Bem Estar Diversos Gravidez Saúde
09 abr 2014

Como voltei a cuidar do meu corpo e a diferença que isso fez na minha vida

Olá! Quem vai escrever hoje aqui no blog é a Mel, do blog Born to Rock. Essa é uma parceria muito bacana do blog e estará aqui conosco numa quarta sim outra não, espero que gostem.

Sou Mel, mãe da Lulu, psicóloga e baiana morando em Los Angeles. Born to Rock surgiu da vontade de dividir com outras mães e pais todas as novidades desse mundo de gente pequena com leveza, descontração e diversão! No blog divido minha paixão por moda, décor, fotografias, idéias criativas, festas, tendências do mundo fashion, além de dicas de produtos!!! Se você também curte esse mundo de gente pequena junte-se a nós!!!

Quando a Lulu nasceu toda a minha atenção era voltada pra ela (com toda razão), não foram só 9 meses que passei desejando e imaginando a ter em meus braços. Foi toda uma vida em que ela sempre esteve presente como um dos meus maiores sonhos. Eu sempre soube que seria mãe, que eu teria uma menina e que ela se chamaria Luiza…mas isso é assunto pra um outro post…prometo que conto essa história pra você depois. Hoje eu vou contar como voltei a cuidar do meu corpo depois da gravidez.

Antes de engravidar eu sempre fiz atividade física, mas nunca fui muito fã de academia. Nada contra, mas é que a rotina da academia definitivamente não combina comigo. Repetir exercícios, levantar pesos e ver várias pessoas fazendo o mesmo movimento não me motiva a sair da cama às 6 da manhã de jeito algum. Eu sou uma pessoa completamente apaixonada por desafios. Eu gosto de chegar na aula e aprender uma coisa nova, gosto de inventar um jeito diferente de fazer as coisas, gosto de iniciar atividades que eu nunca fiz na vida, gosto de desafiar os meus próprios limites e gosto principalmente de fazer algo que faça meu coração vibrar. Já fiz tanta coisa: ballet, jazz, capoeira, Full kontact, boxe, tênnis, ginástica Olímpica, dança afro, pop physique, mas nada se compara à paixão que eu tenho pelo circo. Trouxe uma foto minha que foi tirada antes da gravidez pra dividir com você.

162898_10150354526540187_7959423_n

Quando engravidei da Lulu, tive descolamento ovular (quando a placenta não está totalmente fixada no útero) e por conta disso precisei fazer repouso absoluto até os 3 meses. Só depois dos 3 meses quando estava tudo 100% recebi alta para praticar atividade física na gravidez, mas estavamos embarcando pra uma vida nova aqui em Los Angeles.

Assim que chegamos, o nosso foco foi preparar a casa para a chegada da nossa Luiza. Nesse período eu não fiz absolutamente nenhum exercício, isso se não contar como atividade física correr dentro de trocentas lojas de móveis, cortinas, quadros, empresas de luz, água, etc etc…ô trabalheira. Durante a gravidez eu engordei 17 quilos. Pense numa barriga enormeeeee!!! Olha a foto pra vocês terem uma ideia.

cuidados_depois_da_gravidez_1

Eu me alimentava bem, mas comia muito..rs…tenho que admitir. Logo que a Lulu nasceu, eu não fiquei muito preocupada em emagrecer logo. Eu estava amamentando e comecei a perder peso muito rápido. Na verdade meu corpo não era nem um pouco meu foco de atenção. Eu estava tão apaixonada pela Lulu que não tinha olhos pra qualquer outra coisa a não ser aquela bebezinha linda na minha frente. Lulu me preenchia a alma e todo o resto passou a ser secundário. Só que o tempo foi passando e chegou um determinado momento em que me olhava no espelho e não gostava nenhum pouco do que eu via. Lógico que a gente vai se dando conta aos pouquinhos, mas tem um dia que você se dá conta que realmente alguma coisa precisa mudar.

Nesse dia eu estava almoçando com a Lulu na mesa da sala do meu antigo apartamento. Na frente da mesa tinha um espelhão que vai do chão até o teto e eu estava sentada em frente à ele com um dos meus vestidos preferidos. Era um vestidinho branco que sempre que eu vestia me sentia maravilhosa e quando olhei pra frente não gostei nenhum pouco da mulher que eu vi vestindo meu vestido predileto.

