSSO FAZER PARA TENTAR AJUDÁ-LO.COMO POSSO AGIR DIANTE DESTE PROBLEMA?DESDE JÁ AGRADEÇO PELA ATENÇÃO E MUITO OBRIGADA.

    • 07/08/15 - 09h10

      Jaqueline,
      bom dia! Tudo bem?
      Quanto tempo ele ficou no psicologo? A escola orienta você a procurar algum profissional?
      Ele tem esse comportamento desde quando? Aconselho sim procurar um especialista para ajudar a entender de onde vem essa agressividade? O ambiente que ele vive é uma ambiente tranquilo?
      Os profissionais ajudam muito a família. Se você achar que não vale procurar outra pessoa nesse momento, pede ajuda a escola. Tem que ser alguém que esteja bem próxima dele. A agressividade dele é em relação a tudo?
      Beijos. Gabi

  72. Mariangela
    07/08/15 - 03h08

    Meu namorado sempre chama a atenção do filho dele e logo depois pede desculpas ou agrada ou promete castigado por algo errado que fez e não crumpe. digo a ele que ele está errado, Mas ele não sem escuta. Quem está errado eu eu ele. Como ele deveria agir?

    • 07/08/15 - 09h02

      Mariangela,
      bom dia! É preciso ter uma coerência no processo de educação da criança. Se você combinar alguma coisa com a criança, você deve cumprir o combinado.
      A criança tem que acreditar no adulto e não deixar a palavra cair em descrédito.
      Beijos, Gabriella

  73. Livia
    07/08/15 - 08h22

    Oi tenho uma neta de 11 anos e jogava muito online e descobrimos que estava se comunicando com um rapaz de 16 anos , até namorando mesmo online , seus pais são separados , e a mãe dela e minha filha , como minha neta quero.a muito um celular antes disso tudo dei de presente um celular para ela , com esse acontecimento seu pai tirou tudo dela , jogos online ( isso achei certo ), televisão , celular ( celular só com 16 anos ) já tem 2 meses que está nesse castigo , agora minha filha resolveu liberar o celular dela com regras e o que estava acontecendo e que todas as amigas comunicavam no WhatsApp e ela ficando de fora , já explicamos que fez errado , prometeu que não vai mais fazer que sabe que errou , mesmo assim seu pai ficou furioso e não quer liberar o celular pra ela , ai fico imaginando , quando vai para casa de coleguinha brincar tenho que pedir para desligarem o Wi-Fi? Não concordo acho que jogos online está certo não liberar mas celular , temos que conversar e Monitorar , qual a atitude mais correta ?

    • 07/08/15 - 09h07

      Livia,
      bom dia! A situação é bem complicada e também ficaria na dúvida do que fazer. Gosto sempre de lembrar que não sou psicologa e ainda estou estudando para me tornar psicopedagoga, tenho alguns anos de bagagem de estudos em relação a criança, mas ainda não sou formada. Os jogos online proibiria mesmo de cara para evitar outras situações. Na verdade é difícil dosar a mão. O problema é que cortando só os jogos ela pode continuar mantendo esse contato com o rapaz de 16 anos. Acho que tem que se conversar muito com ela dos perigos da internet para evitar que esse tipo de coisa aconteça novamente. Também tenho visto muitos pais com problemas em relação ao whattsapp. Essa questão de tecnologia tem que ser muito bem controlada e a criança tem que ser orientada. Sempre acredito que o sucesso está em muito diálogo também porque a criança precisa tomar consciência dos perigos.
      Beijos, Gabriella

  74. Daniele Soares dos Santos Mascarenhas
    11/08/15 - 21h14

    Olá. Tenho 1 filho de 3 anos e 2 meses, chama-se Enzo. Estamos vivendo uma fase terrível em que Enzo tem desobedecido bastante, tem sido agressivo, pirracento e tem batido, mordido e cuspido a mim e a babá. Tenho tentado todas as dicas que obtenho: Converso com carinho, repreendo com carinho, explico o que deve e o que não deve fazer, informo das penalidades que sofrerá caso continue cometendo o erro, tiro o direito de ver desenhos e brincar com os brinquedos que mais gosta, como também recompenso quando se comporta e obedece. Coloco no cantinho da disciplina, mas não tem ficado e acabo tendo que segurá-lo para mantê-lo lá. Neste momento é quando ele se torna agressivo com o intuito de se libertar do castigo, me batendo, chutando e até cuspindo. Tenho feito realmente de tudo, inclusive já dei umas palmadas em algumas ocasiões e ele simplesmente me revidou. Ele já até arremessou pedra na sua babá. O pai consegue um maior controle, mas mesmo assim tem tido também dificuldades. Na escola, graças a Deus, não temos queixas dele, é seu primeiro ano na escola e sua conduta tem sido exemplar. Estou confusa, não sei mais o que fazer. Tenho me sentido impotente diante desta situação. Temo tomar atitudes que só venha prejudicar ainda mais a nossa relação. Gostaria de ajuda.

