Alimentação Bebês e Crianças Cuidados Diários Gravidez Saúde
14 ago 2014

Ácido Fólico na gestação

POST BLOG ACIDO FOLICO

O post de hoje é escrito pela nutricionista Rossana Oliveto, parceira do blog, que está aqui conosco sempre uma vez por mês falando um pouco sobre assuntos relacionadas a alimentação infantil e da mãe.

Hoje vou falar um pouco sobre a importância do Ácido fólico na gestação! Isso mesmo, assunto que todas as mamães ouvem falar, mas muitas vezes não sabem porque necessitam dele. Então confiram:

O que é o ácido fólico?

É uma vitamina, também conhecida como vitamina B9, que está presente em vários alimentos, como carnes, feijões, vegetais verdes escuros, fígado e na farinha de trigo enriquecida, entre outros, mas é facilmente modificada quando em contato prolongado com o oxigênio do ar ou temperatura elevada, prejudicando sua ação no organismo. Por isso em muitos momentos (como na gestação onde as necessidades aumentam) necessitamos suplementar esta vitamina.

Qual a importância do ácido fólico em nosso organismo?

A presença adequada de ácido fólico é muito importante nas fases de crescimento e desenvolvimento do corpo humano. Esta vitamina participa da formação e multiplicação de todas as células, incluindo as sanguíneas e as de defesa, e da formação de proteínas.

O que a deficiência pode causar?

– Má formação fetal graves, cardíacas e até faciais (como, por exemplo, lábios leporinos e fendas palatinas);
– Má formação do tubo neural do bebê que está começando o seu crescimento(nas 4 primeiras semanas) e desenvolvimento para a formação do cérebro e da medula espinhal do bebê, o que pode causar alterações como anencefalia, quando o bebê nasce com uma pequena parte ou mesmo com ausência de cérebro levando a morte poucos dias depois do nascimento;
– Espinha bífida, que é a exposição da medula espinhal e que deixa seqüelas de graus variados;
– Anemia;
– Alguns estudos vem relatando que a suplementação do ácido fólico ajuda também a reduzir o risco pré eclampsia.

Por isso, o ideal é suplementar até mesmo antes de entrar na gestação (para as mulheres que pretendem engravidar e planejam) já começarem a suplementação como forma de prevenção de todos estes riscos e garantir saúde e bem estar da mãe e do bebê. Mas como as necessidades de ingestão são individuais, e mudam durante a gestação, somente o seu médico ou seu nutricionista poderá prescrever a sua suplementação adequada.

Uma boa alimentação variada de legumes, verduras, frutas e alimentos saudáveis, associada à suplementação de ácido fólico adequada,irão garantir uma gestação saudável e longe de riscos!

IMG_1424Rossana Oliveto Nutricionista CRN 13100568
* Texto, informações são de responsabilidade da nutricionista parceira do blog Rossana Oliveto

Comente via facebook
Deixe seu comentário

Quer que sua foto apareça nos comentários? clique aqui
2 Comentários
  1. Patrícia Ferreira
    13/03/15 - 12h43

    Eu comecei a tomar o ácido fólico quando estava de 5 semanas de gestação. Pode ter ocorrido uma carência de ácido fólico na formação do bebê. Hoje estou com 16 semanas e contínuo a tomar so fiquei esta semana sem por não ter recebido ainda mas estou comprando hoje novamente.

    • 13/03/15 - 16h31

      Patrícia,
      Tudo bem? Converse com a sua médica. Mas acredito que não tenha problema, muitas pessoas nem tomam!
      Quando ficamos grávidas ficamos muito preocupadas com tudo…fique tranquila. É indicado o uso, mas fica tranquila.
      É o seu primeiro filho? Obrigada por visitar o Dicas pais e Filhos e volte sempre!
      Beijos, Gabi

Topo
Mais Lidos do Blog
Fique conectado com a gente!
  • Morrendo de rir!!
  • Adorei!!!
YouTube
Se inscreva!