Meu corpo estava uó e meu cabelo também (desculpem a palavra, mas era bem isso mesmo), além disso não tinha mais a energia que sempre tive, minha mente não tinha os cuidados que sempre teve, meu lado espiritual estava completamente abandonado, meu lado profissional também, eu estava tendo insônia direto e dormia mal e o principal é que eu não estava mais tão feliz quanto antes. O meu corpo nada mais era do que um reflexo do meu interior. Foi então que nesse dia tomei a importante decisão de resgatar a minha relação com meu corpo, com a minha mente e com a minha vida.

Quando você muda a forma com que você se relaciona com seu corpo você muda completamente a forma como você se sente. Exercício físico está intimamente ligado ao seu estado emocional. Quando você energiza seu corpo, você fica mais positivo, mais focado, mais centrado, mais confiante, você se sente mais bonita e principalmente mais feliz. Como eu tinha pouquíssimo tempo livre (na verdade na época achava pouco), resolvi começar a me exercitar 30 minutos dentro de casa mesmo, assim que Lucas chegava do trabalho com um DVD que comprei no Amazon. Que era esse:

cuidados_depois_da_gravidez_2

Fiz as seis semanas e senti uma boa diferença mesmo!!! Logo comecei a ganhar mais confiança e achar pouco os exercícios e resolvi voltar pro circo. Gente…não sei nem descrever a alegria que foi voltar a subir no trapézio. Trapézio é uma atividade muito boa por vários aspectos. Quando você está no trapézio sua mente não pode estar em nenhum outro lugar que não seja nele mesmo e no seu corpo senão você cai. Todo movimento é muito preciso e calculado. Isso faz com que sua mente fique leve, mesmo que você tenha mil coisas pra resolver, em cima do trapézio você só pensa no minucioso movimento e mais nada. É quase que uma meditação em forma de movimento. Você se sente uma pluma, independente do seu peso corporal.

Além disso o trapézio me desafia a todo instante. Se em uma aula aprendi a fazer um movimento X, já volto pra casa pensando no movimento Y e como vou realizá-lo…porque o movimento X me encorajou a chegar mais longe e me mostrou que posso fazer ainda mais. Seus colegas te desafiam a todo instante com movimentos lindos no ar que te enchem os olhos e o coração. Seu professor te desafia, vibrando com cada conquista sua e te mostrando que você sempre pode ir um pouco mais além. Acho que vários esportes são assim. Na dança, no futebol, no tênis, na luta…se você faz alguma dessas coisas que misturam beleza e desafio constante provavelmente tem esse mesmo sentimento que eu tenho.

Me exercitar, principalmente fazendo algo que eu gosto me energizou de uma forma tão grande, levantou muitoooo minha auto estima e eu passei a me cuidar ainda mais em todos os sentidos. Passei a cuidar mais do meu cabelo, da minha alimentação e me deu forças pra começar a introduzir também projetos novos na minha vida. Você pode ver como uma meta reforça a próxima e por aí vai.

É impressionante a avalanche de coisas boas que acontecem quando você começa a cuidar de você e a expandir sua zona de conforto. Você só precisa dar o primeiro passo e as coisas vão se desenrrolando. No começo não é nada fácil e precisa ter foco e compromisso. Não sou nenhum pouco rigorosa, se surge algum momento em que estou muito cansada, respeito meu corpo e fico em casa, mas sou muito esforçada e determinada. Dificilmente crio uma desculpa boba pra atrapalhar meus planos.

Hoje em dia a minha rotina de atividade física é diária e eu simplesmente comecei a me exercitar somente 30 minutos 2 x por semana. Parece pouco né? Mas fui aumentando gradativamente de maneira natural. Atualmente faço circo + bare fitness + dança afro. (3 atividades que me dão muitooo prazer) O legal é que quando você começa a colocar dopamina no seu dia a dia você começa a sentir mais prazer em todas as áreas da sua vida e você não quer mais parar.

Dicas que eu dou pra quem quer recomeçar uma atividade física:

1) Escolha algo que você goste muito e que te dê prazer. Essa é a melhor forma de você se sentir motivado e ter vontade de se exercitar. Lógico que a vontade de se sentir bem com o seu corpo vai te motivar, mas fazer algo que você tem paixão vai fazer você manter sua energia sempre lá em cima.