    Grata

    • 15/08/15 - 19h08

      Daniele, tudo bem?
      Obrigada pela mensagem. Gosto sempre de esclarecer que não sou psicóloga. Adoro ajudar as mães com dicas e contar um pouco sobre o que faço com os meus filhos. Há 2 anos faço pedagogia e psicopedagogia para me aprofundar ainda mais nesse mundo tão fascinante.
      É curioso ele ter um comportamento tão diferente na escola. O que pode indicar que ele está querendo chamar atenção em casa. Alguma coisa mudou na rotina dele? Escola? babá? chegada de irmão? Alguma coisa mudou?
      Vale a pena uma conversa na escola para eles indicarem o que pode ser feito já que escola conhece ele bem e está com ele o tempo todo. Você já comentou na escola que ele está com esse tipo de comportamento?
      Beijos, Gabi

  75. 20/08/15 - 14h07

    Bom dia! Meu nome é Valéria Leite e tenho um filho de 11 anos, onde o mesmo não obedeci meu esposo que não é pai dele. Sei que esse assunto é muito delicado, mas estou precisando de ajuda, meu filho é uma criança mimada e não gosta de estudar e fazer as tarefa de casa. O maior problema é quando pedimos para ele fazer algo e sempre vai resmungando,

    • 24/08/15 - 12h50

      Valéria,
      boa tarde, tudo bem?
      Ele na escola faz as tarefas? É normal as crianças reclamarem um pouco para fazer as tarefas. Cada criança é de um jeito, algumas reclamam de uma coisa e outras reclamam de outra.
      Acho que o que pode ajudar nesse caso é estabelecer uma rotina para que ele faça as tarefas primeiro (as obrigações) e depois possa fazer o que mais gosta. Como é a rotina na sua casa?
      beijos Gabriella

      • 24/08/15 - 17h47

        Boa tarde Gabriella..à rotina da minha casa é..acordo as 06:00 horas da manhã, as 06:30 ele sai p/ escola chega as 12:30 e vai assistir tv. até o tio dele chegar as 14:00 horas.. meu esposo sai as 06:00 horas e eu as 08:00 fico na empresa até as 18:30 só chego em casa as 19:00 é quando tenho tempo para verificar suas tarefa e da um pouco de atenção pra ele. Toda sexta e domingo a noite vamos para igreja, trabalho até o sábado e largo as 12:00 horas, no domingo procuro fazer um programa em família.Atenciosamente Valéria Leite

        • 01/09/15 - 13h35

          Oi Valéria, vocês tem uma rotina organizada. Quando ele chega em casa ele vai direto fazer o dever?
          Será que se você conversar na escola eles não te sugerem alguma coisa que possa ajudar? Eles estão em contato com o seu filho no dia a dia e devem saber como ele funciona melhor para realizar bem as tarefas. Você já tentou falar na escola? Estou a disposição. beijos, Gabriella

  76. 22/08/15 - 09h37

    Tenho uma filha de 5anos ela ultimamente esta muito rebelde falo com ela e ela so chora, naoo estou dando conta de lhe da com ela converso dou castigo mas parece que ela esquece todos os dias a mesma coisa, so toma banho chorando, tive que pedir pra professora conversa com ela em um dia mudou mas continua a mesma coisa, saio com ela e ela se mete nas conversa de adultos acho feio isso ela e muito inteligente. .

    • 24/08/15 - 12h52

      Edilane,
      boa tarde, tudo bem? Ela na escola tem o mesmo comportamento?
      No caso de se meter na conversa de adultos, ela deve estar querendo chamar atenção. Nesse momento ela também está com outras crianças se distraindo?
      A criança também usa muito o recurso do choro para chamar atenção e normalmente pedindo para ser mais olhada. Aqui em casa meu pequeno de 5 anos usa muito o choro quando está com muito ciúmes da irmã e querendo mais atenção.
      Tenta estabelecer uma rotina para ver se melhora. Como é a rotina na sua casa? A professora fala que ela também é manhosa na escola?
      Beijos, Gabriella

  77. wal
    01/09/15 - 16h15

    Olá Gabi, tenho uma filha linda 09 anos é boasinha, ótima aluna uma graça mesmo, mas agora que ja esta grandinha não gosta muito de fazer as coisas dela tipo tomar banho se arrumar , gosta de ficar sozinha no quarto assistindo seus filmes ou jogando, fica horas sozinha, converso com ela um pouco mas ela só responde o que e eu pergunto, as vezes acho ela um poco triste, trabalho fora o dia todo ela vai na creche , mas ~ja me disse que não gosta só vai mesmo por falta opção, eu tento dar mais atenção, as vezes chego muito cansada tudo pra fazer em casa e acabo não ficando muito com ela, o pai dela chega no mesmko horario que eu mais deita no sofa é so levanta pra jantar e tomar banho nem conversa, eu sozinha não estou dando conta, por fim deixei de me cuidar para tentar cuidar dos dois, da roupa da comida da casa , tenho medo que ela se transforme numa criança triste e fechada.

