Os benefícios da Aromaterapia

Postado por Gabriella em Bem Estar, Desenvolvimento, Diversos, Saúde

ss-all
Ao falarmos sobre Aromaterapia remetemos imediatamente a um cheiro bom. No entanto, ao contrário deste pensamento, a Aromaterapia é mais do que uma perfumaria. Essa terapia natural trabalha com óleos essenciais 100% puros e naturais que são extraídos de plantas com propriedades terapêuticas, energizantes, medicinais, bactericidas, fungicidas e aromáticas.

O tratamento funciona através do olfato, o único sentido que tem conexão direta com o cérebro. Quando um óleo essencial é inalado, percorre um caminho pela cavidade nasal, passando pelos neurônios olfativos até chegar ao sistema límbico, que é responsável pelos nossos comportamentos e emoções.

Existem duas formas de utilização dos óleos. A primeira é no cômodo desejado, através de aromatizadores de ambiente prontos (atente para ver se são realmente feitos com óleos essenciais puros) ou difusores elétricos. A segunda é o uso externo (pele), porém é necessário diluí-lo em uma base carreadora como um óleo vegetal ou água de banho. Nunca deve ser usado puro sobre a pele.

Não utilize o óleo essencial em produtos industrializados, uma vez que estes geralmente contêm parabenos e óleo mineral, químicas que podem quebrar as moléculas do óleo fazendo-o perder as propriedades terapêuticas.

Mas como saber se estou utilizando de fato um óleo essencial?
No rótulo da embalagem, abaixo do nome comercial do óleo essencial, sempre vem escrito o nome botânico ou científico da planta. Por exemplo: o nome científico do óleo essencial de Lavanda é Lavandula officinalis. Portanto, se no rótulo constar essas duas informações, significa que você estará adquirindo realmente um óleo essencial.

Deve-se lembrar de que óleo essencial é diferente de essência. Enquanto o óleo é extraído diretamente das plantas, a essência sintética é um produto artificial produzido em laboratório, uma cópia do óleo essencial. Por não possuir os mesmos princípios ativos dos óleos, as essências não oferecem nenhum benefício terapêutico, apenas perfumam o ambiente.

Um alerta importante é que a essência também pode causar reações alérgicas e mal estar, embora possua um valor muito menor no mercado do que o óleo. O custo do óleo essencial a cada 10 ml varia de R$ 15, 00 a R$ 70,00. Já o valor da essência por cada 100 ml é por volta de R$ 12,00.

É possível beneficiar nossos bebês e crianças com essa terapia?
Sim, é possível, mas sempre com o acompanhamento do profissional habilitado em Aromaterapia. Nem todos os óleos essenciais são indicados nesses casos e os cuidados devem ser redobrados para crianças até 3 anos de idade, principalmente com relação a diluição do óleo.

Alguns óleos que podem ser usados em bebês e crianças são:

Camomila Romana: para cólicas, dores de ouvido e febre. Serve como calmante e sedativo.
Laranja Doce: remete a alegria e ao bom humor, trabalha a ansiedade e deixa o ambiente harmônico.
Lavanda: óleo essencial mais utilizado com as crianças, pois possui efeito calmante e relaxante. Bom para queimaduras e picadas de inseto, ele equilibra e harmoniza.
Tangerina: indicada para uso no banho dos bebês para acalmar.
Tea tree: ajuda no sistema imunológico, é antisséptico, excelente para usar na higienização de mamadeiras, chupetas e brinquedos. Deve-se usar uma gota em 500 ml de água durante 30 minutos.

A lavanda, a laranja doce ou a tangerina podem ser utilizadas na hora do banho, mas individualmente. Diluir uma gota do óleo essencial selecionado em um pouco de leite e jogar na água da banheira é o suficiente. Já no ambiente pode ser colocada uma gota de óleo com um pouco de água, que dura de 1h30m até 2h. O aromatizador pode ser borrifado no ambiente duas vezes ao dia.

Caso queira fazer uma massagem nos pequenos utilize como base um óleo vegetal prensado a frio e preze por uma marca de confiança que seja 100% natural. Use 30 ml de óleo vegetal de semente de uvas ou amêndoas doces e pingue duas gotas de óleo essencial de lavanda ou camomila romana. Faça massagens suaves pelo corpo.

Lembre-se de que alguns óleos essenciais são fotossensíveis. Os cítricos, por exemplo, como os de laranja e tangerina, devem ser evitados antes de sair em um dia de sol. Mesmo diluídos em água ou base carreadora esses óleos podem queimar a pele.

Em caso de dúvidas com relação a utilização dos óleos essenciais, procure um profissional habilitado em aromaterapia para orientações e cuidados.

459 Solange Lima é terapeuta holística, numeróloga e especialista do Personare em Aromaterapia e Cromoterapia. Realiza atendimentos em São Paulo, aliando a numerologia a técnicas como Florais, Aromaterapia, Cromoterapia, Shiatsu, Reflexologia e Reiki. Através dessas técnicas, procura ajudar as pessoas a se conhecerem melhor, trazendo equilíbrio entre corpo e mente e prevenindo doenças físicas e emocionais.
E-mail: solange@solangelima.net
Site: http://www.solangelima.net/
Blog: http://www.solangelima.net/
Google Plus: https://plus.google.com/115338401020350925364/posts

Gabriella
22.09 2014
Comentários no Facebook
2 comentários
  1. Cachorro Latindo 04/02/2016 | 23:14

    Onde dá pra comprar o óleo essencial? e como saber se a gente tá comprando o produto certo?

    Responder
    • Gabriella 28/02/2016 | 12:57

      Quando eu comprei o óleo essencial comprei no site da Personare.
      Manda um email para a Solange que ela te ajuda.
      Abraço Gabriella

      Responder
Deixe um comentário
* Não será divulgado