Diversos Mãe Amiga
04 abr 2014

O que mudou na minha vida profissional com a maternidade – Mãe Amiga!

mae_amiga_header
minha_vida_profissional_depois_da_lulu_1

O post de hoje é mais um da “coluna” Mãe Amiga!. A Mãe Amiga de hoje é a Mel, do blog Born to Rock. A Mel é psicóloga, baiana mora em Los Angeles e mãe da Lulu. O tema do post é o que mudou na vida profissional depois do nascimento do filho. Vamos lá….

Pra quem não sabe eu sou psicóloga/ neuropsicóloga, atendi muitos anos em clínica, trabalhei no hospital Sarah Kubitschek e em vários outros hospitais com neuroreabilitação de idosos e crianças. Sempre fui muito apaixonada pela minha profissão (continuo sendo) mas durante toda a minha carreira sempre senti falta de um “algo mais” na minha vida profissional…não sabia exatamente o quê…mas sentia falta de usar mais minha criatividade, sentia falta de mais leveza, de mais alegria, de mais paixão e principalmente de ajudar mais pessoas. No fundo eu não estava usando todas as minhas potencialidades e os dons que Deus me deu. Por um tempo eu acreditei naquela velha história de que no trabalho nem sempre precisamos estar 100% felizes e que a gente tem que se encaixar em alguma empresa, mesmo que ela não seja a melhor do mundo, etc etc…até a Lulu nascer…e junto com ela várias descobertas.

Logo que a Lulu nasceu eu só tinha olhos pra ela, o que era muito natural. Estava realizando o maior sonho da minha vida que era ser mãe. Tudo o que eu fazia…simplesmente tudooooo era voltado pra Lulu. Passava o dia inteirinho com ela e todas as minhas atividades eram com ela. No começo isso me fazia super bem. Virei aquela mãe leoa que não conseguia se distanciar da cria nem pra ir ao banheiro rapidinho. Só que o tempo foi passando e eu comecei a perceber que aquilo não me fazia tão bem quanto antes e que a minha vida estava sendo deixada de lado. Na verdade eu só estava vivendo uma face dela que era a Mel mãe.

Eu tava sendo uma mãe exemplar, me dedicava a estimular Lulu nas suas potencialidades, dedicava meu tempo, meu amor, meus cuidados, me preocupava em proporcionar momentos alegres para ela, comidinha feita por mim, fralda limpinha, rotina estruturada e tudo de melhor que eu poderia fazer, mas eu me perguntava onde andava aquela Mel cheia de energia, workaholic, cheia de novas idéias, aulas de trapézio, músicas alegres rolando de fundo na casa, surpresas para o marido, cabelo cheiroso, felicidade estampada na cara? (Oi? de quem estávamos falando mesmo?) Isso não era nenhum pouco quem eu via no espelho.

Olhava no espelho e não gostava nenhum pouco do que eu via. Meu corpo estava uó e meu cabelo também (desculpem a palavra, mas era bem isso mesmo) e meu físico nada mais era que o reflexo do meu interior. Eu não tinha mais a energia que sempre tive, minha mente não tinha os cuidados que sempre teve, meu lado espiritual estava completamente abandonado, meu lado profissional também, eu estava tendo insônia direto e dormia mal e o principal é que eu não estava mais tão feliz quanto antes.

Eu descobri que um dos grandes motivos era a falta que o trabalho me fazia. Eu sentia muita falta de ler, de trocar experiências no dia a dia, de aprender coisas novas, de ter metas e desafios, de poder ajudar mais gente, de poder usar os dons que Deus me deu além de ser mãe. Eu não queria abrir mão de jeito algum de dar atenção integral à Lulu, mas também não conseguia ficar sem trabalhar (sempre trabalhei e muitooo e sempre trabalhei ajudando pessoas) foi então que tive a idéia de trabalhar de casa e montar algo meu.

Vou contar pra você que a vida toda meu sonho no fundo sempre foi ter algo meu…meuzinho da silva sabe?…aquele meu que não preciso responder ao chefe, que posso montar minha escala de horários, que tenho liberdade pra fazer do MEU jeito, que me deixasse com tempo pra aproveitar a minha filha e o meu marido, que eu pudesse trabalhar de qualquer lugar do mundo e principalmente que fosse um trabalho que me deixasse 100% feliz.