    • 07/09/15 - 15h29

      Oi Wal, boa tarde. Tudo bem?
      Como são os finais de semana? Não se culpe tanto porque muitos pais realmente trabalham muito.
      Será que tem alguma coisa que ela goste de fazer que você possa fazer com ela todos os dias para terem pouco tempo juntas mas um tempo de qualidade?
      Esse vínculo é super importante. Me lembro muito de quando era criança, meu pai trabalhava muito mas adorava poder ficar com ele mesmo que pouco tempo porque era sempre muito bom!
      A televisão e video game vão isolando a pessoa do mundo…essa é uma opinião minha e sou meio radical quanto a esse assunto. Quando a pessoa (criança ou adulto) está nos eletrônicos ela não precisa interagir o mundo externo e assim vai cada vez ficando mais só. Tomo muito cuidado aqui em casa com as crianças e televisão, elas adoram….mas vejo uma mudança muito grande no comportamento quando estão ficando mais tempo na televisão.
      Espero ter ajudado.
      Beijos, Gabriella

  78. Eliane
    13/10/15 - 13h09

    bom dia
    Cuido dos meus netos de 9 anos e 5 anos, dois meninos os pais são separados e a minha filha tem problemas de saúde.o mais velho é muito desobediente,responde muito e parece estar o tempo todo me desafiando.Tem momentos que sou muito dura com ele mas não está adiantando.Já fiz tudo:quadrinho de comportamento (que ele rasgou),tiro as coisas que ele gosta,enfim nada parece adiantar.O que faço para mudar essa situação/

    • 19/10/15 - 12h54

      Eliane, boa tarde! Obrigada pela mensagem e pela visita.
      Como é o comportamento dele na escola? Ele faz as tarefas que tem que fazer?
      Não fique nervosa, quando realmente damos o limite a criança acaba aceitando. Você persiste nas posturas com ele?
      Beijos e pode escrever direto para gabriellabrandao@dicaspaisefilhos.com.br

  79. Eliane.v.Sá
    27/10/15 - 21h59

    Olá Gabriela,meu filho de 3 anos e meses está muito desobediente comigo,não ouve quando falo,cada dia fica pior uns dias desses ele até que me obedecia agora ele deixa eu falar até não querer mais.
    E estou gravida de 7 mes de um menino de novo,isso tem haver com a minha gravidez que ele adquiriu essa desobediência será?

    • 03/11/15 - 17h43

      Oi Eliane, tudo bem? Desculpa a demora em responder mas o site ficou com problema alguns dias.
      Pode ser sim por causa da gravidez, mas vai passar. É muito comum o ciúmes depois que a barriga vai crescendo. Não passei muito por isso porque a diferença de idade aqui é bem pequena. Mas a minha mãe conta muitas histórias da minha irmã quando ela ficou grávida de mim. A diferença de idade entre eu e minha irmã é de 3 anos e 9 meses.
      Beijos

  80. luana
    24/11/15 - 16h13

    Olá boa tarde. Preciso de ajuda não sei mas o que fazer tenho duas meninas uma de 4 anos 2 meses e a outra de 2 meses e 15 dias. Sou separada do pai da minha mas velha e vivo com o pai da mas nova bom minha filha não me respeita não obedece converso muito com ela e vejo que ela entende muito bem pois se eu pergunto no dia seguinte o porque a castiguei ela me relata tudo com muita clareza na escola ela também mudou não é mas a mesma menina antes ela ainda me respeitava um pouco mas agora nem isso. Ela não enrrola pra comer pra tomar banho pra tudo não obedece o padrasto ele fala e ela fica só olhando pra cara dele e agora faz a mesma coisa comigo eu acabo perdendo a cabeça e chega a dar umas palmadas na mão dela quando não a deixo de castigo hum mas quando o castigo acaba ela faz tudo de novo como se nada tivesse acontecido. Me ajuda estou desesperada por favor.

    • 26/11/15 - 15h21

      Oi Luana, tudo bem? Obrigada pela mensagem.
      Só a sua mais velha não está te respeitando? Como é o relacionamento dela com o pai?
      Na escola as professoras tentam ajudar para ela melhorar? Acho que ela pode estar com ciúmes da irmã mais nova. Como é a mais nova nas atividades do dia a dia?
      Vejo algumas crianças tendo esse comportamento quando a irmã mais nova pode mais coisas que a mais velha e ai acaba dando conflito. Desde quando ela está agindo dessa maneira?
      Beijos

