Diversos
08 ago 2017

Descubra qual é o animal de estimação ideal para os seus filhos

Descubra qual é o animal de estimação ideal para os seus filhos

Pixabay

As crianças estão crescendo e a família sente que está na hora de dar espaço para um novo integrante, desta vez um companheiro de quatro patas, talvez. Seja por pedido dos filhos ou por vontade do casal, acolher um pet pode ser uma excelente decisão e trazer grandes alegrias ao ambiente familiar.

A presença de um bichinho de estimação em casa contribui muito para a educação das crianças, que aprendem a respeitar os animais e a cultivar um sentimento de amor pela natureza. Para os adultos, pode ser uma ótima forma de reduzir o estresse e aumentar a harmonia do lar.

Não importa a idade dos filhos, a presença de um animal pode ser benéfica em qualquer condição. Porém, lembre-se: se as crianças forem muito pequenas, não será possível contar com elas para ajudar a cuidar do bichinho, o que pode ser um trabalho a mais para os pais, considerando que cuidar das crianças é algo que já exige bastante dedicação.

Se você está pensando em comprar ou adotar um bichinho, mas ainda não sabe qual seria a melhor opção para a sua família, não se preocupe. Veja abaixo alguns itens importantes a considerar antes de tomar uma decisão.

1. Preferência das crianças
Se as crianças estão pedindo um bichinho de estimação, o primeiro passo é ver com os pequenos qual é o animal que eles querem. Não tenha medo de ouvir a opinião das crianças. Leve-os em lojas ou locais de criação e adoção para que as crianças vejam diversos tipos de animais, de raças, tamanho, personalidades e necessidades diferentes.

Se as crianças ainda são muito pequenas e a ideia de ter um animal é dos pais, é preciso pensar em outras questões. Qual animal se adaptaria melhor as condições da família e qual bichinho seria mais interessante para as crianças quando crescerem, por exemplo.

2. Personalidade e condições
A personalidade e raça do animal precisam ser compatíveis com a personalidade dos donos, principalmente se a escolha for por um cachorro. Animais pequenos se adaptam melhor a ambientes pequenos. Se você tiver um jardim espaçoso e a família for mais ativa, vale a pena investir em um cão de porte grande, por exemplo.

Lembre-se que algumas raças são mais agitadas do que outras. Se as crianças são muito elétricas e há espaço para cuidar, talvez um cão mais brincalhão, como um labrador, seja ideal. Não deixe de pesquisar detalhadamente.

3. A importância da pesquisa
Talvez a família já esteja inclinada a escolher um cão ou um gato ou um roedor. Seja qual for a ideia principal, é muito importante buscar todas as referências possíveis antes de ir atrás do pet desejado.

Pesquise a alimentação do animal, quais atividades precisam ser feitas, como levar para passear ou não. Veja também se há algum tipo de recomendação especial. No caso de coelhos, por exemplo, será preciso cobrir todos os fios elétricos dentro de casa, pois os animais podem acabar roendo.

Outra questão importante a considerar são as alergias. Tenha certeza de que as crianças não são alérgicas a gatos antes de adquirir um, por exemplo.

By: Ana Paula Bretschneider

Comente via facebook
Deixe seu comentário

Quer que sua foto apareça nos comentários? clique aqui
Topo
Mais Lidos do Blog
Fique conectado com a gente!
  • Novidades Nestlé!! A nestlé tem duas novidades perfeitas para deixar seu café da manhã ainda mais gostoso: as granolas Crocantes Nescau e Cheerios!!!!
Amei meu presskit! Muito obrigada
#nestlebrasil #nestle #granolacrocantenescau #granolacrocantecheerios
  • Bom dia
  • Boa noite
  • A Baby Gym é a 1a Academia para Bebês.
Na 'academia' as atividades acontecem em forma de brincadeiras para possibilitar o melhor desenvolvimento motor, sensorial, emocional e social do bebê e da criança. As atividades são feitas com a participação de um acompanhante (mãe, pai, baba, vó...) para que os mesmos além de participarem desse desenvolvimento, darem continuidade ao estímulo em casa. @meubabygym.niteroi
YouTube
Se inscreva!