Bebês e Crianças Cuidados Diários Educação
01 abr 2014

Deixar ou não deixar o filho na escolinha? – Errata!

IMG_0466-600x413

O texto de hoje é uma errata do texto que foi publicado ontem. O texto estava com uma parte inadequada e fiz os devidos ajustes.

Os primeiros anos de vida de uma criança podem ser o período de maior preocupação para os pais. Principalmente quando o casal possui uma rotina de trabalho ocupada e, por isso, não sobra muito tempo para cuidar da criança. Neste momento, a ideia de contratar uma babá ou colocar a criança em uma creche aparecem como as principais soluções.

Antes de colocar na escolinha, os pais se preocupam com a adaptação da criança e se realmente é bom para o pequeno começar a frequentar uma escola de educação infantil ainda nos primeiros anos de vida. Neste período, as crianças são mais apegadas aos pais e colocar o pequeno de repente em uma escola pode causar estranheza e insegurança na criança.

Muitas pessoas qualificadas defendem que as crianças devem ficar apenas com a companhia dos pais no primeiros anos de vida. É o caso do renomado escritor de psicologia infantil, Steve Biddulph, que defende que deveria ser proibido colocar uma criança na creche antes dos três anos de idade. Para o autor, as crianças precisam exclusivamente da atenção e cuidados dos pais até completar o terceiro ano de vida.

Mas tudo isso na teoria funciona muito bem, a realidade é que os pais precisam sair para trabalhar e precisam deixar as crianças com alguém.

Período ideal para a creche
A idade correta em que as crianças devem frequentar uma creche é motivo para discussões entre diversos profissionais com opiniões divergentes. Quem possui filhos pequenos também pode ter uma opinião formada e dúvidas quanto a isso, pois a escolinha tem muito para ensinar as crianças e pode oferecer bons recursos também nos primeiros anos de vida.

O tempo que a criança fica com os pais deve ser intenso e de muito amor. E me lembro muito de uma palestra que assisti, não importa o tempo que o seu filho fique fora de casa, ele nunca confunde o amor dos pais.

Condições da escolinha
Colocar o filho em uma creche também exige cuidados e atenção dos pais. Há ótimas escolas de educação infantil que oferecem conforto e boa educação aos pequenos, enquanto outras são carentes de recursos e não garantem a assistência ideal que a criança necessita. Por isso, antes de escolher uma creche, é fundamental que os pais façam uma visita ao local, conversem sobre a rotina do ambiente e se mostrem interessados em saber que tipo de atividades o pequeno realizará no local.

Ter contato com a creche e com a rotina da criança também é importante. Os pais precisam saber como a criança está se comportando e o que os educadores tem a dizer sobre o pequeno. Saber se a criança está se adaptando e reagindo bem ao ambiente é essencial para ter certeza de que colocar o pequeno na escola foi a melhor decisão.

Minha Experiência
Aqui em casa a Luisa foi para uma “escola” quando tinha 1 ano e 6 meses. Na verdade não era bem uma escola, ela passava 3 horas do dia no local e as atividades eram muito escolhidas para aquela faixa etária. Fazia música, psicomotricidade, natureza, atividades lúdicas e ela ia e voltava muito feliz! Nessa faixa etária a criança brinca no mesmo ambiente com os amigos mas ainda não brinca com amigos, só começam a interagir nas brincadeiras com as outras crianças mais para frente.

Com o Antonio Pedro foi um pouco diferente, ele entrou com 1 ano exato e foi para a mesma escola que a Luisa, nesse momento o local já era mesmo uma escola e tinha passado por uma série de mudanças. Mas continuava sendo muito especial e por isso coloquei meu segundo filho. Ele já fica 4 horas com as outras crianças e também adorava ia e voltava muito feliz para casa.

Sinceramente não acredito em certo ou errado, cada família tem uma necessidade específica e uma história de vida que já a difere de todas as outras. O que a família tem que estar muito atenta é na escolha dessa instituição. A criança precisa de um olhar individualizado. A primeira infância é de extrema importância, senão a mais importante na vida de uma criança.

Os meus filhos foram nessa primeira escola até o ano passado. Agora a Luisa está com quase 6 anos e foi para o primeiro ano e com isso também acabei levando o Pepe para um escolha maior, que tem um olhar menos individualizado. Mas acredito que ele já esteja maduro (4 anos) para essa mudança, procurei profissionais para me ajudar nessa transição e eles estão super felizes nessa nova escola.

Uma coisa que gosto sempre de falar é que nenhuma escolha precisa ser para a vida toda, podemos voltar a trás. Boa sorte!

Contribuição: Ana Paula Bretschneider Ramos

Comente via facebook
Deixe seu comentário

Quer que sua foto apareça nos comentários? clique aqui
Topo
Mais Lidos do Blog
Fique conectado com a gente!
  • Boa reflexão
  • Bom dia
Card humorinteligente
#post #dicaspaisefilhos #família #mensagem #postdodia #escola #educação #family #education #kids #psicopedagogia #criancas #blogdematernidade #maternidade #desenvolvimento #tudoparaboneca #maeefilho #irmaos #pais #paternidade
YouTube
Se inscreva!