  81. Michele
    06/12/15 - 16h06

    Olá Gabi,
    Preciso muito de sua ajuda!!!
    Meu esposo ficou cego a um ano e meio devido o diabetes, foi muito dificil para a familia entender e aceitar isso, nós temos um filho de 6 anos, ele é muito amoroso, mais hiperativo, e genioso, noto que ele só gosta de brincar no celular, sempre ganha presentes novos mais brinca no primeiro dia,depois já deixa de lado, isso até vejo que ocorre com outras crianças, na escola ja chamaram algumas vezes pelo mesmo motivo ( a falta de interesse por algumas materias desinteresse em ir a escola e fazer certas atividades, a professora disse que ele sempre fala “eu não consigo” e as vezes finge que está dormindo olhando pras paredes da escola demonstrando o desinteresse em fazer as atividades) Mas depois de muito conversar ele até melhorou na escola, O que me preocupa agora mais é um comportamento que está tendo nos últimos dias, e que está deixando eu e meu esposo cada dia mais desunidos,
    Toda a vez que preciso ir ao mercado ou sair, ele se recusa a ficar em casa, quer sempre ir junto comigo, eu acreditava q ele tinha medo do Pai, por isso não queria ficar sozinho com ele, (Meu marido tem gênio forte, é bem nervoso e sempre grita com ele quando faz algo errado)
    Mas
    Certa vez eu e precisava sair para comprar algo e falei que iria e já voltava, ele fez um escândalo, disse que não ficaria sozinho com o pai e ficou estérico dizendo que o pai disse que iria deixar ele trancado no quarto, meu marido ficou nervoso disse que era mentira dele, e ele continuava a dizer que o pai disse isso, eu fiquei sem saber o q fazer e acabei não saindo pois não tinha jeito o filho se segurou na minha perna e chorava sentido dizendo pra mim não ir sem ele, então meu marido jogou a culpa em mim pelo q o filho fez, porque disse que eu teria q sair mesmo com nele se gritando , resumindo meu marido acabou ficando bravo comigo…
    Hoje precisei ir ao mercado e meu esposo iria junto, o filho iria ficar com a minha filha de 14 anos, no começo aceitou, mais na hora da gente sair fez o mesmo da outra vez,ele disse que queria ir junto, eu disse que não dava que ele devia esperar, daí o meu esposo que não tem muita paciência gritou com nele dizendo que não ia junto e ponto final, ele começou a gritar dizendo pró pai “você é chato”, “você é chato” só a mãe é legal, e ficou se jogando no chão enfrentando o Pai,
    Resumindo meu marido disse q não iria mais sair pró mercado se fechou no quarto fui até lá conversar com ele mas ele disse que eu era culpada pelas reações do filho,
    Estou totalmente desorientada sem saber o que fazer, e o que fiz de errado,
    Tive que aceitar a vida de ter que entender que meu marido ficou cego e cuidar de tudo sozinha, mesmo fazendo tudo sozinha, sem ter mais ajuda ele ainda me cobra por tudo que sai de errado, na educação deste nosso filho,
    Eu puni o filho disse que ficaria sem presente de natal pelo que fez, e disse a ele que eu fiquei muito magoada com ele,
    Engraçado que passado uma hora da confusão o filho vem normal falar comigo como se nada tivesse acontecido,
    Por favor me oriente!
    Agradeço muito!

    • 03/01/16 - 22h33

      Michele, que situação complicada. Deve ser realmente muita barra a sua situação e te admiro muito pela história que me relatou.
      Você tem como procurar uma terapia para você? Você mora aonde?
      Falo em terapia porque um profissional especialista para te acompanhar vai ajudar muito.
      Você precisa ter alguém para desabafar, chorar. É muita pressão.
      Já experimentou procurar alguém?
      Feliz 2016, estou a disposição.
      Beijos, Gabi

  82. Keli
    21/12/15 - 15h35

    Olá…
    Tenho bebês gêmeas,uma está batendo na outra,chamo a atenção pela voz mas ela não me atende(elas têm 1 ano e 4 meses).
    Agora estou parando na mão dela ,mas me sinto mal por isso,o que devo fazer?
    Me ajude.

    • 03/01/16 - 22h28

      Oi Keli, tudo bem? Elas ainda são bem pequenas mesmo.
      Conter a criança nesse momento ajuda ela a compreender, mas elas também entendem você falando. A criança identifica a diferença no tom da voz.
      Beijos e feliz 2016.

  83. glauciaruas
    24/12/15 - 15h00

    Boa tarde meu filho tem 14 anos anda muito rebelde não tem compromisso com a e escola anda mentindo muito estou muito preocupada me ajudem por favor

    • 29/12/15 - 22h51

      Olá, boa noite. tudo bem?
      O ideal é procurar um especialista em crianças nessa idade.
      Obrigada. beijos Gabriella

  84. Cecilia Maria da costa e silva
    28/12/15 - 21h11

    Meu primo matheus tem seis anos e ele sempre faz o que quer e bate e chuta e cospi os outros não esculta ninguém e esta pior agora pois esta chingando demais e eu e minhas primas não aguentamos pois ele enxe a paciência e batemos nele mas ele continua a fazer pior e ainda a mae apóia a tia e a bisa avo e quando ele bate na gente não fazemos nada pois a mae briga com a gente e ela fala começa a se aparecer mas ela esta gravida do terecero filho tem o Henrique de nove o mathes de seis e agora a Isabella

    • 03/01/16 - 22h37

      Cecília a situação é confusa mesmo, mas se a mãe acha que está tudo bem.
      Você tem quantos anos?
      Beijos e feliz 2016.
      Gabi

  85. Priscila
    18/01/16 - 20h06

    Tenho um filho de 4 anos e preciso muito de ajuda, pois ele não me obedece, chama palavrão e quando dou uma ordem ele ainda fica me imitando. Faz um escândalo,só fala em bater, chora muito quando dou alguma ordem, fico até com vergonha dos vizinhos, quem escuta pensa que estou espantando o pequeno.

