Brincadeiras para viagens

Postado por Gabriella em Brincadeiras

Brincadeiras para viagens

Nada mais gostoso que marcar uma viagem em família, escolher um lugar divertido para as crianças e passar um tempo descansando. Uma viagem sempre causa muita ansiedade e expectativas, principalmente nas crianças e, por isto, precisa ser planejada com muito cuidado.

Se a viagem for de carro e o trajeto longo, é importante pensar em algumas brincadeiras para distrair as crianças. Além de animar a todos, as brincadeiras permitem que os pequenos fiquem mais relaxados e evitam possíveis situações de estresse durante a viagem.

Dentro do carro, os jogos devem garantir segurança máxima. O ideal é estimular a criatividade e poder de raciocínio dos pequenos, com jogos de palavra e brincadeiras que não necessitem escrever ou trocar de lugar.

Lembre-se de que, no carro, todos devem estar com cinto de segurança e é importante que os jogos não deixem as crianças muito agitadas. Evite brincadeiras em que os pequenos precisem procurar objetos pela janela, por exemplo, isto pode provocar uma movimentação perigosa ou até a abertura do cinto durante a viagem. Veja algumas ideias abaixo:

1. Jogo da fruta
Simples e prática, esta brincadeira trabalha com a memória das crianças e exige concentração para que os pequenos possam seguir adiante. Alguém deve começar dizendo “fui à fruteira comprar ___” e o nome de uma fruta. O próximo participante repete o que foi dito e acrescenta outra fruta. Quem não se lembrar de todas as frutas que já foram ditas perde a rodada.

Exemplo: participante A: fui à fruteira comprar abacaxi. Participante B: fui à fruteira comprar abacaxi e manga. Participante C: fui à fruteira comprar abacaxi, manga e maçã.

2. Shiritori
No Japão, há um jogo de palavras muito popular, que se chama shiritori. Um participante diz uma palavra e a segunda pessoa deve dizer uma palavra nova com a última sílaba da palavra dita primeiro. Perde quem falar uma palavra na qual a última sílaba não forma outra ou quem não souber dizer uma palavra nova. O jogo funciona bem no idioma japonês, mas pode ser adaptado também ao português.

Exemplo: participante A: sabonete. Participante B: teatro. Participante C: trocado.

3. Categoria e letra
Esta é fácil e parecida com o clássico jogo stop. Um participante diz uma letra e uma categoria, por exemplo: animais com a letra B. Os outros participantes devem dizer um nome, cada um na sua vez. Aquele que não souber um novo nome perde a rodada.

4. Continue a história
Criar uma história é um excelente jogo de criatividade e concentração. Alguém diz uma frase e o outro completa a próxima sequência da história. Não há ganhadores e o jogo acaba quando as crianças cansarem.

Exemplo: participante A: João bateu na porta da casa da Maria. Participante B: Maria não abriu a porta. Participante C: João resolveu pular o muro.

5. Personagem
Uma pessoa pensa em um personagem de filme ou desenho e os participantes devem fazer perguntas: É homem ou mulher? É animal? É bom ou ruim? E etc. Quem pensou no personagem só pode responder sim ou não e a criança que adivinhar ganha a rodada.

By: Ana Paula Bretschneider

Gabriella
18.07 2016
Comentários no Facebook
0 comentários
Deixe um comentário
* Não será divulgado