2) Comece! Simplesmente comece com qualquer coisa. Não seja tão rígido e rigoroso com você mesma. Pode começar com a coisa mais fácil que você consegue nesse momento. Pode ser pular corda na sala 1 x na semana ou 30 minutos de exercício com um dvd assim como eu fiz ou subir as escadas do prédio. Pode parecer bobo aos olhos dos outros, mas você vai ver que somente o fato de começar faz toda a diferença.

3) Estabeleça uma rotina. É muito difícil no começo você ter uma prática de exercício físico sem rotina. Principalmente se você decidiu começar a se exercitar dentro de casa. Lógico que o cachorro vai latir pedindo sua atenção, o bebê vai chorar mais alto que o normal, o telefone vai tocar…mas aquele horário que você tirou pra você é seu. Escolha os dias e deixe estabelecido. Uma dica é: Escreva em um papel o seus horários e cole na porta da geladeira. Todo mundo da casa vai saber que você tem aquele compromisso e as pessoas vão se acostumar a não exigir a sua atenção naquele horário.

4) Quando acabar de se exercitar, se parabenize por conseguir. Seja grato por conseguir tirar esse tempo pra você. Eu sempreee faço isso. Agradeça ao seu corpo por trabalhar tão bem junto com você nesse momento. Sinta-se grata por sua determinação hoje e seja grata também pelo futuro, pela pessoa que você está se tornando.Você vai ver o bem que faz agradecer!!! Toda a energia que vc está emanando volta pra você!!!

5) Não coloque uma meta grande demais quando você está iniciando. Quando você coloca um plano muito alto de início, você pode se frustrar caso não consiga manter. É bem comum isso. A pessoa toma a decisão de voltar a se exercitar, fica super animada com a idéia, se matricula na melhor academia todos os dias, compra trocentas roupas lindas, tênis, bolsa e vai uma semana e para. Já viram essa cena alguma vez na vida? rs Minha dica seria: comece com uma meta pequena, fácil de cumprir e seja persistente. Vá acrescentando outras metas aos poucos de maneira bem natural. Inclusive ninguém precisa da melhor roupa, melhor tênis e melhor bolsa pra se sentir motivado. A melhor motivação é o resultado no seu corpo, na sua vida, na sua respiração, na sua emoção. Deixe que a endorfina e a serotonina façam esse papel.

6) Não se compare. Sempre vai ter alguém que faz mais atividade que você e alguém que faz menos. Vai ter alguém que tem um corpo mais definido que o seu e alguém que tem menos. Se você se comparar a qualquer uma das duas, você corre o risco de achar que está bem demais e não precisa sair do lugar ou que está mal demais e que não vai conseguir sair do lugar de jeito algum. Se aceite como você é e faça por você e pra você. Eu tenho esse corpo magrelo desde sempre. Já vivi uma fase em que não gostava muito dele. Coitado desse corpo que eu enfiava batata doce pra dentro pra ver se ficava mais gordinha…rs…Hoje eu adoro meu corpo…minha prima Isa diz que eu tenho o “corpo da Kristen Stewart”…rs…viu que chique? No fundo eu aprendi a amar esse corpo que Deus me deu.

7) Se alimente bem. Quando você se exercita e se alimenta bem ao mesmo tempo, você vê os resultados mais rápido. Quando eu estava sem me exercitar aceitava comer mais besteiras do que hoje. Quando você está bem com seu corpo, você faz questão de ingerir o melhor pra ele. Não sou radical com nada, como já falei. Lógico que de vez em quando como doces, etc, sem culpa alguma. Só passei a me alimentar ainda melhor e de forma mais saudável.

8) Última dica: Beba água…beba bastante água. Normalmente quando você começa a se exercitar já vai sentir mais sede. Mesmo que não sinta é necessário que a quantidade de água que circula no seu corpo aumente. No exercício a gente perde muitos líquidos e minerais e é necessário repor. Em média perdemos 1 ou 2 litros de líquido durante uma hora de exercício. Imagine??? Beba água antes, durante e depois do exercício.