    • 25/01/16 - 20h07

      Priscila, boa noite. Tudo bem? Ele sempre foi assim?
      Na escola como ele se comporta? Qualquer coisa pode me mandar email.
      Beijos, gabriella

  86. Clicia Sales
    21/01/16 - 08h49

    Olá
    Tenho uma filha com 3 anos e 11 meses e desde q ela tinha um ano e meio uso o método da Supernanny, não me arrependo nenhum instante. Sempre q necessário ela vai p o cantinho da disciplina, no início foi muito difícil, ela não queria ficar sentada de jeito nenhum mas eu ia lá e a colocava sentada e ela se endurecia toda e eu n gritava, temos q ter muita, muita, muita paciência p ver esse método dar certo. Mas vale a pena, até aqui não tenho do q reclamar. Quando tirei a chupeta aguentei 4 dias d choro e demora p dormir no quarto dia o choro já tinha diminuído muito, chegava cansada do trabalho mas resisti pois sabia ser o melhor p todos. Pedi muita ajuda a DEUS e tenho vencido graças a Ele q me tem dado forças para aplicar esse método.
    Somos país, temos q desenvolver PACIÊNCIA se d fato quisermos filhos para fazer a diferença onde quer q esteja.
    SUCESO!

    • 25/01/16 - 20h08

      Oi Clicia, que mensagem legal! Muito obrigada.
      Nós pais temos que ter sempre consciência do que queremos e que o caminho a ser percorrido não é fácil.
      Educar é todo dia, todo instate.
      Muito obrigada mais uma vez.
      Beijos, Gabi

  87. Clicia Sales
    21/01/16 - 08h52

    SUCESSO!

  88. priscila
    02/02/16 - 15h59

    oi meu filho tem 6anos, como eu criei ele sozinho desde os seus 1°mes de vida,ele vai desde os 1anos e 3meses, ele chora todos os dias até hj, dpois q eu vou embora da escola q eu deixo ele, ai ele fica bemm e não da um pingo de trabalho na escola
    por favor me ajudem
    eu corto, as coisas q ele gosta, mas no outro dia qdo chega na escola, ele poe o pe na porta da escola, ai começa a agonia dele, ele gruda em mim e não solta por nada me ajudem. bjosss ele ta com 6anos na 1série

    • 28/02/16 - 13h00

      Oi Priscila, tudo bem?
      Ele fica bem na escola todos os dias é só na entrada?
      Peça uma ajuda dos profissionais da escola. Será que podem fazer uma entrada diferente?
      Se é só nesse momento vale pedir ajuda a escola.
      Beijos, Gabriella

  89. Joyce
    08/02/16 - 23h46

    Minha filha tem nove anos.nao me obedece de nenhuma maneira.grita comigo.fico tao alterada quebpenso que vou infartar.recebo reclamações dela na escola no transporte e na vo.nada faz ela se consentrar.penso que vou enlouquecer.ela ja me faz chorar direto.nao sei mas o que fazer

    • 28/02/16 - 12h55

      Joyce, boa tarde.
      Procure um especialista para te ajudar. A escola não indica algum profissional?
      Beijos, gabriella

  90. rose
    15/02/16 - 19h08

    minha filha de 4 anos tudo dela e chorar estou ficando louca me ajude

    • 28/02/16 - 12h49

      Rose, como é o comportamento dela na escola?
      Beijos

  91. Edna pardim
    18/02/16 - 09h12

    Olá. Tenho uma filha de 2 anos e 8 meses e já faz 3 semanas que ela começou na creche mas sempre chora para entrar e eu tive reclamação dela porque na hora do almoço ela não come de jeito nenhum chora até tussir, esperneia mas não aceita a comida, ela come em casa mas na creche não aceita a comida. Eu não sei o que eu faço.

    • 28/02/16 - 12h46

      Edna, boa tarde.
      Tudo bem? Ainda tem pouco tempo que ela está na creche, deve estar tendo dificuldades de se adaptar.
      Você já conversou na creche o que pode ser feito para ajudar no processo de adaptação? Tem algum brinquedo que ela goste muito e que possa levar junto?
      Na maioria das vezes levar um objeto muito querido de casa, ajuda!
      Beijos, Gabriella

  92. Bruna Santos
    23/02/16 - 13h30

    Oi.
    Sou Bruna, tenho uma filha de 1 ano e 4 meses.
    Ela faz birra, se joga no chão quando quer algo, as vezes pega as coisa joga no chão ou come algo do chão eu brigo dou unas palmadas nela boto de castigo sentada no cantinho mas ela chora muitos e joga no chão, eu não sei o fazer.