Assim surgiu a primeira versão do Born to Rock, da minha grande vontade de tornar a experiência da maternidade ainda mais mais fácil pra outras mães. Eu simplesmente queria sair dividindo tudo que eu tinha aprendido, visto, experimentado e gostado. Dicas de produtos, decoração de festas, vídeos reviews, dicas de brincadeiras, dicas de estimulação, dicas de moda infantil e muitas idéias criativas para bebês e crianças.

O que aconteceu é que durante todo esse tempo nos bastidores recebi muitas mensagens inbox e e-mails de mamães me pedindo dicas de como montar um blog, de como iniciar um negócio, de como conciliar trabalho e maternidade. A minha vontade de ajudar essas pessoas era tanta que eu não conseguia parar de ajudar e cada vez mais pessoas me procuravam e esse número não parava de crescer. Nesse tempo comecei a estudar muito a fundo sobre empreendedorismo, marketing digital, coaching, mentoring e desenvolvimento pessoal.

Atualmente tenho ajudado muitas mamães que querem empreender ou que querem colocar mais qualidade de vida nas suas vidas e nos seus trabalhos e nesse processo todo eu descobri que isso é a minha verdadeira paixão, é isso que faz meu coração vibrar. Ajudar as pessoas a conquistarem os seus sonhos sejam eles quais forem. Então a grande novidade é que o Born to Rock agora é um espaço onde vou dar dicas de tudo que tenho aprendido em todas essas áreas.

O que eu descobri nesse processo desde o início do blog (10 meses atrás) é que você não precisa saber todo o caminho, você só precisa dar o primeiro passo. Além disso eu descobri que perdi muito tempo decidindo o que iria fazer e mais tempo ainda reclamando que nunca tinha tempo suficiente, quando na verdade o que eu precisava era somente dar o primeiro passo e começar a agradecer por cada pequena etapa alcançada.

“Quando tomamos uma decisao verdadeira, nao precisamos saber imediatamente o que fazer… tudo vai sendo descoberto durante o processo de atingir o que quer” Tony Robbins

Eu trouxe essa experiência pra dividir com você pois você também pode ter um sonho de ter algo seu, de ter mais tempo pro seu filho, de ter um trabalho mais feliz onde você possa usar todas as potencialidades e o que eu posso dizer pra você é: Não tenha medo de mudar, de errar, do que os outros vão pensar, não tenha medo de se expor e principalmente de ouvir seu coração.

Semana passada assisti uma palestra linda da Brene Brown onde ela falava exatamente sobre a coragem de ser imperfeito. Essa coragem foi mais um dos presentes que a maternidade me deu. A etimologia da palavra coragem vem da palavra latina “Cor” que significa coração e o sufixo latino -atĭcum, que é usado para indicar a ação da palavra que o precede. Coragem é você agir com o coração. Arriscando ser imperfeito, arriscando ser criticado e apesar do medo, da incerteza e de todos os outros sentimentos que nos invadem. O que faz alguém largar tudo que sempre fez pra começar um projeto novo não é a ausência de medo, na verdade é um coração apaixonado que consegue driblar todas as coisas para ser feliz!

mae_amiga_header

Se quiser participar da Coluna Mãe Amiga, mande seu relato para dicaspaisefilhos@gmail.com será um prazer! Estarei aqui com a coluna mãe amiga sexta feira de quinze em quinze dias. Até o próximo relato. Beijos

Comente via facebook
Deixe seu comentário

Quer que sua foto apareça nos comentários? clique aqui
Topo
Mais lidos do blog
Fique conectado com a gente!
  • Que sonho de armário! Aqui a Luisa tem o de duas portas!! A @casa.de.boneca faz tudo com muita qualidade. Vendas com @casa.de.boneca ou aqui no @dicaspaisefilhos 💖 voces vão amar. As crianças adoram brincar com o armário. Brincar de boneca é muito bom! As roupas lindas do armário são da Baby Alive da @capelovestidos lindos! Em breve MUITAS novidades por aqui 💖💖💖💖
  • Lindo e verdadeiro.
Vamos instigar nossas crianças.... #bomdia #dicaspaisefilhos
  • Mais uma vez a edição do @nosso.encontro foi maravilhosa. A troca é fantástica, saio ainda mais animada e doida para a edição de maio chegar! Obrigada @pollyana_zaze  e @dravanessametz AMEI! Até o próximo @nosso.encontro 
Quem quiser saber mais sobre o nosso.encontro, aqui aqui no insta @nosso.encontro #nossoencontro #dicaspaisefilhos #vidamaisleve
  • Adorei!! Temos que ensinar as crianças a terem responsabilidade...
#dicaspaisefilhos
YouTube
Se inscreva!