Diversos
31 mar 2017

10 coisas que as mulheres abandonam depois que viram mães

10 coisas que as mulheres abandonam depois que viram mães

Nem todos os reais desafios de ser mãe são amplamente divulgados. As vantagens de ter um lindo e apaixonante bebê em mãos e as alegrias da maternidade costumam chamar mais atenção e, muitas vezes, escondem lados não tão agradáveis.

Ter um filho transforma a vida de qualquer casal e muda principalmente a rotina das mamães de primeira viagem. O tempo que antes podia ser dedicado a si deixará de existir e você passará a dedicar-se totalmente a criança, sendo o bebê a sua principal prioridade e, sem dúvidas, o seu maior amor.

Para quem ainda não tem filhos, pode parecer assustador passar por todas essas mudanças e descobrir que muitas atividades comuns e hábitos de antes da gravidez deixaram de existir após a chegada do bebê.

Porém, vale lembrar que todas as coisas abandonadas em prol do filho podem ser recuperadas aos poucos, conforme a criança for crescendo e se tornando menos dependente. Além disso, você deve contar com a ajuda do marido ou pai da criança e poderá, provavelmente, contar com os próprios pais, familiares e amigos mais íntimos para ajudar nos cuidados com o bebê.

Antes de entrar em pânico, respire fundo. No fim das contas, não importa quantas coisas você deixa de lado. Ter um filho é sem dúvidas um episódio especial na vida de qualquer mãe e é quase impossível que uma mãe completamente apaixonada pelo seu bebê se arrependa de priorizar a criança. Veja abaixo 10 coisas que as mães costumam abandonar, mas não deixe de acreditar que tudo isto vale muito a pena.

1. Velha rotina
Aquela rotina em que o trabalho é a sua maior preocupação, em que você aproveita os dias de folga para não fazer nada e toma as decisões que deseja no momento em que quer provavelmente ficará para trás. Com o bebê, será preciso readaptar o seu dia a dia e as necessidades do que pequeno serão mais importantes do que as suas.

2. Momentos de preguiça

Dormir a hora que quer, acordar às onze horas no domingo, passar o dia na cama, se jogar na frente da TV e dormir vendo um filme… Aqueles momentos prazerosos de cultivar a preguiça deixarão de existir na sua nova rotina.

Após o nascimento do pequeno, você provavelmente será obrigada a acordar cedo todas as manhãs, seja por que ele está chorando ou por que precisa de algo. Nos primeiros meses, dormir a noite toda também não será possível e você poderá acordar várias vezes, espontaneamente, apenas para conferir se o bebê está dormindo bem.

3. Salto alto
Aquele salto 15 que fazia você arrasar em qualquer saída deve criar teias de aranha dentro do guarda-roupa. Com o bebê, você passará a considerar as sapatilhas e os tênis como melhores amigos e se sentirá agradecida pela possibilidade de ter sempre um sapato confortável nos pés.

4. Comida quentinha
Alimentar a criança será sempre a sua prioridade e você provavelmente irá fazer as próprias refeições quando conseguir. Se, por alguma sorte você conseguir um tempo para preparar uma comida decente, saiba que provavelmente irá se alimentar quando a refeição já estiver fria. Mas é possível que você esteja com tanta fome neste momento que ache a comida maravilhosa.

5. Férias
Aquelas férias em que você faz uma viagem em casal, com a família e os amigos para curtir um lugar legal e relaxar deixarão de existir. Mesmo que você faça excelentes planos e viaje com o bebê e o maridão, dificilmente você conseguirá sentir que realmente está descansando, já que as necessidades do bebê devem ocupar boa parte do seu tempo durante o passeio.

6. Idas tranquilas ao banheiro
Até a simples tarefa de ir ao banheiro deixará de ser a mesma. Será quase impossível sentar na privada e relaxar sem ouvir o pequeno perguntar o que você está fazendo. Se você quiser se trancar em prol do momento de privacidade, provavelmente terá que lidar com uma criança chorando desesperada na porta do toalete.

Porém, é sempre possível abrir o caminho para o pequeno entrar e usufruir da companhia da criança enquanto faz as próprias necessidades fisiológicas.

7. Compras para si

A questão do dinheiro pode ser delicada em muitas famílias, já que criar um filho provoca gastos maiores e compromete boa parte do salário do pai e da mãe, se ambos trabalharem. Se a situação financeira for de aperto, você provavelmente irá abrir mão de itens de consumo que deseja, pois comprar coisas que o bebê precisa será sempre mais importante.

Quando você quiser algo para si, pode acabar desistindo com a ideia de dar um presente legal para a criança, com a proximidade da Páscoa, do dia das crianças, do Natal ou do aniversário do filho.

8. Passeios com as amigas
Passar uma tarde no shopping com as amigas, fazer uma viagem com elas e tudo aquilo que era comum na sua vida social antes do bebê poderá ficar para trás facilmente. No lugar disto, talvez você faça amizade com outras mães, acabar saindo mais com pessoas que também tem filhos pequenos e cultivando novos amigos.

Os antigos amigos, obviamente, continuarão a fazer parte da sua vida, mas será mais comum receber a visita deles em casa do que fazer planos que não incluam o pequeno.

9. Planos individuais
Qualquer plano individual poderá ficar para trás ou ser adiado para daqui alguns anos. Aquela viagem que você queria fazer, o intercâmbio que havia planejado, o curso extra, a faculdade, o mestrado e outros compromissos podem perder a preferência quando você descobrir que tudo o que importa é atender, cuidar e dar atenção ao seu filho.

Porém, isto não significa que você terá que abrir mão dos seus sonhos para ter um filho. O que realmente for importante e não momentâneo poderá ser realizado com o tempo, através de um bom planejamento pessoal.

10. Programas de adultos
Você se pegará participando de mais programas infantis do que de adultos. A lista de filmes que você gostaria de assistir acabará sendo substituída por clássicos da Disney e a sua rotina terá mais atividades infantis do que coisas de adulto.

Porém, não é tão ruim assim. Lembre-se de que a presença da criança traz muitas alegrias, é uma oportunidade de se você reviver a própria infância e a criança que existe dentro de si. Não deixe de aproveitar a infância do seu filho de forma completa, se divertindo com cada momento relacionado ao crescimento do pequeno.

By: Ana Paula Bretschneider

Comente via facebook
Deixe seu comentário

Quer que sua foto apareça nos comentários? clique aqui
4 Comentários
  1. […] post 10 coisas que as mulheres abandonam depois que viram mães appeared first on Dicas Pais e […]

  2. […] Fonte: Dicas Pais e Filhos […]

  3. 23/04/17 - 15h17

    Estou de pleno acordo. Eis o preço da maternidade. Mas sempre vale a pena.

Topo
Mais Lidos do Blog
Fique conectado com a gente!
  • Morrendo de rir!!
  • Adorei!!!
YouTube
Se inscreva!