    Me ajuda!!!

    • 28/02/16 - 12h42

      Bruna, tudo bem?
      Ela é muito pequena. Não dê palmadas na sua filha. Acho que você vai gostar de ler os livros da Tania Zagury que adoro.
      Continue mostrando a ela o que é certo e errado, quem dá o limite somos nós adultos. Uma hora ela vai entender. Essa fase eles jogam tudo no chão mesmo.
      beijos Gabriella

  93. Sheyla
    08/03/16 - 15h45

    Olá Gabriella.
    Estou sem sabedoria para entender meu filho. Ele tem 4 anos, sempre foi agitado, mas não trazia problemas, meu esposo foi pra Japão a trabalho e nos iremos no fim do ano. Desde que ele foi o Samuel se transformou, está agressividade, birrento, egoísta e extremamente desobediente.Na escola quase todos os dias reclamam que ele não quer fazer as atividades, corre o tempo todo, tira a concentração dos colegas.A professora da manhã disse na direção que se não tiver uma monitora só p meu filho na tem como ela dar aula.Quase morri qdo ouvi isso.Já levei na psicóloga.Ela disse pra levar no neurologista pq ele tem um pequeno defit de hiperatividade.Eu tenho consciência de td q aconteceu nos últimos meses. Marido indo embora a trabalho, nos mudamos para casa da minha mãe,meu pai doente na cama,eu com a descoberta de uma gravidez tardia, hj a bb está com 5 meses.Reconheço que se o mim não está fácil imagina para ele, o problema é que n estou sabendo o que fazer. Me ajude por favor, preciso de orientação.Obrigada

    • 25/03/16 - 15h17

      Boa tarde, desculpa a demora em responder o seu comentário.
      Realmente deve estar bem complicado para ele e nessa idade ele ainda tem dificuldade de colocar para fora o que está sentindo.
      Acho que o ideal é ele ficar com um acompanhamento psicológico para ajudar nesse momento que ele está vivendo.
      A psicologa continua atendendo ele?
      Beijos e boa Páscoa
      Gabriella

  94. Adriana M.G.F
    14/03/16 - 17h54

    Ola !
    no momento não sei nem como a qual problema pedir ajuda ! mas tenho um filho de 12 anos e uma filha de 3anos e 8 meses,o meu filho ele é bom quando quer,mas a maior parte das vezes se vc falar a palavra NÃO ele se transforma total mete xinga todos os nomes feios que vc imaginar.eu vou falando para eu já falei por vc desobedecer ou coisa semelhante não terá direito ex: trazer um amigo para vir em casa ,para vc ter uma ideia chegou jogar o celular no chão com toda força e ainda falar que a culpa foi minha por eu não ter deixado ai depois a coisa fica feia dou chinelada nele mais ainda persisti em retrucar e ficar pedindo deixa eu fazer algo que eu quero,resumindo não aceita as regras que foi estabelecida,não sei o que faço isso ta pro judicando a irmã menor que esta na pre escola pois tds os dias é um pé de guerra ,td dia é um motivo de conflito é uniforme que é muito comprido ou a bermuda que parece um balaio enfim tds os dias tem algo tento corrigir onde tá o problema ai aparece outro ,não sei o que faço preciso de ajuda uma orientação

    • 25/03/16 - 15h15

      Boa tarde Adriana, como é o comportamento dele na escola? Porque a escola tem limites e com certeza é cheia de regras.
      Será que a orientadora educacional da escola não te ajuda? Porque ela está mais próxima do seu filho. Ele sempre foi assim? Ou começou agora?
      Beijos e Boa Páscoa
      Gabriella

  95. irene donon mota
    30/03/16 - 15h02

    oi tudo bem tenho um filho da tres ano estae dando trabalho na escola não sei se e comportamento dele agressivo e impaciente me ajude.

    • 02/04/16 - 19h34

      Irene, tudo bem?
      O ideal é que você ajuda na escola e de quem está próximo dele.
      Beijos, Gabriella

  96. thais fernanda lopes rosa de campos
    29/04/16 - 18h58

    ola tudo bom,tenho um filho de 5 anos e ele esta dando muito trabalho na escola,ja tentei de tudo conversar castigo,mas nao adianta,ele continua dano trabalho,estou se saber como agir com ele,a professora ja me chamou na escola e eu ja conversei com ele espliquei que e errado desobedecer mas e inutil,por favorme ajude porque ja nao sei o que fazer..obrigada…

    • 08/05/16 - 22h23

      Thais, boa noite!
      Obrigada pelo comentário.
      Nesse caso o ideal é procurar uma profissional da área para te ajudar.
      A escola não te indica uma pessoa?
      Beijos, gabriella

