O filho mais velho fica doente e o mais novo tem 3 dias de vida, o que fazer? – Mãe Amiga!

Postado por Gabriella em Diversos, Mãe Amiga

mae_amiga_header1
S

O post de hoje é mais um da “coluna” Mãe Amiga!. A Mãe Amiga de hoje foi a primeira Mãe Amiga dessa coluna é a Andrea Kassab, mãe de Thomas (6 anos) e Christian (5 meses). Hoje ela vai nos contar um pouco como foi quando chegou em casa com o pequeno Christian e o Thomas ficou doente.

Da primeira vez que escrevi aqui, contei sobre as expectativas e angústias do meu primeiro filho de 6 anos, em relação a minha gravidez do segundo.

Como a foto mostra, tudo ocorreu bem. Thomas ficou no céu com o irmão. Teve uma reação ótima e demonstra muito carinho e amor com o pequeno Christian.

Entretanto, como nem tudo são flores, teve um pouquinho de adrenalina no início da nova jornada. O irmão mais velho me apareceu com febrão logo na primeira noite do recém-nascido em casa. Foi dose… Só pensei em como ia fazer para cuidar do Thomas sem deixar o bebê exposto a pegar algo dele. Naquele momento era quase impossível afastar os dois, já que o mais velho queria ficar juntinho de bebê o tempo todo.

Eu não queria afastá-los para o Thomas não se sentir excluído, mas ao mesmo tempo tinha que proteger nosso bebezinho. Então apesar do coração partido, tive que recorrer a vovó de plantão para deixar o mais velho sob seus cuidados até sua recuperação. Não podia arriscar a saúde ainda frágil de um bebê com 3 dias de vida. Chorei baldes mas tive que agir. Então disse a ele:

-Filho, você vai ter que ficar sob os cuidados da vovó estes próximos dias. Seu irmão não pode pegar esta sua febre porque a saúde dele ainda é muito frágil. Seu pai vai lhe levar lá agora e assim que você estiver melhor você volta pra cá, mamãe vai ligar toda hora, mamãe te am…

-Vamos logo mãe…

– Ok (disse à ele e para minha consciência também)

Sabe, foi aí que senti de fato a chegada do segundo filho. A obrigatoriedade de se dividir mesmo, o lamento de não ter quatro braços para poder ninar os dois, o mais velho doente e o mais novo lactente. Dali pra frente, senti que um novo mundo se abria para mim. Esta nova realidade fez com que pela primeira vez meu coração se abrisse para aceitar a verdadeira idade do filho mais velho. Aquele bebezinho da mamãe de repente cresceu, fez 6 anos, e agora tinha um irmão que de fato é um bebê.

Ele voltou 2 dias depois para casa ainda com uma tosse chata o que nos deixava morrendo de preocupação, mas tratamos logos de colocar máscara nele e em todo mundo. Afinal, e se mais alguém em casa pegasse a gripe do Thomas? Neuroses a parte, tudo ocorreu bem!

DSC04710
mae_amiga_header1

Se quiser participar da Coluna Mãe Amiga, mande seu relato para dicaspaisefilhos@gmail.com será um prazer! Estarei aqui com a coluna mãe amiga sexta feira de quinze em quinze dias. Até o próximo relato. Beijos

Gabriella
23.05 2014
Comentários no Facebook
0 comentários
Deixe um comentário
* Não será divulgado