Espero que você tenha gostado das dicas. Se quiser saber mais alguma coisa pode deixar mensagem aqui no blog. Eu quero muito saber o que você está achando dessas dicas.

Beijão

Comente via facebook
Deixe seu comentário

Quer que sua foto apareça nos comentários? clique aqui
6 Comentários
  1. 21/06/14 - 20h26

    Linda a estória da Mel e sua volta por cima, literalmente. Super corajosa de fazer trapézio…
    Mas, o mais legal são as dicas reais. Adorei a #4, pois me identifiquei muito, lembro-me que após um longo e tenebroso período da minha vida (removi a tireóide), engordei 23 quilos e achava que nunca mais iria conseguir emagrecer, pois me faltavam força física (baixo metabolismo) e ânimo (leve depressão). Depois de 05 anos de desculpas, resolvi sacudir a poeira e voltar a ser quem eu era, uma mulher ativa. Depois da minha primeira aula na academia com uma professora particular, fui andando para casa chorando, emocionada, agradecendo a Deus e ao meu corpo, feliz da vida porque consegui me mexer. Foi tudo muito natural, de dentro pra fora, lembro-me que isto me deu tanta força pra continuar que hoje eu corro, patino, faço musculação, ando de bicicleta, vivo de forma que posso contar com meu corpo e o melhor é a sensação de prazer cumprido e não de dever. Posso garantir que a vida hoje é muito mais equilibrada e melhor. Ótimo post Gabriella, vai ajudar muita mamãe e papai a sair da inércia, e recomendo, pois a vida é muiiiiito boa para ficar parado. Bjs no coração!

    • 21/06/14 - 22h35

      Mara, que bom que gostou! Um beijo grande e obrigada pela força. Gabi

  2. gilmara
    21/07/14 - 00h12

    ola sou a gilmara e preciso de ajuda para conseguir emagrecer com saude ,,,,tenho metabolismo lento e engordo com facilidade preciso de motivaçao alguem ai pode mim ajudar?

    • 21/07/14 - 22h05

      Gilmara,
      muito obrigada por acompanhar o Dicas Pais e Filhos! Estou encaminhando o seu email para a nutricionista parceira do Dicas Pais e Filhos.
      Por favor me avise se ela entrou em contato com você.
      Beijos e Obrigada!
      Gabi

  3. Maria Emília
    27/01/16 - 22h51

    Gostaria de agradecer a mel por compartilhar conosco um pouco da história dela. Eu também me identifiquei com ela em vários momentos. em minha casa também tem um espelho enorme que mostra uma imagem na qual não gosto muito atualmente. Preciso de força de vontade para começar a me exercitar, me sinto sem energia sabe? Sei que preciso sair da inércia, e me proponho a fazer isso toda a segunda-feira que nunca chega….Vou seguir sua dica Mel de “começar” e depois agradecer por ter sido forte, ter conseguido fazer algum exercício. Seu relato me motivou a querer alcançar os resultados que eu preciso para ser mais feliz, por isso, muito obrigada!

    Sucesso e saúde para você e toda a sua família.

Topo
Mais lidos do blog
Fique conectado com a gente!
  • Que sonho de armário! Aqui a Luisa tem o de duas portas!! A @casa.de.boneca faz tudo com muita qualidade. Vendas com @casa.de.boneca ou aqui no @dicaspaisefilhos 💖 voces vão amar. As crianças adoram brincar com o armário. Brincar de boneca é muito bom! As roupas lindas do armário são da Baby Alive da @capelovestidos lindos! Em breve MUITAS novidades por aqui 💖💖💖💖
  • Lindo e verdadeiro.
Vamos instigar nossas crianças.... #bomdia #dicaspaisefilhos
  • Mais uma vez a edição do @nosso.encontro foi maravilhosa. A troca é fantástica, saio ainda mais animada e doida para a edição de maio chegar! Obrigada @pollyana_zaze  e @dravanessametz AMEI! Até o próximo @nosso.encontro 
Quem quiser saber mais sobre o nosso.encontro, aqui aqui no insta @nosso.encontro #nossoencontro #dicaspaisefilhos #vidamaisleve
  • Adorei!! Temos que ensinar as crianças a terem responsabilidade...
#dicaspaisefilhos
YouTube
Se inscreva!