  97. DANIELA
    15/06/16 - 11h07

    OLA TU BEM, TENHO UMA FILHA DE 6 ANO, NÃO SEI COMO PROCEDER, POIS ELA É MUITO BIRRENTA, COM MUITA TEIMOSIA QUER QUE TUDO SEJA FEITO NO TEMPO DELA, NAO DORME NA HORA QUE É PRA DORMIR QUER FICAR ACORDADA ATE TARDE, PORQUE ELA ENTENDE SE EU FICO ACORDADA ELA TAMBÉM TEM QUE FICAR, ENTÃO FICA MUITO DIFÍCIL, QUANDO DIGO NÃO PRA ELA ELA FICA COM UM RUIDO BEM ESTRESSANTE QUE NÃO SEI O QUE FAZER, PRECISO DE ORIENTAÇÃO :(.

    • 25/06/16 - 22h36

      Boa Daniela, tudo bem?
      Você já tentou fazer alguma rotina do sono? Esse questionamento de dormir é normal. Aqui também tenho fases que eles ficam irritados porque eles dormem e nós ficamos acordados.
      Tenta estabelecer uma rotina com banho e depois ler um livro e fica com ela um pouco. Depois que conseguir ai você começa a colocar ela para dormir sozinha. O que você acha?
      Beijos, gabriella

  98. Janaína
    15/06/16 - 20h47

    Não sei mais o que fazer meu filho não obedece na creche em casa ele obedece mas lá na creche não ele não era assim.

  99. Janaína
    26/06/16 - 10h54

    Meu filho tem 4 anos ele obedece em casa mas na creche não

    • 27/06/16 - 09h27

      Janaina, tudo bem?
      Ele sempre foi assim na creche ou é recente?
      Vale uma conversa com a orientadora da creche para ver em que situação ele não obedece.
      Beijos

  100. Lena
    29/07/16 - 19h05

    Boa noite Gabriela!
    Preciso muito da sua ajuda, tenho uma filha de 5 anos, faz 6 em
    Outubro, ela é um doce e ao mesmo tempo irrita-me pois chora atoa, por tudo e por nada e vem achando que já sabe das coisas, já quer debater sobre os meus ‘não’S é isso irrita-me, quando ela tem esses comportamentos eu fico tão fila que grito com ela e digo coisas que sei bem que não devo do tipo ( vais deixar de ser minha filha, deves estar a gozar comigo, estás a irritar-me, vou te bater tanto que vais te arrepender) e digo essas coisas num tom muito grosso e depois fico com o coração em pedacinhos, fico triste e acho que esse meu comportamento tem deixado ela com medo de tudo fora de casa, não se consegue defender na escola mas em casa é uma esperteza que só visto e já começa a mentir… Por favor não sei o que fazer

    • 04/08/16 - 19h02

      Lena, tudo bem?
      Essa questão do choro por tudo pode ser uma dificuldade de se expressar, estimule ela a conversar com você. Mostre que algumas regras não podem ser diferentes e são estabelecidas pelos adultos. Outras coisas podem ser negociadas e escolhidas em conjunto. Nessa idade é comum que a criança comece a questionar as regras, mas é preciso que você explique e ao mesmo tempo ela tem que respeitar.
      Ela pode estar ficando com medo sim e ficando com mais dificuldade de se colocar por medo. Na escola ela tem uma relação boa com as professoras?
      Gabriella

  101. Welya
    18/08/16 - 12h59

    Gabi, boa tarde
    Minha filha tem 13 anos e faz tudo pela metade nunca termina nada que começa o quarto dela faz vergonha, o guarda roupas virou deposito de lixo e bagunça pq ela mistura roupa limpa c suja c sapato e c lixos e materiais escolares, falo c ela fica ela escuta mais nao faz nada de diferente fica c raiva guardada parece. Oq fazer

    • 22/08/16 - 15h24

      Welya, tudo bem?
      Não tenho muito contato nem estudo com crianças nessa idade.
      O ideal é procurar um profissional. A escola não te indica alguém?
      Na escola ela é bem organizada com o material?
      Beijos, gabriella

  102. Tárcita
    19/09/16 - 14h07

    Sou casada a 7 anos e tenho uma filha de 4 anos, eu e meu esposo trabalhamos fora, e quem cuida da minha filha e minha sogra. Minha filha faz tudo que quer e mimada demais. Vem aqui te pedir ajuda. Minha filha estuda cedo, e atarde fica em casa, e so fica mexendo no tablet, queria uma rotina pra ela

    • 23/09/16 - 15h07

      oi Tárcita, tudo bem?
      Quanto ao tablet é só você estabelecer dias ou horários.
      Aqui em casa eles só podem usar eletrônico na sexta, sábado e domingo. Mas mesmo assim não deixo usar por mais de 40 minutos seguidos.
      O ideal é proporcionar brincadeiras para ela deixar o tablet de lado.
      Beijos

  103. Alexandr
    22/09/16 - 13h18

    Boa tarde, preciso de orientação, meu filho tem 7 anos, ele não obedece e assim está atrapalhando ele no rendimento escolar, em casa ele já está de castigo, mas não sei como fazer para ele obedecer a professora na escola.

    • 23/09/16 - 15h02

      O ideal é entender de onde vem esse comportamento na escola.
      É uma resistência a fazer as tarefas? Como era o comportamento dele antes?

  104. Elziane
    25/10/16 - 07h20

    Oi sou Elziane tenho 24 anos tenho um filho de 3 anos .Meu filho twm uma personalidade muito dificil me contraria muito so que as vezes acho que isso acontece pelo fato de eu ser um pouco impaciente e quero que faca na hora que eu mandar acho que estou errada.Ele e muito imteligente so que dar bastante trabalho paa tomar banho e escovar dentes todo dia e a briga

    • 30/10/16 - 21h27

      É normal esse tipo de trabalho.
      Ele ainda é muito pequeno. Tente estabelecer pequenos combinados para ver se melhora.
      Beijos, Gabriella

  105. rosely
    04/01/17 - 18h33

    Boa

  106. 24/01/17 - 23h47

    Também tenho 2 filhos, um menino de 2 anos e uma menina de 5 anos, o mais legal é ler os comentários, rsrsrs me identifiquei em muitos deles. Educar realmente é uma luta muito grande.

    • 18/02/17 - 22h59

      Educar é uma luta muito grande e constante! Risos
      Mãe sofre, risos
      Mas é bom demais
      Obrigada por estar aqui no blog
      bjs Gabriella

  107. Janaina
    27/01/17 - 12h32

    , meu filho tem ira completar 3 anos agora em fevereiro. Uma tia minha veio morar conosco e meu filho briga o dia inteiro cm priminha de tambem 3 anos. Nao entendem nao sei mais oque eles se batem insulportavel passam o dia iintero chorando

    • 18/02/17 - 22h58

      Boa noite, tudo bem?
      antes eles conviviam bem até morarem juntos?
      Obrigada Gabriella

  108. Sheila
    01/03/17 - 15h08

    Meus filhos estão mim tirando do sério

  109. stephanny Almeida
    13/04/17 - 16h29

    Boa tarde
    minha filha tem 3 anos
    e Não convivia com o pai
    mais agora esta convivendo
    ela sempre obedeceu sempre respeitou
    mais agora ela parece que Não escuta Não obedece
    gostaria de algum conselho por favor

    • 24/04/17 - 12h06

      Boa tarde. tudo bem?
      É preciso entender se esse comportamento é só com você ou com todos.
      Por que você falou do pai, você acha que essa aproximação causou esse comportamento?
      Como ela é com o pai? É muito bom e importante que a criança conviva com o pai e mãe quando é possível.
      Se quiser pode mandar direto para o meu email.
      Beijos

  110. Lucimaria
    19/07/17 - 23h03

    Tenho um filho de 1 ano e 11 meses, e ele bate nos amiguinho ou primos …nao escuta nada do que eu falo …o que fazer ? Como agir nessas citações? Mim ajudem

    • 09/08/17 - 13h56

      Boa tarde. Seu filho já está falando?
      Estou a disposição
      beijos

  111. Franciny
    23/10/17 - 10h39

    Preciso muito de ajuda. Minha filha vai fazer 6 anos e nunca tinha me dado trabalho, mas nos últimos 15 dias ela está terrível. Ela mente sobre quase tudo, segura o xixi e o cocô até o limite e aí faz as necessidades nas calças.. não sei mais o que fazer. Já tirei os brinquedos, já tentei conversar e nada parece ter efeito. Quanto mais eu dou atenção parece​pior..

    • 14/01/18 - 14h38

      Boa tarde, tudo bem?
      Como andam as coisas com a sua filha?
      A escola orientou você procurar alguma ajuda?
      beijos

  112. Gidalva
    04/01/18 - 21h06

    Pois minha neta tem dois anos mas tá dando muito trabalho n estou conseguindo controlar ela é muito dezobidient e n sei oq fazer mais mim ajuda

    • 14/01/18 - 14h32

      Boa tarde, dois anos ela ainda é muito novinha.
      Nessa idade eles testam todos os limites.
      O que está acontecendo?
      beijos, Gabriella

  113. Kenia
    10/01/18 - 05h13

    Desejo receber mensagens.

  114. Zilda marcia
    06/02/18 - 15h15

    Eu tô precisando muito de orientação ,mas gostei muito das dicas País e Filhos.

Topo
Mais Lidos do Blog
Fique conectado com a gente!
  • #educarcomamor
  • #dicadodia
  • #timidez #adolescentes #criançatimida
  • Vamos encorajar a autonomia das nossas crianças e adolescentes?
#educarcomamor #adolescentes
YouTube
Se inscreva!